domingo, 28 de agosto de 2016

Caminho dos Antiquários, Porto Alegre

O final da Rua Marechal Floriano Peixoto concentra vários antiquários. Isso conferiu ao local o título de Caminho dos Antiquários. Aos sábados, os lojistas promovem a feirinha de antiguidades em meio à rua.

Justiça, Feira de Antiguidades da Praça Daltro Filho - Porto Alegre
Justiça
  
No fim da Rua Marechal Floriano Peixoto, fica a Praça Daltro Filho. Ali, também aos sábados, ocorre a feira de expositores particulares. Eles expõem discos, livros e objetos domésticos diversos.

Telefone com Caixa, Feira de Antiguidades da Praça Daltro Filho - Porto Alegre
Telefone com Caixa

A pequena praça triangular fica entre a Avenida Borges de Medeiros, a Rua Coronel Genuíno e a Rua Demétrio Ribeiro. Como fica em frente ao antigo Cinema Capitólio, a praça é conhecida como Praça do Capitólio.

Três Gatos, Feira de Antiguidades da Praça Daltro Filho - Porto Alegre
Três Gatos

No último sábado de cada mês, parte da praça o passeio “Viva o Centro a Pé”. Um professor de arte ou história guia, gratuitamente, grupos pelo Centro Histórico de Porto Alegre. O passeio dura duas horas.

Velho Colono, Feira de Antiguidades da Praça Daltro Filho - Porto Alegre
Velho Colono

6 comentários:

Leonardo Brocker disse...

+++ O Caminho dos Antiquários +++

Um shopping ao céu aberto? Isso mesmo...
O Caminho dos Antiquários é um passeio cultural
Ali se encontram antiguidades.
E um comércio efervescente de serviços.
Há lojas, cafés, bares, restaurantes e muito mais.

A Feira do Caminho dos Antiquários ocorre aos sábados.
E nela móveis e objetos antigos são expostos nas ruas e calçadas.
Junto com artistas plásticos e artesãos.

Cerca de 50 expositores e lojistas espalham o brilho de pratarias e móveis.
O encanto de louças, esculturas e cristais antigos.
Raridades, curiosidades, colecionáveis, artesanato e artes plásticas.

O diferencial: lojistas podem expor, na rua, peças sofisticadas e refinadas.
Ao mesmo tempo, objetos simples e inusitados compõem este interessante cenário.
Isso atrai curiosos, colecionadores e turistas.

Outras atrações dividem a atenção da feira e variam a cada sábado.
Há apresentações artísticas e musicais; exposições curiosas e culturais.
Além de desfiles, festas, desenhistas e convidados especiais.

Há também uma atração fixa.
Das 11h às 12h, todos são convidados a terem aulas gratuitas de dança.

E no último sábado de cada mês acontece o VIVA O CENTRO À PÉ.
O passeio gratuito pelo centro da cidade dura aproximadamente 2 h.
O guia (professor) mostra os principais pontos turísticos e históricos da cidade.
A cada sábado um roteiro diferente.

Adaptado de Prefeitura Municipal de Porto Alegre

Leonardo Brocker disse...

+++ Becos e Ruas da Antiga Porto Alegre +++

Inicialmente, os becos tinham o nome dos moradores.
De peculiaridades do terreno.
Ou das atividades que ali se realizavam:
+ Beco da Ópera (atual Rua Uruguai);
+ Beco do Barbosa (Rua Barros Cassal);
+ Beco do Oitavo (Rua André da Rocha);
+ Beco do Bota Bica (Rua General Portinho);
+ Beco do Poço (Avenida Borges de Medeiros);
+ Beco dos Guaranis (Rua General Vasco Alves);
+ Caminho da Azenha (Avenida João Pessoa);
+ Caminho Novo (Rua Voluntários da Pátria);
+ Rua Clara (Rua João Manoel);
+ Rua da Figueira (Rua Coronel Genuíno);
+ Rua da Ladeira (Rua General Câmara);
+ Rua da Margem do Riacho (Rua João Alfredo);
+ Rua da Olaria (Rua General Lima e Silva);
+ Rua da Passagem (Rua General Salustiano);
+ Rua da Varzinha (Rua Demétrio Ribeiro);
+ Rua de Bragança (Rua Marechal Floriano);
+ Rua do Arvoredo (Rua Fernando Machado).

