sábado, 1 de abril de 2017

Capela do Bom Fim, Porto Alegre

A construção da Capela Nosso Senhor Jesus do Bom Fim iniciou em 1867. Em 1883, ocorreu a inauguração. Mas as obras prolongaram-se até 1913. Com destaque para a fachada, que se afasta do modelo colonial.

Capela Nosso Senhor Jesus do Bom Fim, Porto Alegre
Capela de Nosso Senhor Jesus do Bom Fim

Localização: Avenida Osvaldo Aranha, 462, Bom Fim, Porto Alegre.

3 comentários:

Leonardo Brocker disse...

+++ Campus da UFRGS +++

Em 1947, a instituição passou a se denominar UFRGS.
A saber: Universidade Federal do Rio Grande do Sul.
E incorporou o importante patrimônio de antigas faculdades:
+ Escolas de Farmácia e Química (1895);
+ Escola de Engenharia (1896);
+ Faculdade de Medicina (1898);
+ Faculdade de Direito (1900).

Igualmente significativo é o conjunto de edificações.
São construções do fim do século XIX e início do sáculo XX.
E representam os estilos eclético e art-nouveau.
Eles compõem o Campus do Centro da UFRGS:
+ Antigo Parobé;
+ Castelinho e Chateau;
+ Faculdade de Direito e Faculdade de Medicina;
+ Instituto Eletrotécnico e Instituto de Química;
+ Museu da UFRGS (antigos curtumes e tanantes);
+ Observatório Astronômico;
+ Rádio da Universidade.

Fonte: “Viva o Centro a Pé”, Secretaria Municipal de Cultura de Porto Alegre, 2014.

Leonardo Brocker disse...

+++ A Fachada Clássica da Capela do Bom Fim +++

A fachada da Capela foge do modelo colonial.
E introduz a articulação clássica de forma evidente.
Horizontalmente, há divisões.
Estas se revelam por bases e entablamentos.
As ordens clássicas aparecem ao centro e em pares de colunas.
No plano de base, há quatro colunas dóricas.
Elas emolduram a porta de entrada.
Acima, há quatro colunas coríntias que sustentam o frontão.
Este se aplica a um ático.
Que mantém a geometria retangular da fachada.

Fonte: “Viva o Centro a Pé”, Secretaria Municipal de Cultura de Porto Alegre, 2014.

Leonardo Brocker disse...

+++ A Torre da Capela do Bom Fim+++

Repete a organização clássica da faixa central.
Pela aplicação de quatro pilastras coríntias.
Estas ladeiam a abertura para os sinos.
As pilastras têm fechamento com frontão curvo.
E entablamento segmentado.
A torre repete esta articulação nas outras faces.

Fonte: “Viva o Centro a Pé”, Secretaria Municipal de Cultura de Porto Alegre, 2014.

Postar um comentário

 
Free Host | new york lasik surgery | cpa website design