segunda-feira, 10 de outubro de 2016

Roteiro Aldo Locatelli em Porto Alegre [Artigo 9]: “A Formação do Rio Grande do Sul”, no Saguão do Teatro do SESI, FIERGS

O painel “A Formação do Rio Grande do Sul” fica no saguão do Teatro do SESI, na FIERGS. Aldo Locatelli pintou-o, em 1960. A obra de Locatelli mostra a diversidade de etnias que formaram o Rio Grande do Sul.

Brigadeiro José da Silva Paes - "Formação do Rio Grande do Sul" - Aldo Locatelli (1960), Teatro do Sesi, FIERGS, Porto Alegre
Brigadeiro José da Silva Paes

Este Artigo Faz Parte da Série...
Roteiro Aldo Locatelli em Porto Alegre


A pintura fica em um local público. Se você quiser fotografar a obra, porém, haverá um problema. Quando o teatro está aberto, a quantidade de pessoas circulando irá prejudicar, em parte, as fotografias.

O Conquistador Português - "Formação do Rio Grande do Sul" - Aldo Locatelli (1960), Teatro do Sesi, FIERGS, Porto Alegre
O Conquistador Português

Isso, porém, só dificultará a tarefa. Afinal, a visão frontal da obra é do piso andar. Ali, o acúmulo de pessoas é menor. Mesmo assim, convém agendar um horário para fotografar com mais calma...

O Gaúcho e O Índio - "Formação do Rio Grande do Sul" - Aldo Locatelli (1960), Teatro do Sesi, FIERGS, Porto Alegre
O Gaúcho e O Índio

O tema do mural é similar aos do Salão Alberto Pasqualini, no Palácio Piratini. E o personagem central aparece nos outros dois murais. Trata-se de José da Silva Paes. O brigadeiro fundou a cidade de Rio Grande.

O Negro - "Formação do Rio Grande do Sul" - Aldo Locatelli (1960), Teatro do Sesi, FIERGS, Porto Alegre
O negro: uma das etnias formadoras do RS.

Em torno do brigadeiro, aparecem as etnias que formaram o Rio Grande do Sul. Ali estão o índio e o conquistador português. O negro, o gaúcho típico e o imigrante. O último, com instrumentos de trabalho na terra.

Liberdade, Igualdade, Humanidade - "Formação do Rio Grande do Sul" - Aldo Locatelli (1960), Teatro do Sesi, FIERGS, Porto Alegre
Liberdade, Igualdade e Humanidade

“A Formação do Rio Grande do Sul” possui outro destaque. Na moldura do painel, vemos as palavras “Liberdade, Igualdade, Humanidade”. Estes são os lemas e os ideais rebeldes, durante a Revolução Farroupilha.

Veja, também, as obras do Palácio Piratini...
"A Formação Histórico-Etnográfica do Povo Rio-Grandense"

6 comentários:

Leonardo Brocker disse...

+++ “A Formação do Rio Grande do Sul” +++

Este painel de 1960, em óleo sobre tela, tem 440 x 265 cm.
Fica no foyer do Teatro do SESI, na FIERGS, em Porto Alegre.

A obra consiste no canto do cisne da pintura de Aldo Locatelli.
E representa as etnias que povoaram o continente de São Pedro.
As diferentes etnias são figuradas “à sombra de” um condottiero.
Este é o desbravador José da Silva Paes.
Ele surge no centro de uma composição triangular.
Nela, destacam-se duas figuras.
Com superfícies cromáticas cuidadosamente compostas.
Em tons alaranjados e vermelhos.
Estes se sobrepõem a um fundo de ocres.
E há ainda o azul carregado da túnica do desbravador.
Ele soa como um trompete na composição.
E acentua o caráter de pioneiro do herói.

“O Mago das Cores: Aldo Locatelli”, Paulo Gomes

Leonardo Brocker disse...

+++ O Brigadeiro José da Silva Paes +++

“A Formação do Rio Grande do Sul” encontra-se na FIERGS.
E é uma das realizações mais estruturadas de Aldo Locatelli.
É também uma de suas mais esplêndidas composições.

O Brigadeiro José da Silva Paes é o personagem central.
E é interessante como Aldo confere relevo às pernas da figura.
Ele ilumina lateralmente uma delas, à maneira de Caravaggio.
E isso destaca o simbolismo da tomada de posse do território.

“O Mago das Cores: Aldo Locatelli”, Paulo Gomes

Leonardo Brocker disse...

+++ Restauração do Mural da FIERGS +++

A obra de Locatelli fica no foyer do Teatro do SESI.
E passou por um processo de restauração em 1999.
O Atelier de Leila Sudbrack realizou esse trabalho.
E destaca-se por seu valioso trabalho de restauração.

Leonardo Brocker disse...

+++ A Obra Pública de Aldo Locatelli +++

Identifica-se com três componentes essenciais da gauchidade:
A história, as tradições folclóricas e a religiosidade.
A obra pública também se associa aos imigrantes.
Ou seja, uma porção considerável da população atual do RS.
E relaciona-se à política.
Pois parte se inspira em acontecimentos da saga rio-grandense.
E estes determinam os rumos do porvir.

A obra de Locatelli possui indiscutível originalidade artística.
Como não admirar a síntese que fez de influência contrastante, tanto na temática profana como na religiosa?

“O Mago das Cores: Aldo Locatelli”, Paulo Gomes

Leonardo Brocker disse...

+++ A Habilidade do Pintor Aldo Locatelli +++

Ele seguiu uma trilha à parte das correntes contemporâneas.
Porém, soube assimilar muitas de suas importantes lições.
Aldo Locatelli criou, assim, um caminho figurativo original.
Soube impor-se, assim, aos especialistas e ao grande público.
Até mesmo porque a sua habilidade é notabilíssima.
Na composição de conjuntos, na finura de desenho e no cromatismo.
Aldo Locatelli pertence a um pequeno grupo.
O dos que tocaram e encantaram o coração da gente da sua terra.

“O Mago das Cores: Aldo Locatelli”, Paulo Gomes

Leonardo Brocker disse...

+++ Palácio Piratini +++

Substituiu o Palácio de Barro, de 1772.
Aquela foi a primeira sede do Executivo Estadual.
E atendeu às funções por mais de um século.

O francês Maurice Gras projetou o novo palácio.
A construção prolongou-se de 1909 a 1921.
Ano em que o governo Borges de Medeiros instalou-se, ali.

Em 1955, o prédio recebeu o nome de Palácio Piratini.
Uma homenagem à primeira capital Farroupilha.

A entrada principal fica junto à Praça da Matriz.
Ali, há duas esculturas do francês Paul Landowski.
Elas representam a agricultura e a indústria.

Em 1986, o Estado tombou o prédio patrimônio cultural.
O Palácio Piratini também é patrimônio federal.
E integra o sítio histórico da Praça da Matriz.

Fonte: “Viva o Centro a Pé”, Secretaria Municipal de Cultura de Porto Alegre, 2014.

Postar um comentário

 
Free Host | new york lasik surgery | cpa website design