sexta-feira, 3 de junho de 2016

Centro Histórico de São Leopoldo

O centro de São Leopoldo reúne atrativos históricos e religiosos. Destaque para a Sociedade Orpheu, o clube social mais antigo do Brasil. Monumentos celebram a imigração alemã, nos dois lados do Rio dos Sinos.

Antigo Prédio da Unisinos, São Leopoldo
Antigo Prédio da Unisinos


O Rio dos Sinos
Através do Rio dos Sinos, os primeiros imigrantes alemães chegaram a atual cidade de São Leopoldo em 1824. Pelas águas deste rio, eles avançaram por outras terras. E colonizaram a região do Vale do Sinos.

Centro de Informações de São Leopoldo
Centro de Informações de São Leopoldo

Dada a importância do Rio dos Sinos, os primeiros núcleos urbanos surgiram às margens dele. O centro histórico de São Leopoldo foi um destes núcleos. E concentra alguns dos prédios mais antigos da cidade.

Monumento ao Centenário da Imigração Alemã, São Leopoldo
Monumento ao Centenário
da Imigração Alemã

Na verdade, a importância do centro persiste. Junto à rodovia BR-116 fica o Centro de Informações. E quem ingressa na cidade por ali passará em frente à rodoviária. Esta, construída de costas para o Rio dos Sinos.

Detalhe da Fachada da Igreja Matriz de São Leopoldo
Detalhe da Fachada da Igreja Matriz


Ponte Velha e Monumentos
Deixei o carro próximo à rodoviária. Conversei com moradores locais. Um levou-me aonde ficava o Martin Pescador. Para chegar lá, é preciso cruzar o Rio dos Sinos e seguir pela Rua da Praia, de terra.

Ponte 25 de Julho (Ponte Velha), São Leopoldo
Ponte 25 de Julho (Ponte Velha)

O barco foi levado para Porto Alegre. E irá a leilão para o pagamento de dívidas. A decisão é recente. E poucos moradores da cidade sabem. Ao menos, com a carona, poupei a caminhada pela estrada de terra.

Monumento do Sino, São Leopoldo
Monumento do Sino, São Leopoldo

No retorno, cruzei a Ponte Velha, em direção ao centro de São Leopoldo. Antes, à esquerda, fica o Monumento do Sino. Após a cruzar, também à esquerda, fica a Praça do Centenário com o Monumento do Centenário.

Maquete de Vagão no Museu do Trem, São Leopoldo
Maquete de Vagão no Museu do Trem


Praça do Centenário
A Praça do Centenário da Imigração Alemã é um ótimo ponto de referência. Quem vem do centro de São Leopoldo, terá, à frente, o Rio dos Sinos. À direita, a Câmara de Vereadores. E nas costas, os fundos da Igreja Matriz.

Praça do Monumento ao Centenário da Imigração Alemã, São Leopoldo
Praça do Centenário da Imigração Alemã

Junto à Câmara de Vereadores, fica o Museu Histórico Visconde de São Leopoldo. O museu foi o destino seguinte. Eram 11h30. A curadora fechava o local àquela hora. Combinei com ela de retornar ali no início da tarde.

Altar da Igreja Matriz de São Leopoldo
Altar da Igreja Matriz de São Leopoldo

Segui para a Igreja Matriz, também fechada. Porém, as grades permitiam enxergar o interior do templo. E se não entrei, ao menos fotografei. À esquerda da Igreja Matriz, fica a antiga sede da Unisinos.

Museu do Trem, São Leopoldo
Museu do Trem, São Leopoldo


Sociedade Orpheu e Museu do Trem
Ao deixar a Praça da Matriz, garoava. Segui para a Sociedade Orpheu, o clube mais antigo do país. Era hora de almoço. Subi a escadaria, no saguão. No segundo piso, há um piano e fotografias de bailes de carnaval.

Piano da Sociedade Orpheu, São Leopoldo
Piano da Sociedade Orpheu

Sem autorização para fotografar noutras áreas, deixei a Sociedade Orpheu. O destino foi a Igreja do Relógio. Isolada atrás de uma grade de ferro, não houve jeito, senão contentar-me com imagens do topo da torre.

Igreja do Relógio (Luterana), São Leopoldo
Igreja do Relógio

Dali, parti para o Museu do Trem, a última atração que visitei no centro. Ao chegar ali, a garoa virou chuva. Aproveitei e conferi itens da antiga estação, como um sino, lamparinas, um telefone de 1910 e antigas fotografias.

O relato segue com...
Visita à Casa do Imigrante

Sino da Antiga Estação Férrea no Museu do Trem, São Leopoldo
Sino da Antiga Estação Férrea

0 comentários:

Postar um comentário

 
Free Host | new york lasik surgery | cpa website design