segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017

O Cemitério Evangélico e Os Clubes Alemães do Bairro Moinhos Vento

Um cemitério e três clubes sociais. Ambientes distintos, sem dúvida. Mas um fator os une: os imigrantes alemães. Eles criaram os primeiros clubes de Porto Alegre. E descansam no Cemitério Evangélico...

Jazigo da Família Bier - Cemitério Evangélico de Porto Alegre
Jazigo da Família Bier
  
O curioso roteiro surgiu ao acaso. De manhã, circulei pela Vila Assunção. Meu destino, à tarde, seria o bairro Moinhos de Vento. E o Cemitério Evangélico ficava no meio do caminho. Uma curiosa coincidência...

Sobrados, Rua Félix da Cunha, 1167, Porto Alegre
Rua Félix da Cunha, 1167


Cemitério Evangélico de Porto Alegre
Os alemães chegaram ao RS, em 1824. O cemitério evangélico surgiu, em 1852. E, em 2016, ganhou novo nome: Memorial Martim Lutero. E faz todo o sentido. Ainda mais se considerarmos os 500 anos da Reforma, em 2017.

Jazigo da Família Gerdau - Cemitério Evangélico de Porto Alegre
Jazigo da Família Gerdau

Estive pela primeira vez ali, no início de 2016. Após um vendaval, caíram diversas árvores no local. A administração impediu o acesso. Ao retornar, entendi. Trata-se de um cemitério-floresta, repleto de árvores.


O Cemitério Evangélico Histórico
Há na verdade dois cemitérios evangélicos. Meu interesse era o cemitério histórico, com acesso pela Avenida Oscar Pereira. Nele, estão os jazigos de comerciantes e de industriários porto-alegrenses.

Jazigo de Carl von Koseritz - Cemitério Evangélico de Porto Alegre
Jazigo de Carl von Koseritz

Na entrada, à esquerda, fica o jazigo de Rubem Berta, fundador da Varig. Outros se destacam, em meio às árvores. Como o da Família Bier, com um Jesus de bronze. E o de Carl Von Koseritz, com um busto do jornalista.


Os Clubes Alemães do Bairro Moinhos de Vento
Os alemães chegaram ao Brasil mais de 300 anos após os portugueses. E fundaram o primeiro clube social do país. A Sociedade Orpheu fica em São Leopoldo. Depois, os imigrantes fundaram clubes em Porto Alegre.

Sobrados em Fita, Rua Félix da Cunha, Porto Alegre
Sobrados em Fita
  
Três ficam no bairro Moinhos de Vento. A Associação Leopoldina Juvenil é o resultado da fusão de duas agremiações. O Grêmio Náutico União, de um grupo de remadores. E os Caixeiros Viajantes, de um clube de tiro.

Praça Maurício Cardoso, Porto Alegre
Praça Maurício Cardoso


A Rua Félix da Cunha
Associação Leopoldina Juvenil fica na esquina das ruas Marquês do Herval e Félix da Cunha. Explorei a última. E iniciei pela Praça Maurício Cardoso. Arborizada e calma, a praça tem como destaque a pérgula.

Casarão das Ruas Padre Chagas e Félix da Cunha, Porto Alegre
Casarão das Ruas Padre Chagas
e Félix da Cunha

Retornei à Rua Félix da Cunha. E segui em direção ao Parcão. Entre as ruas Tobias da Silva e Padre Chagas, há um Conjunto de Sobrados em Fita. São construções dos anos 1930, com influência dos terraços ingleses.

12 comentários:

Leonardo Brocker disse...

+++ Memorial Martim Lutero +++

Originalmente, chamava-se Cemitério Evangélico.
Surgiu de uma necessidade dos luteranos vindos da Alemanha.
Eles chegaram à Porto Alegre no início do século XIX.
E desejavam guardar os restos e a memória dos familiares.

O cemitério também atendia às necessidades de instituições.
Como o Hospital Alemão. Hoje, Hospital Moinhos de Vento.
E da Comunidade Matriz (Deutsche Evangelische Gemeinde).
A Comunidade Matriz originou a primeira Igreja Luterana.

