quinta-feira, 27 de julho de 2017

Circuito Arquitetônico de La Plata

É o roteiro perfeito a quem curte prédios históricos. Você caminhará entre construções de La Plata, capital da província de Buenos Aires. Neste circuito, você fará um agradável passeio pela arquitetura da década de 1880.

El Otoño - Plaza Mariano Moreno, La Plata, Argentina
El Otoño - Plaza Mariano Moreno


Como ir para La Plata?
Você pode ir de Buenos Aires a La Plata de três formas. De carro, pela Autopista La Plata-Buenos Aires. De trem, a partir da Estação Constitucion. Ou de ônibus a partir do Terminal Retiro, com destino a La Plata.

No caso do ônibus e do trem, você precisa comprar o cartão ‘Sube’. Ele serve para andar de metrô, ônibus ou trem. Paguei 25 pesos, numa estação de metrô. Viajava com meus pais. E um cartão serviu para nós três.

A Justiça no Palacio de Justicia, La Plata, Argentina
Justiça no Palacio de Justicia

Mas fizemos diferente... Deixamos o hotel, na Rua Maipú. E seguimos até o Obelisco. Na Avenida 9 de Julio, pegamos um ônibus comum, o 129, até La Plata. A viagem é mais longa. Mas a passagem é metade do preço...

Ônibus 129 – tempo = 1h30. Preço = 22 pesos;
Ônibus do terminal – tempo = 45min. Preço = 40 pesos.

Circuito Arquitetônico de La Plata, Argentina
Circuito Arquitetônico de La Plata


01 – Teatro Colieso Podestá
Com o mapa em mãos, solicitei ao motorista que parasse o mais próximo do nosso primeiro destino. E caminhamos uns 500 metros até o Teatro Colieso Podestá. Uma construção de 1887, na Rua 10 com a 47.

Era domingo de Páscoa. E haveria uma apresentação de tango no teatro. Seria uma ótima opção, no caso de chuva. Com o belo dia de sol e a extensa lista de atrativos a conhecer, seguimos nossa caminhada...

Teatro Coliseo Podestá, La Plata, Argentina
Teatro Coliseo Podestá


02 – Palacio de Justicia
Fica a três quadras do teatro, na Avenida 13. Entre as ruas 47 e 48. Este prédio de 1884 é um dos mais belos do Circuito Arquitetônico de La Plata. Repare na imagem da Justiça, no ponto mais alto da fachada principal.

A Avenida 13 é uma das mais importantes da cidade. Assim, após conferir o Palacio de Justicia, siga pela Avenida a Plaza Moreno. Em torno da praça, ficam a Catedral de La Plata e o Palacio Municipal.

Palacio de Justicia de La Plata, Argentina
Palacio de Justicia de La Plata


03 – Plaza Moreno
A praça fica no centro geográfico de La Plata. Entre as ruas 10 e 12, 50 e 54. E no encontro das diagonais 73 e 74, que cruzam a cidade. No centro da Plaza Moreno, você encontrará a Pedra Fundamental.

Até 1901, chamava-se Plaza Municipal. Ano em que ela recebeu a piscina central. E os dois terraços com jardins franceses. É interessante reparar, também, nas roupas e nas mãos das esculturas das quatro estações...

Escultura El Otoño - Plaza Mariano Moreno, La Plata, Argentina
Escultura El Otoño


04 – Catedral de La Plata
A Catedral Nuestra Señora de La Inaculada Concepción ocupa a parte sul da Plaza Moreno. É o maior templo neogótico da América do Sul. Em 1884, iniciou a construção. E a inauguração ocorreu apenas em 1932.

Além da bela arquitetura, a Catedral de La Plata possui outros dois atrativos. Numa das torres, um elevador leva a dois mirantes. O mesmo ingresso vale para visitar o Museo da Cripta. No caso, o segundo atrativo...

Veja também...
O Mirante e O Museu da Catedral de La Plata

Fundos do Palacio Municipal, La Plata, Argentina
Fundos do Palacio Municipal


05 – Palacio Municipal
Fica ao norte da Plaza Moreno. E a vista a partir do mirante da Catedral de La Plata dá melhor ideia do conjunto. É um prédio em estilo renascentista alemão. O mais luxuoso entre os similares na América Latina.

O arquiteto Huberto Stiers fez o projeto. A construção do Palacio Municipal iniciou em 1883. Em agosto de 1884, ocupou-se a planta baixa. A conclusão do palácio ocorreu – salvo alguns detalhes – em 1886.

