sábado, 3 de setembro de 2016

A Modernidade Impressa: Artistas Ilustradores da Livraria do Globo

Trago imagens da mostra “A Modernidade Impressa: Artistas Ilustradores da Livraria do Globo”. O MARGS reuniu obras da Seção de Desenho da maior editora de literatura traduzida do país, nas décadas de 1930 e 1940.

Segue com...
Ilustrações de João Fahrion para "Macário", de Álvares de Azevedo

Livraria do Globo, Início do Século XX - Pintura de Vitório Gheno (1923)
Livraria do Globo, Início do Século XX

Franz Peter Schubert - Caricaturas Românticas de Sotero Cosme
Franz Peter Schubert

Capas da Revista do Globo
Capas da Revista do Globo

Frédéric François Chopin - Caricaturas Românticas de Sotero Cosme
Frédéric François Chopin
 
Livraria do Globo, Primeira Metade do Século XX - Pintura de Vitório Gheno (1923)
Livraria do Globo, Vitório Gheno

Johannes Brahms - Caricaturas Românticas de Sotero Cosme
Johannes Brahms

Exposição MARGS - Livraria Globo
Exposição no MARGS: Livraria Globo
  
Ludwig van Beethoven - Caricaturas Românticas de Sotero Cosme
Ludwig van Beethoven

Livraria do Globo, Primeira Metade do Século XX - Pintura de Vitório Gheno, 1923
A Livraria do Globo, na
Primeira Metade do Século XX

Wilhelm Richard Wagner - Caricaturas Românticas de Sotero Cosme
Wilhelm Richard Wagner

4 comentários:

Leonardo Brocker disse...

+++ Museu de Arte do Rio Grande do Sul Ado Malagoli +++

A construção do prédio, em estilo neoclássico, iniciou em 1912.
Originalmente, o espaço sediava a Delegacia Fiscal da Receita Federal.
E, desde 1979, os 4.000 m2 abrigam o Museu de Arte do Rio Grande do Sul.
No acervo, há pinturas de Portinari, Di Cavalcanti, Iberê Camargo.
E esculturas de Vasco Prado e Xico Stockinger.
Além disso, o MARGS oferece exposições temporárias.

Adaptado do Centro de Informações Turísticas de Porto Alegre.

Leonardo Brocker disse...

+++ Livraria do Globo +++

A empresa surgiu em 1883 e logo cresceu.
Dedicou-se à encadernação, impressão tipográfica e linotipia.
Henrique Bertaso era o proprietário da empresa.
E em 1929, criou a Revista do Globo.
Outro importante passo para a história da livraria.
E da literatura do Rio Grande do Sul.
As obras e traduções projetaram nacionalmente a livraria.
Em especial nas décadas de 1930 e 1940.

Fonte: “Viva o Centro a Pé”, Secretaria Municipal de Cultura de Porto Alegre, 2014.

Leonardo Brocker disse...

+++ A Roda dos Intelectuais da Livraria +++

A Livraria do Globo transformou-se um ponto de encontro.
De intelectuais, poetas, políticos e profissionais liberais.
A roda de intelectuais reunia-se aos sábados de manhã.
Uma geração que se destacou, nacionalmente.
Em especial, nas décadas de 1930 e 1940.
Nomes como Érico Veríssimo, Mário Quintana, Augusto Meyer.

Fonte: “Viva o Centro a Pé”, Secretaria Municipal de Cultura de Porto Alegre, 2014.

Leonardo Brocker disse...

+++ O MARGS +++

Em 1954, Ado Malagoli criou o Museu de Arte do Rio Grande do Sul.
O MARGS é o principal museu de arte do Estado.
E um dos mais importantes do Brasil.
Reúne um acervo com mais de três mil obras.
De artistas locais, nacionais e internacionais.

Desde os anos 70, o MARGS funciona no prédio da Delegacia Fiscal.
Em 1984, ocorreu o tombamento da antiga construção.
Como patrimônio cultural do Estado do Rio Grande do Sul.

Fonte: “Viva o Centro a Pé”, Secretaria Municipal de Cultura de Porto Alegre, 2014.

Postar um comentário

 
Free Host | new york lasik surgery | cpa website design