Fonte: “Viva o Centro a Pé”, Secretaria Municipal de Cultura de Porto Alegre, 2014.

Leonardo Brocker disse...

+++ Características do Prédio e Fim do Cinema +++

O prédio tem características ecléticas.
Com fachadas e espaços internos ornamentados.
O cinema funcionou até 1994.
Fechou na época da crise dos “cinemas de calçada”.

Fonte: “Viva o Centro a Pé”, Secretaria Municipal de Cultura de Porto Alegre, 2014.

Leonardo Brocker disse...

+++ Deterioração do Prédio e Cinemateca Municipal +++

Em 1995, o prédio passou a ser patrimônio do município.
E em 2002, ocorreu o tombamento como bem cultural.
Após um incêndio e vários anos de abandono.

Em 2004, iniciou o processo de restauração do prédio.
Um convênio entre Fundacine e Prefeitura Municipal de Porto Alegre.
Com apoio da Associação dos Amigos do Cinema Capitólio.

Em 2006, declarou-se patrimônio cultural do Rio Grande do Sul.
Hoje, o antigo Cinema Capitólio abriga a cinemateca municipal.

Fonte: “Viva o Centro a Pé”, Secretaria Municipal de Cultura de Porto Alegre, 2014.

Leonardo Brocker disse...

+++ Ponte de Pedra +++

Visconde de São Leopoldo construiu a ponte, em 1825.
E contou com o apoio de moradores.
Na época, a ponte era de madeira.
E atravessava o Arroio Dilúvio, na foz, junto ao Guaíba.
A população tratava-a como a ponte do Chico da Azenha.

Em 1846, iniciou a construção da ponte de pedra.
Logo após o término da Revolução Farroupilha.
Na época, retomou-se o desenvolvimento da Rua da Margem.
Que não ultrapassava os limites das fortificações.
Nas imediações do cruzamento da República com João Alfredo.

Em 1848, entregou-se à população a ponte de pedra.
A necessidade veio dos repetidos danos à ponte de madeira.
E às reconstruções que marcaram a curta história da ponte inicial.
A ponte de pedra facilitou a expansão da cidade para a zona sul.

Em 1979, a Prefeitura tombou-a patrimônio de Porto Alegre.

Fonte: “Viva o Centro a Pé”, Secretaria Municipal de Cultura de Porto Alegre, 2014.

Leonardo Brocker disse...

+++ A Proclamação da República +++

Com a Proclamação da República ocorreram mudanças.
Nos nomes de avenidas, praças e ruas de Porto Alegre.
Seguem exemplos com o antigo nome e o atual:

+ Praça Conde D’Eu, hoje Praça 15 de Novembro;
+ Praça Dom Pedro II, hoje Praça Marechal Deodoro;
+ Rua do Imperador, hoje Rua da República;
+ Rua Dona Isabel, hoje Rua Demétrio Ribeiro;
+ Rua Imperatriz, hoje Rua Venâncio Aires;
+ Rua Imperial, hoje Rua Benjamin Constant.

Também vieram as homenagens aos positivistas:

+ Avenida Assis Brasil;
+ Avenida Borges de Medeiros;
+ Monumento a Júlio de Castilhos;
+ Praça Júlio de Castilhos;
+ Praça Otávio Rocha;
+ Rua Alberto Bins;
+ Rua Júlio de Castilhos;
+ Viaduto Otávio Rocha.

Fonte: “Viva o Centro a Pé”, Secretaria Municipal de Cultura de Porto Alegre, 2014.

Postar um comentário

 
Free Host | new york lasik surgery | cpa website design