terça-feira, 14 de março de 2017

Castelinho Alto Bronze, Porto Alegre

Na década de 1940, o político Carlos Eurico Gomes construiu o castelinho. O exterior caracterizava-se pelas pedras cinza e as janelas em estilo gótico. E no interior, havia joias, móveis de jacarandá e cortinas douradas de cetim.

Castelinho do Alto da Bronze, Porto Alegre
Castelinho do Alto da Bronze, Porto Alegre

Localização: esquina das ruas Fernando Machado e General Vasco Alves, Centro Histórico de Porto Alegre.


Centro Alto de Porto Alegre
Relatos de Porto Alegre

3 comentários:

Leonardo Brocker disse...

+++ A Rapunzel de Porto Alegre +++

O político construiu o castelo para Nilza Linck.
Ciumento, não a deixava sair do castelo.
Nem tampouco cumprimentar os vizinhos.
Ou mesmo se aproximar das janelas.
Nilza viveu quatro anos, praticamente, encarcerada.
Até arrumar coragem para abandonar Carlos Eurico Gomes.
O político chegou a ser Ministro do Tribunal de Contas.

O jornalista Juremir Machado da Silva publicou a história.
Ela está no livro “A Prisioneira do Castelinho do Alto da Bronze”.

Fonte: Zero Hora, 24/08/2016.

Leonardo Brocker disse...

+++ Becos e Ruas da Antiga Porto Alegre +++

Inicialmente, os becos tinham o nome dos moradores.
De peculiaridades do terreno.
Ou das atividades que ali se realizavam:
+ Beco da Ópera (atual Rua Uruguai);
+ Beco do Barbosa (Rua Barros Cassal);
+ Beco do Oitavo (Rua André da Rocha);
+ Beco do Bota Bica (Rua General Portinho);
+ Beco do Poço (Avenida Borges de Medeiros);
+ Beco dos Guaranis (Rua General Vasco Alves);
+ Caminho da Azenha (Avenida João Pessoa);
+ Caminho Novo (Rua Voluntários da Pátria);
+ Rua Clara (Rua João Manoel);
+ Rua da Figueira (Rua Coronel Genuíno);
+ Rua da Ladeira (Rua General Câmara);
+ Rua da Margem do Riacho (Rua João Alfredo);
+ Rua da Olaria (Rua General Lima e Silva);
+ Rua da Passagem (Rua General Salustiano);
+ Rua da Varzinha (Rua Demétrio Ribeiro);
+ Rua de Bragança (Rua Marechal Floriano);
+ Rua do Arvoredo (Rua Fernando Machado).

Fonte: “Viva o Centro a Pé”, Secretaria Municipal de Cultura de Porto Alegre, 2014.

Leonardo Brocker disse...

+++ A Rapunzel de Porto Alegre +++

O político construiu o Castelo do Alto da Bronze para Nilza Linck.
Ciumento, não a deixava sair do castelo.
Nem tampouco cumprimentar os vizinhos.
Ou mesmo se aproximar das janelas.
Nilza viveu quatro anos, praticamente, encarcerada.
Até arrumar coragem para abandonar Carlos Eurico Gomes.
O político chegou a ser Ministro do Tribunal de Contas.

O jornalista Juremir Machado da Silva publicou a história.
Ela está no livro “A Prisioneira do Castelinho do Alto da Bronze”.

Fonte: Zero Hora, 24/08/2016.

Postar um comentário

 
Free Host | new york lasik surgery | cpa website design