sábado, 13 de agosto de 2016

Casa Gomes Jardim e A Revolução Farroupilha

Na Casa Gomes Jardim, em Pedras Brancas, surgiu a Revolução Farroupilha. Ali, membros da maçonaria gaúcha conceberam a guerra contra o poder imperial. E idealizaram a República Rio-Grandense.

Casa Gomes Jardim, Rua 14 de Outubro, Guaíba
Casa Gomes Jardim, Guaíba
  
Visitei a Casa Gomes Jardim na tarde de 18/06/2016. Pouco após o meio-dia, telefonei para a Dona Íris. Combinei de passar ali às 13h30min. Cheguei pelas 14h. E Dona Íris já me esperava junto à porta.

Continuação de...
Luís Paulo na Vitrine Cultural de Guaíba


A História da Casa Gomes Jardim
A casa leva o nome do líder farrapo. A história do prédio inicia, porém, no fim do século XVIII. Dona Íris volta ainda mais no tempo. E começa falando do cipreste, que os espanhóis plantaram no século XVII.

Casaco, Pala e Sela - Casa Gomes Jardim, Guaíba
Casaco, Pala e Sela

A colonização de Guaíba iniciou, em 1793, com a doação da sesmaria para Antônio Ferreira Leitão. Em frente ao cipreste, ele fixou a sede da Estância Pedras Brancas. O prédio original abriga hoje a Casa Gomes Jardim.

Isabel Leonor Ferreira Leitão, filha de Antônio, casou com o primo, José Gomes de Vasconcellos Jardim. Primeiro, moraram no Morro Maximiliano. Depois, mudaram-se para a casa em frente ao cipreste. 

Sela e Laço - Casa Gomes Jardim, Guaíba
Sela e Laço - Casa Gomes Jardim


A Idealização da Revolução Farroupilha
A elite e a maçonaria frequentavam a casa de Gomes Jardim, prestigiado médico em Pedras Brancas. Bento Gonçalves e Onofre Pires, seus primos, também costumavam visitar a Estância Pedras Brancas.

Junto com Corte Real, David Canabarro, Domingos José de Almeida, José Mariano de Mattos e Tito Lívio Zambeccari, os três planejaram a Revolução Farroupilha. Gomes Jardim, com 62 anos, era o mais velho.

Escrivaninha do Dr Gastão Leão - Casa Gomes Jardim, Guaíba
Escrivaninha do Dr Gastão Leão

E foi ele quem deu início à Revolução Farroupilha, ao tomar Porto Alegre, em 20/09/1835. Na Batalha da Azenha, os farrapos surpreenderam as tropas do Império. Estas foram buscar reforços na base de Rio Grande.


Primeiro Presidente Farroupilha
Bento Gonçalves seria presidente da República Rio-Grandense. José Gomes Jardim, vice. Porém, quando o General Netto proclamou a República Rio-Grandense, Bento e Pedro Boticário estavam presos no Rio de Janeiro.

Livro de Medicina em Francês do Dr Gastão Leão - Casa Gomes Jardim, Guaíba
Livro de Medicina Francês do Dr Gastão Leão

Assim, Gomes Jardim tornou-se presidente da República Rio-Grandense. A eleição ocorreu em 05/11/1836. Gomes Jardim tomou posse no dia seguinte. E logo solicitou a confecção de uma bandeira e de um hino.

A bandeira original era quadrada. Como as flâmulas de guerra. O verde e o amarelo eram uma referência à bandeira brasileira. E o vermelho entre os dois mostrava o descontentamento com o governo imperial.

Bandeira Oficial do Rio Grande do Sul
Bandeira Oficial do Rio Grande do Sul

A bandeira e o hino da República Rio-Grandense tornaram-se a bandeira e o hino do Rio Grande do Sul. O hino mostrava o ideal de libertar o país inteiro do Império: “Sirvam nossas façanhas de modelo à toda a terra”.


Particularidades de Bento Gonçalves
Bento Gonçalves e Pedro Boticário tentaram fugir da prisão. E Boticário não conseguiu cruzar o buraco. O Império transferiu Bento Gonçalves para a Bahia. Mas graças à ajuda de soldados maçons ele fugiu.

Material Médico do Dr Gastão Leão - Casa Gomes Jardim, Guaíba
Material Médico do Dr Gastão Leão

De volta ao estado, assumiu a presidência da República Rio-Grandense. Mais tarde, doente, Bento Gonçalves devolveu o poder para Gomes Jardim. E este assinou o Tratado de Paz, dando fim à Revolução Farroupilha.

Gomes Jardim cuidou da saúde do primo no fim da vida. E Bento Gonçalves morreu na casa de Gomes Jardim. Hoje, os restos mortais de Bento estão na Praça Tamandaré, em Rio Grande, cidade que não conquistou em vida.

Quarto do Dr Gastão Leão - Casa Gomes Jardim, Guaíba
Quarto do Dr Gastão Leão


O Acervo da Casa Gomes Jardim
A exposição insere Pedras Brancas, hoje Guaíba, na Revolução Farroupilha. Porém, esse registro restringe-se aos cartazes e à narrativa da Dona Iris. O acervo da casa é de itens, na maior parte, do início do século XX.

Um espaço registra a história de Gastão Leão. O médico comprou a Casa Gomes Jardim, temendo a destruição do prédio. A Praça Doutor Gastão Leão homenageia o orador da campanha de emancipação de Guaíba.

Matador de Formiga - Casa Gomes Jardim, Guaíba
Matador de Formiga

A sala abriga a escrivaninha e livros de estudo. Num armário, há o material médico e cirúrgico. Outras salas reúnem material de montaria, ferros para marcar gado, ferros de passar roupa e um matador de formigas.

0 comentários:

Postar um comentário

 
Free Host | new york lasik surgery | cpa website design