terça-feira, 2 de maio de 2017

Locações de Filmes em Bento Gonçalves

Bento Gonçalves é a cidade mais turística da Região dos Vinhedos. Tudo por causa do Vale dos Vinhedos. As belas paisagens serranas serviram como locação para filmes gaúchos. Seguem três longas locais.

Camila Pitanga, em Saneamento Básico, O Filme (2007)
Saneamento Básico, O Filme (2007)

A Oeste do Fim do Mundo (2013) 102 minutos
O filme também tem locações em Uspallata, Mendoza, Argentina.

A Oeste do Fim do Mundo (2013)
A Oeste do Fim do Mundo (2013)


"Decamerão - A Comédia do Sexo" (2009)
A Rede Globo exibiu os quatro episódios da série.
Uma produção do diretor Jorge Furtado.
Com locações em Bento Gonçalves, Farroupilha e Garibaldi.
No elenco, Deborah Secco, Lázaro Ramos, Leandra Leal.
Daniel de Oliveira, Drica Moraes e Matheus Nachtergale.

O Elenco de Decamerão - A Comédia do Sexo (2009)
O Elenco de 'Decamerão - A Comédia do Sexo'


O Filme da Minha Vida (em produção)
Conta com o ator Vincent Cassel no papel principal.
O roteiro do filme baseou-se em novela de Antonio Skármeta.
O autor chileno notabilizou-se por “O Carteiro de Pablo Neruda”.
Este romance originou o filme “O Carteiro e O Poeta”.
O Filme da Minha Vida” também tem locações em:
+ Farroupilha;

Bastidores de O Filme da Minha Vida
O Filme da Minha Vida


"O Quatrilho" (1995) 92 minutos
Adaptação de obra de José Clemente Pozenato.
Com direção de Fábio Barreto.
E Glória Pires e Patricia Pillar no elenco.

Há duas locações nos Caminhos de Pedra, em Bento Gonçalves.
Também há locações em Antônio Prado e Farroupilha.


Saneamento Básico, O Filme (2007) 112 minutos
O filme também tem locações em Monte Belo do Sul e Santa Tereza.

2 comentários:

Leonardo Brocker disse...

As Locações e O Elenco de "Os Senhores da Guerra"

O filme é uma adaptação do romance homônimo de José Antônio Severo.
Sim, o filme, no singular.
Tabajara explica que se trata de um único projeto, dividido em duas metades.
Ele será empacotado, para lançamento, em mais de um formato.

"O roteiro foi pensado a partir de arcos dramáticos.
Eles permitem a finalização na forma de dois longas de uma hora e meia cada um.
Para lançamento nos cinemas e em DVD.
E também de seis episódios de 30 minutos.
Adequados às grades das emissoras de televisão" — afirma o diretor.

Senhores da Guerra: Parte I – Passo das Carretas foi rodado dois anos atrás.
Será finalizado simultaneamente a esta segunda parte.
Tem locações em Canela, Bento Gonçalves, Garibaldi, Caçapava do Sul e Porto Alegre.
Além das filmagens no Recanto dos Borghetti.
A sequência mais marcante na Capital será rodada na Igreja das Dores.
Com quase metade dos mais de 800 figurantes cooptados pelo projeto.

Os atores Rafael Cardoso e André Arteche encabeçam o elenco.
Este conta ainda com dezenas de rostos conhecidos da produção local.
Entre eles Sirmar Antunes e Marcos Breda.
E participações especiais, como a do músico Pirisca Grecco.
Todos integrantes do núcleo chimango.

"Mas eu sou maragato de coração" — responde o ator Marcos Verza.
Ao receber a saudação do repórter, dirigida ao seu personagem.

"Rapaz, estamos levando um pau desgraçado neste segundo filme" — ele brinca.
E volta a incorporar a persona de soldado chimango.
"No primeiro, nós demos mais porrada do que levamos.
Mas agora a coisa está bem mais difícil".

Adaptado de Daniel Feix (ZH - 12/05/2013)

Leonardo Brocker disse...

+++ “Senhores da Guerra” nos Cinemas +++

Chega aos cinemas nesta quinta-feira “Senhores da Guerra”.
Filme dirigido por Tabajara Ruas, premiado por “Netto perde sua Alma” (2001).
Anteriormente o foco foi na Guerra dos Farrapos.
Agora é no período da revolução de 1923 no Rio Grande do Sul.

Baseado no livro homônimo de José Antônio Severo.
O longa mostra que as divergências políticas podem resultar em divisões.
Não apenas de compatriotas e amigos, mas até de membros de uma mesma família.
Inspirada em fatos reais, a narrativa resgata o caso de dois irmãos.
Carlos (André Arteche) e Julio (Rafael Cardoso), da família Bozano.

Um é chimango e legalista, optando pela manutenção do governo.
O outro, maragato e revolucionário, deseja um novo regime.
A tensão cresce até que ambos vão se encontrar em um campo de batalha.
A questão é: um matará o outro se for preciso?
A diferença de posicionamentos ideológicos precisa chegar a este ponto?

Exibido em 2014 no Festival de Cinema de Gramado, o filme levou dois Kikitos:
O Prêmio Especial do Júri e o Prêmio de Melhor Atriz Coadjuvante para Andrea Buzato.
A versão que chega às telas tem 10 minutos a menos do que a vista em Gramado.
Isso tornou o longa mais dinâmico.
A produção teve filmagens em 11 municípios gaúchos.
No elenco, estão grandes nomes.
Como o saudoso ator Miguel Ramos (1948-2014) em um de seus últimos trabalhos.

Adaptado de Correio do Povo (15/09/2016)

Postar um comentário

 
Free Host | new york lasik surgery | cpa website design