Detalhe da Fachada do Teatro Coliseo, La Plata, Argentina
Detalhe da Fachada do Teatro Coliseo


06 – Teatro Argentino
O Palacio Municipal fica entre as ruas 11 e 12. O Teatro Argentino, entre a 9 e a 10. Uma construção moderna que contrasta com as demais do Circuito Arquitetônico de La Plata. É claro: há uma razão para isso...

O prédio de 2000 substituiu o original, de 1890. A antiga construção, sim, seguia o estilo italiano acadêmico. Mas um incêndio, em 1977, destruiu boa parte do teatro. O prédio atual integra um complexo cultural.

Monumento da Plaza San Martin, La Plata, Argentina
Monumento da Plaza San Martin


07 – Palacio Legislativo
Uma das construções monumentais que ficam em torno da Plaza San Martín. Entre as ruas 7 e 8. E as avenidas 51 e 53. O prédio neoclássico tem traços do renascimento alemão. A construção ocorreu de 1883 a 1888.

Uma curiosidade: não há um acesso principal. E sim três... Com pórticos de quatro colunas com capitéis jônicos. Sobre os pórticos, esculturas de Victor de Pol. Elas representam cenas alegóricas e a história nacional.

Palacio Legislativo, La Plata, Argentina
Palacio Legislativo


08 – Pasaje Dardo Rocha
Fica a oeste da Plaza San Martín. Entre as ruas 6 e 7. E as avenidas 49 e 50. Este prédio, a partir de 1887, abrigou a Estação 19 de Novembro. O primeiro terminal de ferrocarril oeste de La Plata.

É um dos mais belos prédios da cidade. E um incêndio quase o destruiu, em 1887, pouco antes da inauguração. Em 1994, o prédio tornou-se Patrimônio Municipal. A Pasaje Dardo Rocha, hoje, abriga um espaço cultural.

Lateral da Casa de Gobierno de La Provincia, La Plata, Argentina
Casa de Gobierno de La Provincia


09 – Casa de Gobierno de La Provincia
Fica entre as ruas 5 e 6. E as avenidas 51 e 53. Ao norte da Plaza San Martín. Em 1882, lançou-se a pedra fundamental. A conclusão do prédio ocorreu só nove anos mais tarde. Em estilo renascentista flamengo.

O palácio abriga a sede do poder executivo da província de Buenos Aires. Se formos comparar com o Brasil, La Plata seria algo como Goiânia. Ou seja, capital estadual. E Buenos Aires, a capital federal, algo como Brasília.

Departamento de Policia, La Plata, Argentina
Departamento de Policia


10 – Departamento de Policía
Um dos prédios fundacionais do Circuito Arquitetônico de La Plata. Em 1883, iniciou a construção. Com projeto do engenheiro Pedro Benoit. Abrigou o Cárcere de Detentos, o Corpo de Bombeiros e o Departamento de Polícia.

O prédio fica entre as ruas 2 e 3. E as avenidas 51 e 53.


11 – Casa Curutchet
Concluímos o nosso circuito, enfim, com um clássico da arquitetura mundial. A Casa Curutchet, em estilo modernista, fica na Avenida 53, 320. Entre as ruas 1 e 2. Em frente a Plaza Rivadavia, em La Plata.

Fachada da Casa Curutchet, La Plata, Argentina
Fachada da Casa Curutchet

Em 1948, o cirurgião argentino Pedro Domingo Curutchet decidiu fixar residência na cidade. E solicitou a Le Corbusier que elaborasse o projeto. A construção é uma das únicas que o arquiteto projetou na América.

A Casa Curutchet é Monumento Histórico Nacional desde 1987. Desde então, compartilha reconhecimento mundial junto com o tango, as cataratas e os glaciais. Em 2016, a casa tornou-se Patrimônio da Humanidade.

O relato segue com...
Os Animais e O Homem no Museu de La Plata

10 comentários:

Leonardo Brocker disse...

+++ La Plata – Capital da Província +++

Em 1880, Buenos Aires tornou-se capital federal.
E a província de Buenos Aires ficou sem um centro de governo.
La Plata tornou-se capital provincial e preencheu este vazio.
A cidade fica a cerca de 50 km a leste da capital federal.

Fonte: Argentina – Rough Guide, Publifolha, 2009.

Leonardo Brocker disse...

