terça-feira, 11 de outubro de 2016

Roteiro Aldo Locatelli em Porto Alegre [Artigo 10]: Igreja Santa Teresinha do Menino Jesus

A igreja reúne o maior número de obras sacras de Aldo Locatelli, em Porto Alegre. O pintor italiano criou os sete painéis, entre 1952 e 1957. E neles, retratou diversos momentos da vida de Santa Teresinha.

'Teresinha, Padroeira das Missões', Aldo Locatelli (1955) - Igreja Santa Teresinha (Detalhe)
"Teresinha, Padroeira das Missões"

'Primeira Comunhão de Santa Teresinha', Aldo Locatelli (1952), Igreja Santa Teresinha
"Primeira Comunhão de Santa Teresinha"

Este Artigo Faz Parte da Série...
Roteiro Aldo Locatelli em Porto Alegre

Em 2014, tracei roteiros por Porto Alegre. E a Igreja Santa Teresinha do Menino Jesus fazia parte de um deles. Passei algumas vezes por ela. Como a encontrava sempre fechada, acabei esquecendo o local...

'Teresinha Aponta Seu Nome Inscrito no Céu', Aldo Locatelli (1952) - Igreja Santa Teresinha
"Teresinha Aponta Seu Nome Inscrito no Céu"

'Teresinha diante do Papa Leão XIII', Aldo Locatelli (1957) - Igreja Santa Teresinha
"Teresinha diante do Papa Leão XIII"

Ao revisitar as obras de Aldo Locatelli na capital gaúcha, resolvi ligar para a igreja. Eram 9h10. E eu saía da FIERGS. A senhora Maria Clara esperaria até as 9h30. Cheguei às 9h45. Mas deu tudo certo...

'Teresinha entre As Crianças', Aldo Locatelli (1955), Igreja Santa Teresinha
"Teresinha entre As Crianças"

'Teresinha no Leito de Morte', Aldo Locatelli (1957) - Igreja Santa Teresinha
"Teresinha no Leito de Morte"

Entrei na igreja pela rua lateral. Uma escada acaba em uma sala, junto ao altar. Logo impressiona a quantidade de pinturas. Na capital gaúcha, só o Palácio Piratini reúne mais obras de Aldo Locatelli...

'A Santidade de Teresinha', Aldo Locatelli (1957), Igreja Santa Teresinha
"A Santidade de Teresinha"

'Teresinha, Padroeira das Missões' e "Os Evangelistas: São Lucas e São Marcos", Aldo Locatelli (1955) - Igreja Santa Teresinha
"Teresinha, Padroeira das Missões" e
"Os Evangelistas: São Lucas e São Marcos"

As pinturas não receberam título. Possuem, porém, um tema em comum: a vida de Santa Teresinha. Há quatro painéis nas paredes. E três, no teto da igreja. Locatelli pintou por último os quatro evangelistas.

'Os Quatro Evangelistas - São João', Aldo Locatelli (1957) - Igreja Santa Teresinha
"Os Quatro Evangelistas: São João"

'Os Quatro Evangelistas - São Lucas', Aldo Locatelli (1957) - Igreja Santa Teresinha
"Os Quatro Evangelistas: São Lucas"

Assim como em outros trabalhos, Aldo Locatelli contou com a colaboração de Emílio Sessa. Na verdade, Emílio Sessa realizou sozinho a pintura no altar da Igreja Santa Teresinha do Menino Jesus.

'Os Quatro Evangelistas - São Marcos', Aldo Locatelli (1957) - Igreja Santa Teresinha
"Os Quatro Evangelistas: São Marcos"

'Os Quatro Evangelistas - São Mateus', Aldo Locatelli (1957) - Igreja Santa Teresinha
"Os Quatro Evangelistas: São Mateus"

Após meia hora de fotos e filmagens, deixei a igreja. Passei na secretaria da paróquia e conversei com a senhora Maria Clara. Pedi informações sobre as obras. Ela presenteou-me com um panfleto explicativo.

Os Negros em 'Teresinha, Padroeira das Missões', Aldo Locatelli (1955), Igreja Santa Teresinha
Os Negros em "Teresinha, Padroeira das Missões"

Os Índios em 'Teresinha, Padroeira das Missões', Aldo Locatelli (1955), Igreja Santa Teresinha
Os Índios em "Teresinha, Padroeira das Missões"

3 comentários:

Leonardo Brocker disse...

+++ Igreja de Santa Teresinha do Menino Jesus +++

Aldo Locatelli confeccionou os murais da Igreja, em 1956.
Temática dos murais:
+ A Glória dos Santos;
+ A Morte dos Santos;
+ Temática Escatológica.

Fonte: "A Morte e O Além", Altamir Moreira (2006)

Leonardo Brocker disse...

+++ Igreja de Santa Teresinha do Menino Jesus +++

Emílio Sessa confeccionou os murais da Igreja, em 1952.
Temática dos murais:
+ A Volta de Cristo;
+ Temática Escatológica.

Fonte: "A Morte e O Além", Altamir Moreira (2006)

Leonardo Brocker disse...

+++ Palácio Piratini +++

Substituiu o Palácio de Barro, de 1772.
Aquela foi a primeira sede do Executivo Estadual.
E atendeu às funções por mais de um século.

O francês Maurice Gras projetou o novo palácio.
A construção prolongou-se de 1909 a 1921.
Ano em que o governo Borges de Medeiros instalou-se, ali.

Em 1955, o prédio recebeu o nome de Palácio Piratini.
Uma homenagem à primeira capital Farroupilha.

A entrada principal fica junto à Praça da Matriz.
Ali, há duas esculturas do francês Paul Landowski.
Elas representam a agricultura e a indústria.

Em 1986, o Estado tombou o prédio patrimônio cultural.
O Palácio Piratini também é patrimônio federal.
E integra o sítio histórico da Praça da Matriz.

Fonte: “Viva o Centro a Pé”, Secretaria Municipal de Cultura de Porto Alegre, 2014.

Postar um comentário

 
Free Host | new york lasik surgery | cpa website design