quarta-feira, 14 de junho de 2017

Cidade de Mendoza, Argentina

Capital da província de mesmo nome, Mendoza fica a 180 km do Aconcágua. E é a melhor base para conhecer a mais alta montanha fora da Ásia. Visitar as bodegas próximas à cidade também é um ótimo passeio.

Fuente de Los Continentes - Parque General San Martín, Mendoza
Fuente de Los Continentes - Parque San Martín

Com parques arborizados, largas ruas e canais, a cidade de Mendoza é um oásis em meio ao deserto argentino. Na área central, destacam-se cafés, restaurantes e calçadões cheios de gente.

Equipe de Taekwondo, Parque General San Martín, Mendoza
Equipe de Taekwondo, Parque San Martín

Os dois principais eventos da cidade de Mendoza são a Festa da Vindima e o Festival de Música Clássica. O primeiro ocorre em março. E o segundo, em abril. Este contempla outras localidades próximas à cidade.

Cisne de Cuello Negro, Museo Moyano de Mendoza
Cisne de Cuello Negro, Museo Moyano


Histórico da Cidade
Garcia Hurtado de Mendoza, governador chileno, fundou a cidade em 1561. Apenas em 1778, a Cordilheira dos Andes passou a demarcar a fronteira com a Argentina. E Mendoza, enfim, tornou-se argentina.

Pablo Fascio y Mariano Leotta, Biblioteca Publica General San Martín, Mendoza
Pablo Fascio y Mariano Leotta, 
no Festival de Música Clássica 

Em 1814, Mendoza virou centro de treinamento das tropas de San Martín. Sob o comando do general, o Ejército de Los Andes atacou os espanhóis, no Chile. Estas ações culminaram na independência da Argentina.

Veja também...
Mendoza Além do Aconcágua e das Bodegas

Titanossauro, Mendoza, Museo Moyano de Mendoza
Titanossauro, Museo Moyano de Mendoza


Atrativos Turísticos da Cidade de Mendoza

Acuario Municipal
Monumento La Patria al Ejército de Los Andes
Museo de Ciencias Naturales y Antropologicas 
Museo del Pasado Cuyano
Parque General San Martin
Plaza Chile
Plaza España
Plaza Independencia
Plaza Italia
Plaza San Martín
Ruínas de Iglesia de San Francisco

Estadio Provincial Malvinas, Mendoza
Estadio Provincial Malvinas

Fonte: Guia O Viajante – Argentina, Zizo Asnis, 2009.

6 comentários:

Leonardo Brocker disse...

+++ Mendoza e O Chile +++

Na época colonial, o Chile administrava a região de Cuyo.
E a relação com os chilenos se mantém amistosa na região.
Em 2002, o colapso político-econômico abateu a Argentina.
E as autoridades da província tiveram uma ótima ideia.
Encorajaram os chilenos a adorar Mendoza.
No caso, como destino no feriado de independência do Chile.
E hoje, o turismo complementa a receita que vem do vinho.

Fonte: Guia de Viagem: Argentina - National Geographic, 2010.

Leonardo Brocker disse...

+++ Mendoza e A Independência +++

A província teve papel-chave nas guerras de independência.
Em Mendoza, o general San Martín organizou um exército.
Este cruzou a Cordilheira dos Andes durante o verão.
E lutou pela independência do Chile.

Fonte: Guia de Viagem: Argentina - National Geographic, 2010.

Leonardo Brocker disse...

+++ A Cidade de Mendoza +++

Quase toda plana, esparrama-se por amplos vales.
Menos de 100 km a leste do trecho mais alto da Cordilheira dos Andes.
E da cidade, avistam-se os picos eternamente nevados.

O microcentro é menos compacto que o de cidades semelhantes.
Isso ocorreu na reconstrução de Mendoza, no fim do século XIX.
Na época, alargaram-se ruas, praças e avenidas.

Fonte: Argentina – Rough Guide, Publifolha, 2009.

Leonardo Brocker disse...

+++ Os Canais de Mendoza +++

Os canais correm junto ao meio-fio das calçadas.
Por eles, escoa a água que irriga a cidade.
Sobre os canais, há pequenas pontes.
Na verdade, uma laje para os pedestres passarem.

Fonte: Guia O Viajante – Argentina, Zizo Asnis, 2009.

Leonardo Brocker disse...

+++ Mendoza e O Vinho +++

Mendoza respira vinho!
É mais importante produtora da América do Sul.
A região concentra mais de 1.200 bodegas.
Estas produzem 11 milhões de hectolitros.
Quase 70% da produção vinícola argentina.
Em qualquer esquina, você depara com bares de vinhos.
Ou com lojas, adegas e vinícolas.

Fonte: Guia Primeira Viagem América do Sul, Abril, 2009.

Leonardo Brocker disse...

+++ O Clima de Mendoza +++

A cidade reúne características geográficas privilegiadas.
Está no deserto.
Há trechos com índice pluviométrico similar ao do Saara!
E a temperatura pode variar 20ºC entre o dia e a noite.
Além disso, Mendoza fica no sopé da Cordilheira dos Andes.
São condições ideais à fabricação de vinhos de qualidade.
E o cenário perfeito para escalada, rafting, trekking.

Fonte: Guia Primeira Viagem América do Sul, Abril, 2009.

Postar um comentário

 
Free Host | new york lasik surgery | cpa website design