O Memorial Martim Lutero abriga vasta arte funerária.
Em memória a cada pessoa que ali se encontra.
Estas obras combinam-se à natureza do parque.
E transformam-no no mais belo cemitério-parque do RS.

Leonardo Brocker disse...

+++ Cemitério Evangélico I (Histórico) +++

A inauguração Cemitério Evangélico ocorreu em 1852.
E o acesso era pela Estrada de Belém, hoje Avenida Oscar Pereira.

O ambiente é fartamente arborizado e florido.
E atende aos preceitos religiosos protestantes e à cultura alemã.

Assim, não há santos na iconografia tumular.
E os monumentos funerários são repletos de alegorias femininas.
As pranteadoras são mulheres que lamentam a perda.

Destaque para o túmulo de Rubem Berta, fundador da Varig.
E para o majestoso Cristo em bronze no túmulo da Família Bier.

Fonte: “Viva o Centro a Pé”, Secretaria Municipal de Cultura de Porto Alegre, 2014.

Leonardo Brocker disse...

+++ Cemitério Evangélico II (Administração) +++

A inauguração Cemitério Evangélico II ocorreu em 1927.
O acesso é pela Rua Guilherme Schell, 467.
Ali, funciona a administração do cemitério.

Dá continuidade à primeira necrópole.
E desenvolve ainda mais o ideal de integração homem-natureza.
Consolida-se, assim, como um cemitério-floresta.

Os monumentos são simples, lineares.
Praticamente, não há esculturas neste cemitério.
Com exceção de alguns transladados da parte mais antiga.

Os monumentos atendem aos preceitos do design moderno.
São obras em granito, que primam pela limpeza estética.
E abrigam os restos mortais de industriais e comerciantes.

Fonte: “Viva o Centro a Pé”, Secretaria Municipal de Cultura de Porto Alegre, 2014.

Leonardo Brocker disse...

+++ Associação Leopoldina Juvenil +++

O nome homenageia Dona Leopoldina, esposa de Dom Pedro I.
A austríaca apoiou a vinda de colonos europeus ao sul do Brasil.

Em 1954, inaugurou-se a sede, no bairro Moinhos de Vento.
Seis anos após o início da construção, em estilo eclético.

Vale à pena conhecer o magnífico Salão de Baile.

Fonte: “Viva o Centro a Pé”, Secretaria Municipal de Cultura de Porto Alegre, 2014.

Leonardo Brocker disse...

+++ História do Grêmio Náutico União +++

Tudo começou em 01 de abril de 1906.
Na ocasião, seis garotos se reuniram para realizar um sonho:
Praticar remo nas águas do Lago Guaíba.

O nome deles:
+ Arnaldo Bercht;
+ Arno Deppermann;
+ Carlos Arnt;
+ Emílio Bercht;
+ Hugo Berta e
+ Hugo Deppermann.

Os seis tentaram integrar as equipes de outros clubes da capital.
Porém eram jovens demais para se unirem aos remadores adultos.
Na época, eles tinham entre dez e quinze anos de idade.

Assim, fundaram a Ruder-Verein Freundschaft.
Algo como Sociedade de Regatas Amizade.

Em 1917, o Brasil aderiu à Primeira Guerra Mundial.
E posicionou-se contra os Impérios Alemão e Austro-Húngaro.
Os diretores acharam prudente mudar, então, o nome germânico.
Em reunião com os associados, adotaram o “Grêmio Náutico União”.

Fonte: 100 Marcas do Rio Grande – Instituto Amanhã, 2014.

Leonardo Brocker disse...

+++ O Grêmio Náutico União Hoje +++

Hoje, o Grêmio Náutico União é o maior clube social do RS.
E o terceiro maior do Brasil.
Nas três sedes, desenvolve 22 modalidades esportivas.
Onde circulam mais de 60 mil associados.
E cerca de 450 funcionários.