+++ O Projeto Urbano de La Plata +++

O projeto da nova cidade baseou-se num conceito racionalista.
E caracterizou-se por um plano urbano absolutamente regular.
Dentro de uma área quadrada de 5 km de lado.
Uma obra do arquiteto francês Pedro Benoit.

Fonte: Argentina – Rough Guide, Publifolha, 2009.

Leonardo Brocker disse...

+++ Rivalidade com Buenos Aires +++

La Plata tem ares de centro nacional.
Fica a menos de uma hora de Buenos Aires.
E tem arquitetura e design monumentais.
O que sugere certa rivalidade com a capital federal.
Na verdade, La Plata deve sua existência a essa rivalidade.

Fonte: Guia de Viagem: Argentina - National Geographic, 2010.

Leonardo Brocker disse...

+++ La Plata e As Instituições Culturais +++

Cidade com mais de meio milhão de habitantes.
Suas instituições culturais estão entre as melhores do país.
Com bibliotecas, museus, salas de concertos, teatros, universidades.

Fonte: Guia de Viagem: Argentina - National Geographic, 2010.

Leonardo Brocker disse...

+++ Arquitetura Europeia de La Plata +++

A arquitetura de La Plata é intencionalmente europeia.
Com elementos flamengos, franceses e alemães.
E alguns prédios contemporâneos.
Que se esforçam para se encaixar nesse cenário.

Fonte: Guia de Viagem: Argentina - National Geographic, 2010.

Leonardo Brocker disse...

+++ As Praças de La Plata +++

Pedro Benoit foi o responsável pelo projeto de urbanização.
E espalhou um grande número de praças e parques.
A localização estratégica garante fácil acesso a espaços abertos.

Fonte: Guia de Viagem: Argentina - National Geographic, 2010.

Leonardo Brocker disse...

+++ Ciudad Eva Perón +++

Eva Perón faleceu em 1952.
Na época, rebatizaram La Plata de Ciudad Eva Perón.
Mas a cidade logo recobrou o nome original.
Após o golpe militar que derrubou Juan Perón, em 1955.

Fonte: Guia de Viagem: Argentina - National Geographic, 2010.

Leonardo Brocker disse...

+++ Recoleta e Retiro +++

Comunicam-se pelas avenidas Alvear e Del Libertador.
Os bairros caracterizam-se pelo contexto seleto e refinado.
A opulência de muitas edificações coroa este refinamento.
Vemos isso em igrejas, palácios e torres.
E até em um cemitério – um autêntico museu a céu aberto.

As terras altas despertaram o interesse da alta sociedade portenha.
Durante a epidemia de febre amarela, no século XIX.
O temor da enfermidade levou ao êxodo das famílias mais abastadas.
Estas viviam dispersas de sul a norte, pela metrópole.
Isso explica o perfil da área que compreende, hoje, Recoleta e Retiro.
Que passou a ser conhecida como a pequena Paris.

Fonte: Buenos Aires a Pie - National Geographic, 2016.

Leonardo Brocker disse...

+++ Palácios Suntuosos de Recoleta e Retiro +++

Muitas residências do Retiro testemunham a riqueza.
Da Belle Époque do final do século XIX.
O mesmo acontece na Recoleta.
Isso confere a característica de exclusividade destes bairros.
Com elegantes ruas e avenidas que alimentam esse glamour.

Fonte: Buenos Aires a Pie - National Geographic, 2016.

Leonardo Brocker disse...

+++ As Mansões do Retiro +++

O Palacio San Martín encabeça as majestosas residências.
Que se localizam em frente a Plaza San Martín.

O destaque é o Palácio Paz, na Avenida Santa Fé, 750.
Desde 1938, o prédio abriga o Círculo Militar.
Ali, também funciona o Museo de Armas de La Nación.

A inspiração da fachada externa foi o Palácio de Chantilly.
E em uma das frentes do Palácio do Louvre.

Outro edifício icônico é o Palacio Haedo, na Santa Fé, 690.
Desde 1935, sedia a Adminstração de Parques Nacionais.
Hoje, o edifício é um Monumento Histórico Nacional.

O Plaza Hotel Buenos Aires fica na Calle Florida, 1005.
O edifício de 1909 é uma joia arquitetônica em aço.
Cuja decoração já se comparou aos salões de Versalles.

Por fim, a Mansão Bencich.
Em estilo eclético e inspiração francesa.
Fica na Calle Maipú, 972, a meia quadra da praça.

Fonte: Buenos Aires a Pie - National Geographic, 2016.

Postar um comentário

 
Free Host | new york lasik surgery | cpa website design