segunda-feira, 4 de julho de 2016

Giuseppe Garibaldi: O Herói de Dois Mundos

Joseph Marie Garibaldi nasceu em Nice, França, em 04 de julho de 1807. O herói de dois mundos participou de conflitos na Europa e na América do Sul. Faleceu em 02 de junho de 1882, em Caprera, na Itália.

Giuseppe Garibaldi (1807-1882) - Herói de Dois Mundos
Giuseppe Garibaldi: Herói de Dois Mundos

O pai, Domenico Garibaldi (1766-1841), nasceu em Chiavari, Itália. E a mãe, Rosa Raimondi (1776-1852), em Loano, Itália. Giuseppe Garibaldi foi o segundo de seis filhos. Duas irmãs faleceram ainda crianças.


Jovem Itália: A Sociedade Secreta
Giuseppe Garibaldi preferia os exercícios físicos e a vida no mar do que os estudos. Passou dez anos em navios mercantes, tornando-se capitão. Então, em abril de 1833, ele conheceu a sociedade secreta Jovem Itália.

Giuseppe Mazzini fundou a Jovem Itália, buscando a unidade italiana. Em novembro de 1833, Garibaldi encontrou-se com Mazzini. Em fevereiro de 1834, participou da tomou parte da fracassada insurreição de Gênova.

'A Partida da Expedição dos Mil' - Museo Nazionale del Risorgimento Italiano, Turim
A Partida da Expedição dos Mil

A corte genovesa condenou Garibaldi à morte. Ele refugiou-se em Marselha. E, em 1835, fugiu para a Tunísia. Chegou, enfim, ao Rio de Janeiro. Aos 28 anos de idade, Giuseppe Garibaldi iniciou o primeiro exílio.


Revolução Farroupilha
O primeiro contato político, no Brasil, foi Giuseppe Stefano Grondona. Ele introduziu Garibaldi na maçonaria local. Assim, ele conheceu Luigi Rossetti e Bento Gonçalves, na época preso. E aderiu à Revolução Farroupilha.

'Encontro de Garibaldi e Vítor Emanuel II em Teano' - Sebastiano de Albertis (1870)
Encontro de Garibaldi e Vítor Emanuel II em Teano

Em 01/09/1838, Garibaldi tornou-se comandante da marinha farroupilha. E transformou o barco comercial Mazzini num corsário a serviço da República Rio-Grandense. Mas logo foi preso pela polícia marítima uruguaia.


A Batalha de Laguna
Garibaldi fogiu da prisão. E em Camaquã, na estância de Ana Gonçalves, ele construiu os barcos Farroupilha e Seival. Em 14/07/1839, os dois barcos partiram para Laguna. E o barco Farroupilha naufragou em Araranguá.

'Expedição à Laguna' - Lucílio de Albuquerque, 1916
Expedição à Laguna

Garibaldi foi um dos poucos sobreviventes. E preparou o ataque por água e terra à Laguna, com David Canabarro. As tropas imperiais revidaram com força total. Derrotados, os farrapos retiram-se de Laguna.


Outras Batalhas Farroupilhas
Após a derrota em Laguna, os farrapos tomaram Lages. As tropas imperiais, com o reforço da divisão de Cruz Alta, retomaram a cidade. Garibaldi ainda participou da conquista de São José do Norte, com Bento Gonçalves.

'Garibaldi e Anita Buscam Refúgio em San Marino'
Garibaldi e Anita Buscam Refúgio em San Marino

A conquista durou pouco. As tropas imperiais deslocaram-se de Rio Grande. E logo expulsaram os farrapos. E Garibaldi mudou-se para Montevidéu, com a esposa Anita e o filho Menotti, nascido em Mostardas.


Após a Revolução Farroupilha
Giuseppe Garibaldi viveu no Uruguai, de 1842 a 1848. Como comandante da Legião Italiana, defendeu Montevidéu dos ataques argentinos. Retornou à Itália em 1848. E lutou, contra os austríacos, pela unificação italiana.

Bandeira da Legião Italiana sob comando de Garibaldi no cerco de Montevidéu
A Bandeira da Legião Italiana

Após a derrota em Roma, Garibaldi precisou fugir. Franceses, espanhóis e napolitanos perseguiram-no. E o exército austríaco aguardava-o no norte da Itália. Anita faleceu durante os combates, em 04 de agosto de 1849.


Novo Exílio e Retorno à Itália
Giuseppe Garibaldi partiu para novo exílio, em Staten Island, Nova Iorque. Depois, viveu um tempo no Peru. Em 1854, retornou à Itália. E participou da unificação do norte do país, tomando a Lombárdia dos austríacos.

'Garibaldi e Anita, Ferida, Fogem de San Marino' - Anônimo (1849)
Garibaldi e Anita, Ferida, Fogem de San Marino

Giuseppe Garibaldi lutou, ainda, pela conquista do sul da Itália (1860). E pela libertação de Roma (1862) e de Veneza (1866). Em 1870, defendeu a França. E após a derrota, elegeu-se deputado pela França.


Homenagens pelo Mundo
Na Itália, mais de cinco mil cidades homenageiam Garibaldi com nomes de praças ou ruas. Há monumentos em Roma, Veneza, Lácio, Toscana, Turim, Nápoles. E em Vêneto, na Sicília e na Calábria.

Giuseppe Garibaldi, em 1866
Giuseppe Garibaldi, em 1866

Cidades onde Garibaldi viveu ou combateu também o homenageiam. É o caso de San Marino; Nice, na França; La Plata e Rosário, na Argentina; Nova Iorque, nos EUA; Budapeste, na Hungria e Taganrog, na Rússia.

No Brasil, as homenagens concentram-se no Rio Grande do Sul. No RS, há o município de Garibaldi; a Ponte Giuseppe Garibaldi, em Tramandaí. E os monumentos ao general em Porto Alegre e em São José do Norte.

Texto e imagens adaptados do Wikipedia.

0 comentários:

Postar um comentário

 
Free Host | new york lasik surgery | cpa website design