Fonte: 100 Marcas do Rio Grande – Instituto Amanhã, 2014.

Leonardo Brocker disse...

+++ A Origem da Praça +++

A implantação da Praça São Manoel ocorreu em 1878.
Na ocasião do loteamento do Arraial de São Manoel.
Na época, também se construiu uma capela de mesmo nome.
A Capela São Manoel funcionou até a década de 1920.
A Igreja São Pedro substituiu, então, a antiga capela.

Fonte: “Viva o Centro a Pé”, Secretaria Municipal de Cultura de Porto Alegre, 2014.

Leonardo Brocker disse...

+++ Parque Moinhos de Vento (Parcão) +++

A Avenida Goethe corta a área de 11,5 hectares.
Isso imprime ao Parcão dois ambientes distintos.
Ambos são bem frequentados.
Desde as primeiras horas da manhã até o fim da tarde.
Ali, as pessoas caminham, correm e pedalam.

O parque oferece quadras de tênis, cancha de bocha.
Pistas de patinação e de atletismo.
Além das quadras polivalentes e de futebol.

Fim de semana no Parcão é sinônimo de gente bonita.
Rodas de chimarrão nos gramados e descontração.
O parque oferece belos jardins e um pequeno lago.
Ali, habitam tartarugas, gansos, marrecos e peixes.

Adaptado do Centro de Informações Turísticas.

Leonardo Brocker disse...

+++ Parque Moinhos de Vento (Parcão) +++

O Parcão ocupa a área do antigo Prado Independência.
A implantação ocorreu durante a década de 1970.
E hoje, ele é a principal atração do bairro Moinhos de Vento.
Conta com um lago artificial, playground e canchas de esportes.

Fonte: “Viva o Centro a Pé”, Secretaria Municipal de Cultura de Porto Alegre, 2014.

Leonardo Brocker disse...

+++ Limites do Bairro Moinhos de Vento +++

Uma Lei Municipal de 1959 estabeleceu os limites do bairro:
+ Rua Marquês do Pombal, ao norte;
+ Rua Mostardeiro, ao sul;
+ Rua Coronel Bordini, a leste;
+ Rua Doutor Vale, a oeste.

Mas o imaginário inclui a Praça Júlio de Castilhos.
E o Hospital Moinhos de Vento, a oeste.
Assim como a Rua Dona Laura, ao sul.

Fonte: “Viva o Centro a Pé”, Secretaria Municipal de Cultura de Porto Alegre, 2014.

Leonardo Brocker disse...

+++ Os Oito Sobrados em Fita +++

Egon Weindorfer, arquiteto tcheco, projetou o conjunto.
Na época, Weindorfer residia em Porto Alegre.
A Construtora Azevedo-Moura & Gertum executou a obra.

Weindorfer inspirou-se nos terraces ingleses.
E acrescentou detalhes do art decó.
Como os guarda-corpos dos balcões.

O conjunto destinava-se à locação para famílias de classe média.
Assim, observa-se a economia de detalhes na construção.
Vê-se isto na simplicidade de adornos e na ausência de luxos.

Os proprietários mobilizaram-se para preservar os sobrados.
Eles temiam a possibilidade demolição do grupo de casas.
Para dar continuidade à Avenida Perimetral.

Fonte: “Viva o Centro a Pé”, Secretaria Municipal de Cultura de Porto Alegre, 2014.

Leonardo Brocker disse...

+++ O Deslocamento das Elites de Porto Alegre +++

No início da década de 1920, as elites deixam o Centro.
As residências deslocam-se gradualmente.
Deixam as áreas mais altas e sãs da Rua Duque de Caxias.
E seguem em direção à Avenida Independência.
E ao futuro bairro Moinhos de Vento.
Ali, surgiam a Hidráulica e a Praça Júlio de Castilhos.

Fonte: “Viva o Centro a Pé”, Secretaria Municipal de Cultura de Porto Alegre, 2014.

Postar um comentário

 
Free Host | new york lasik surgery | cpa website design