segunda-feira, 9 de outubro de 2017

Santa y Andrés

A história passa-se em Cuba, em 1992. Andrés é o escritor gay cinquentão com “problemas ideológicos”. Santa, a campesina de 30 anos. Sobrevivem em meio à miséria cubana. E ela deverá vigiá-lo por três dias.

Santa y Andrés - Andrés (Eduardo Martinez) e Santa (Lola Amores) no Bar
Andrés (Eduardo Martinez) e Santa no Bar


Veja também...

Surge entre eles uma improvável amizade. Durante a tempestade, Andrés oferece comida e abrigo a Santa. Pouco depois, ele apanha de um michê. Ela encontra-o à beira da morte. E o leva para o hospital.

Santa y Andrés - Santa (Lola Amores) no Hospital
Santa (Lola Amores) no Hospital

Enfim, a polícia revolucionária recebe uma denúncia: Andrés escrevera outro livro. Santa avisa que a polícia revistará a casa e prendê-lo. Ele tem tempo de esconder o manuscrito. E tentar uma fuga, pouco depois.

Santa y Andrés - Santa (Lola Amores) e Andrés (Eduardo Martinez) na Praia
Santa y Andrés

O filme mostra a censura e a perseguição a dissidentes do regime em Cuba. Um país onde a miséria e a falta de liberdade são universais. Eis um raro contraponto num meio que tende a romantizar o comunismo.

Santa y Andrés (2016), de Carlos Lechuga
Santa y Andrés (2016), de Carlos Lechuga

0 comentários:

Postar um comentário

 
Free Host | new york lasik surgery | cpa website design