terça-feira, 22 de agosto de 2017

Arte Argentina nos Anos 60 e Hoje [Fotos]

Neste artigo, reúno obras de três exposições do MAMBA. As da década de 1960 são da época da fundação do museu. As outras duas exposições são de artistas tucumanos contemporâneos. A mais curiosa, com teias de aranha...

Tomas Saraceno - Teia de Aranha
Tomas Saraceno - Teia de Aranha

Antonio Berni (Rosario) - Juanito Laguna LLeva la Comida a su Padre Peón Metalúrgico, 1961
Antonio Berni - Juanito Laguna LLeva la
Comida a su Padre Peón Metalúrgico

Autorretrato em Obra de Enio Iommi no Museo de Arte Moderno
Autorretrato em Obra
de Enio Iommi

Emílio Pettoruti (La Plata) - Mi Florero, 1944
Emílio Pettoruti - Mi Florero, 1944

Selecionei obras de artistas de diferentes cidades da Argentina. Há também Juan Del Prete, que nasceu na Itália e faleceu em Buenos Aires. Segue a lista dos artistas e a respectiva cidade de nascimento:

Emílio Renart (Mendoza) - Introversión Cósmica, 1960
Emílio Renart -
Introversión Cósmica

Enio Iommi (Rosario) - A Través del Acrílico el Espacio, 1970
Enio Iommi - A Través del Acrílico el Espacio

Federico Manuel Peralta Ramos (Mar del Plata) - Nosotros Afuera, 1965
Federico Manuel Peralta Ramos - Nosotros Afuera

Antonio Berni – Rosario;
Emílio Pettoruti – La Plata;
Emílio Renart – Mendoza;
Enio Iommi – Rosario;
Federico Manuel Peralta Ramos – Mar del Plata;
Gabriel Chaile – San Miguel de Tucumán;
Tomas Saraceno – San Miguel de Tucumán.

Gabriel Chaile (San Miguel de Tucumán) - Patrícia, 2017
Gabriel Chaile - Patrícia

Juan Del Prete (Itália) - Abstracción, 1959
Juan Del Prete - Abstracción

Tomas Saraceno - Teia com Aranha
Tomas Saraceno - Teia com Aranha

3 comentários:

Leonardo Brocker disse...

+++ MAMBA – História do Edifício +++

O edifício serviu de depósito à tabacaria Nobleza Piccardo.
Durante a primeira parte do século passado.
Diz-se que ali Aristóteles Onassis começou a construir seu império.
Na época, o multimilionário grego morava na Argentina.

Fonte: Buenos Aires a Pie - National Geographic, 2016.

Leonardo Brocker disse...

+++ Acervo do MAMBA +++

Hoje, é um ponto de referência da arte local.
O patrimônio do MAMBA compreende cerca de 7 mil obras.
Desde a década de 1920 até a atualidade.
Tanto com elementos de produção argentina.
Como obras de projeção internacional.

O MAMBA recebeu importantes doações, nos últimos anos.
Como as coleções completas de Fotografia Argentina.
De Desenho Industrial e Desenho Gráfico Argentino.
Além de um amplo panorama de desenhos e gravuras.

Fonte: Buenos Aires a Pie - National Geographic, 2016.

Leonardo Brocker disse...

+++ MAMBA – Manifestações de Vanguarda +++

Aparecem nas pinturas de E. Pettorutti.
Nas visões fantásticas de Xul Solar.
E nas esculturas de:
+ P. Curatella Manes;
+ S. Vitullo;
+ A. Sibellino;
+ N. Gerstein;
+ L. Badii.

Fonte: Buenos Aires a Pie - National Geographic, 2016.

Postar um comentário

 
Free Host | new york lasik surgery | cpa website design