quinta-feira, 19 de maio de 2016

As Profissões dos Imigrantes Alemães em Nova Petrópolis

Os alemães incorporavam a profissão ao nome. Isso diferenciava as pessoas de nomes comuns, como João ou José. O Parque Pedras do Silêncio mostra diversos sobrenomes que surgiram desta forma.

Böettcher ou Fassbinder (Tanoeiro) - Detalhe, Profissões dos Imigrantes Alemães no Parque Pedras do Silêncio, Nova Petrópolis
Böettcher ou Fassbinder (Tanoeiro)

Continuação de...
O Parque Pedras do Silêncio, em Nova Petrópolis, mostra dez sobrenomes alemães relacionados às profissões. Eram as profissões mais comuns entre os imigrantes da região. Alguns, porém, ficaram de fora.

Frühstück - A Cesta de Comida, Parque Pedras do Silêncio, Nova Petrópolis
Frühstück - A Cesta de Comida

Dentre os sobrenomes alemães não contemplados, os mais comuns são: Maller (pintor); Becker (padeiro); Müller (moleiro). As esculturas do Parque Pedras do Silêncio ilustram, enfim, os sobrenomes a seguir.

Pai Ensina Profissão ao Filho, Profissões dos Imigrantes Alemães no Parque Pedras do Silêncio, Nova Petrópolis
Pai ensina profissão ao filho


Bauer (Agricultor)
A agricultura era uma atividade muito valorizada na época da colonização. Afinal, o cultivo agrícola gerava boa parte da comida. Os destaques eram: abóboras, aipim, batatas, cereais, feijão, frutas.

Bauer (Agricultor), Profissões dos Imigrantes Alemães no Parque Pedras do Silêncio, Nova Petrópolis
Bauer (Agricultor)


Böettcher / Fassbinder (Tanoeiro)
Esta profissão, hoje, praticamente se extinguiu. O tanoeiro produzia baldes, barris e caixas de madeira. Como, naquela época, não havia sacos para transportar mercadorias, recepientes de madeira tinham tal propósito.

Böettcher ou Fassbinder (Tanoeiro), Profissões dos Imigrantes Alemães no Parque Pedras do Silêncio, Nova Petrópolis
Fassbinder (Tanoeiro)


Gerber (Curtidor)
O curtidor curtia a pele dos animais com produtos vegetais. Depois, usava-os para produzir artesanatos e calçados. Os curtumes foram uma das grandes contribuições dos imigrantes alemães para a economia gaúcha.

Gerber (Curtidor) (Detalhe), Profissões dos Imigrantes Alemães no Parque Pedras do Silêncio, Nova Petrópolis
Gerber (Curtidor)


Kaufmann (Comerciante)
O comerciante transportava a produção local para os centros maiores. Ele trazia os produtos não produzidos nas colônias. A palavra “Geschäftsmann” também designava esta importante profissão.

Kaufmann (Comerciante), Profissões dos Imigrantes Alemães no Parque Pedras do Silêncio, Nova Petrópolis
Kaufmann (Comerciante)


Schmied (Ferreiro)
O ferreiro produzia tudo o que era feito de ferro. Destaque a ferramentas, como enxadas, facões, foices, machados. E a ferragens usadas em casas e carroças. A profissão originou o sobrenome Schmidt e suas variações.

Schmied (Ferreiro), Profissões dos Imigrantes Alemães no Parque Pedras do Silêncio, Nova Petrópolis
Schmied (Ferreiro)


Schneider (Alfaiate)
O alfaiate costurava roupas sob medida e por encomenda.

Schneider (Alfaiate) (Detalhe), Profissões dos Imigrantes Alemães no Parque Pedras do Silêncio, Nova Petrópolis
Schneider (Alfaiate)


Schreiner (Marceneiro)
O marceneiro confeccionava, principalmente, os móveis.

Schreiner (Marceneiro), Profissões dos Imigrantes Alemães no Parque Pedras do Silêncio, Nova Petrópolis
Schreiner (Marceneiro)


Schuhmacher / Schuster (Sapateiro)
Fabricava botas, chinelos, sapatos, tamancos, selas de montaria. Fábricas de calçados foram a maior contribuição dos imigrantes alemães à economia da região. O Vale do Sinos tornou-se um polo calçadista.

Schuhmacher ou Schuster (Sapateiro) (Detalhe), Profissões dos Imigrantes Alemães no Parque Pedras do Silêncio, Nova Petrópolis
Schuhmacher ou Schuster (Sapateiro)


Töpfer (Oleiro)
O oleiro transforma a argila em panelas, potes, telhas, tijolos, vasos.

