segunda-feira, 15 de maio de 2017

Locações de Filmes em Garibaldi

A cidade de Garibaldi fica na Região dos Vinhedos. E surgiu do primeiro núcleo de colonização italiana no RS. Por isso, é também conhecida como Primeira Colônia. E serviu de locação para “O Filme da Minha Vida”.


Drica Moraes e Matheus Nachtergale, em Decamerão - A Comédia do Sexo
Drica Moraes e Matheus Nachtergale,
em Decamerão - A Comédia do Sexo

Veja também...
Filmes de Curta-metragem em Porto Alegre
Filmes de Média-metragem em Porto Alegre

Locações de Filmes no Rio Grande do Sul


"A Casa Verde" (2010)
O filme tem locações em Garibaldi.
No elenco, Zé Victor Castiel e Ingra Liberato.


"Decamerão - A Comédia do Sexo" (2009)
Minissérie da Rede Globo com quatro episódios.
O diretor Jorge Furtado assinou a produção.
Com locações em Bento Gonçalves, Farroupilha e Garibaldi.
No elenco, Deborah Secco, Lázaro Ramos, Leandra Leal.
Daniel de Oliveira, Drica Moraes e Matheus Nachtergale.

Bruna Linz e Johnny Massaro, 'O Filme da Minha Vida'
Bruna Linz e Johnny Massaro, 'O Filme da Minha Vida'


O Filme da Minha Vida (em produção)
Selton Mello dirige e integra o elenco do filme.
A produção também conta com a participação de Vincent Cassel.
Uma novela de Antonio Skármeta inspirou o roteiro do filme.
Skármeta destacou-se com o “O Carteiro de Pablo Neruda”.
O romance serviu de argumento ao filme “O Carteiro e O Poeta”.

 “O Filme da Minha Vida” também tem locações em:
+ Bento Gonçalves;
+ Farroupilha;

2 comentários:

Leonardo Brocker disse...

As Locações e O Elenco de "Os Senhores da Guerra"

O filme é uma adaptação do romance homônimo de José Antônio Severo.
Sim, o filme, no singular.
Tabajara explica que se trata de um único projeto, dividido em duas metades.
Ele será empacotado, para lançamento, em mais de um formato.

"O roteiro foi pensado a partir de arcos dramáticos.
Eles permitem a finalização na forma de dois longas de uma hora e meia cada um.
Para lançamento nos cinemas e em DVD.
E também de seis episódios de 30 minutos.
Adequados às grades das emissoras de televisão" — afirma o diretor.

Senhores da Guerra: Parte I – Passo das Carretas foi rodado dois anos atrás.
Será finalizado simultaneamente a esta segunda parte.
Tem locações em Canela, Bento Gonçalves, Garibaldi, Caçapava do Sul e Porto Alegre.
Além das filmagens no Recanto dos Borghetti.
A sequência mais marcante na Capital será rodada na Igreja das Dores.
Com quase metade dos mais de 800 figurantes cooptados pelo projeto.

Os atores Rafael Cardoso e André Arteche encabeçam o elenco.
Este conta ainda com dezenas de rostos conhecidos da produção local.
Entre eles Sirmar Antunes e Marcos Breda.
E participações especiais, como a do músico Pirisca Grecco.
Todos integrantes do núcleo chimango.

"Mas eu sou maragato de coração" — responde o ator Marcos Verza.
Ao receber a saudação do repórter, dirigida ao seu personagem.

"Rapaz, estamos levando um pau desgraçado neste segundo filme" — ele brinca.
E volta a incorporar a persona de soldado chimango.
"No primeiro, nós demos mais porrada do que levamos.
Mas agora a coisa está bem mais difícil".

Adaptado de Daniel Feix (ZH - 12/05/2013)

Leonardo Brocker disse...

+++ “Senhores da Guerra” nos Cinemas +++

Chega aos cinemas nesta quinta-feira “Senhores da Guerra”.
Filme dirigido por Tabajara Ruas, premiado por “Netto perde sua Alma” (2001).
Anteriormente o foco foi na Guerra dos Farrapos.
Agora é no período da revolução de 1923 no Rio Grande do Sul.

Baseado no livro homônimo de José Antônio Severo.
O longa mostra que as divergências políticas podem resultar em divisões.
Não apenas de compatriotas e amigos, mas até de membros de uma mesma família.
Inspirada em fatos reais, a narrativa resgata o caso de dois irmãos.
Carlos (André Arteche) e Julio (Rafael Cardoso), da família Bozano.

Um é chimango e legalista, optando pela manutenção do governo.
O outro, maragato e revolucionário, deseja um novo regime.
A tensão cresce até que ambos vão se encontrar em um campo de batalha.
A questão é: um matará o outro se for preciso?
A diferença de posicionamentos ideológicos precisa chegar a este ponto?

Exibido em 2014 no Festival de Cinema de Gramado, o filme levou dois Kikitos:
O Prêmio Especial do Júri e o Prêmio de Melhor Atriz Coadjuvante para Andrea Buzato.
A versão que chega às telas tem 10 minutos a menos do que a vista em Gramado.
Isso tornou o longa mais dinâmico.
A produção teve filmagens em 11 municípios gaúchos.
No elenco, estão grandes nomes.
Como o saudoso ator Miguel Ramos (1948-2014) em um de seus últimos trabalhos.

Adaptado de Correio do Povo (15/09/2016)

Postar um comentário

 
Free Host | new york lasik surgery | cpa website design