Töpfer (Oleiro) (Detalhe), Profissões dos Imigrantes Alemães no Parque Pedras do Silêncio, Nova Petrópolis
Töpfer (Oleiro)


Winzer (Vinhateiro)
O vinhateiro cultivava a uva. E produzia geleia, suco, vinagre, vinho e uvas passas. Junto com o vinhateiro, há a cesta de comida. Os trabalhadores costumavam levar o "frühstück" para comer durante o serviço.

Winzer (Vinhateiro), Profissões dos Imigrantes Alemães no Parque Pedras do Silêncio, Nova Petrópolis
Winzer (Vinhateiro)


Zimmermann (Carpinteiro)
O carpinteiro confeccionava arados, cangas, carretas, casas enxaimel. A escultura mostra o pai ensinando o ofício ao filho. Os pais passavam, desde cedo, os conhecimentos. Assim, mantinham o sobrenome da família.

O relato segue com...
Os Pioneiros na Colonização de Nova Petrópolis

Zimmermann (Carpinteiro), Profissões dos Imigrantes Alemães no Parque Pedras do Silêncio, Nova Petrópolis
Zimmermann (Carpinteiro)

11 comentários:

Leonardo Brocker disse...

+++ Agricultor (Bauer) +++

Também faziam parte da produção o milho e o pasto.
Eles serviam para o trato da criação de animais.

Escultor: Cristovão Hullen

Fonte: Guia de Esculturas (catálogo do parque)

Leonardo Brocker disse...

+++ Tanoeiro (Böetcher/Fassbinder) +++

Conhecia a técnica de construção de barris de madeira.
Estes serviam para o envelhecimento de vinho e cachaça.
E para armazenar cereais no transporte por carroças.

Escultor: Cristovão Hullen

Fonte: Guia de Esculturas (catálogo do parque)

Leonardo Brocker disse...

+++ Curtidor (Gerber) +++

Tinha o conhecimento de como tratar o couro.
Para que ele se conservasse por mais tempo.
E fosse macio para a confecção de calçados e artefatos.

Retirava a pele dos animais que abatiam para consumo.
Colocava-a sobre um cavalete de tronco de árvore.
E usava uma navalha para raspar a gordura.
E eventuais resíduos de carne na esfola.
Este era o processo de limpeza antes do curtimento.

A obra utilizou dois blocos de pedra.

Escultor: Cristovão Hullen

Fonte: Guia de Esculturas (catálogo do parque)

Leonardo Brocker disse...

+++ Comerciante (Kaufmann/Geschäftsmann) +++

Para ele os imigrantes levavam o que produziam.
E dele compravam o que necessitavam para o dia a dia.
O comerciante levava o excedente para os centros maiores.
E de lá trazia os produtos que a colônia não produzia.
Como açúcar, café, sal, tecidos.

Escultor: Cristovão Hullen

Fonte: Guia de Esculturas (catálogo do parque)

Leonardo Brocker disse...

+++ Ferreiro (Schmied) +++

Conhecia a técnica de trabalhar e moldar o metal.
Servia para a produção de ferramentas.
E das ferragens de carroças e casas.

Escultor: Cristovão Hullen

Fonte: Guia de Esculturas (catálogo do parque)

Leonardo Brocker disse...

+++ Alfaiate (Schneider) +++

Foi de grande importância no início da colonização.
Na época, não havia comércio de roupas prontas.
Assim, confeccionavam-se as roupas sob medida.
E por encomenda.
Hoje, esta profissão, praticamente, deixou de existir.

Escultor: Cristovão Hullen

Fonte: Guia de Esculturas (catálogo do parque)

Leonardo Brocker disse...

+++ Marceneiro (Schreiner) +++

O marceneiro construía móveis.
Para isso, usava a madeira beneficiada.
Ou seja, serrada em tábuas.
A partir delas, produzia armários, bancos, cadeiras, mesas.

Escultor: Cristovão Hullen

Fonte: Guia de Esculturas (catálogo do parque)

Leonardo Brocker disse...

+++ Sapateiro (Schumacher / Schuster) +++

O sapateiro produzia botas, sapatos e tamancos.
Também, produzia arreios e selas.
Afinal, a tração animal era de grande valia no século XIX.

“Schumacher” quer diz “homem que faz sapatos”.
“Schuster” designa a pessoa que “conserta sapatos”.

Escultor: Cristovão Hullen

Fonte: Guia de Esculturas (catálogo do parque)

Leonardo Brocker disse...

+++ Oleiro (Töpper) +++

A partir da argila, produzia tijolos e telhas.
Estes serviam para a construção de casas e galpões.
O oleiro também produzia panelas, potes e vasos.

Escultor: Rodrigo de Azevedo

Fonte: Guia de Esculturas (catálogo do parque)

Leonardo Brocker disse...

+++ Vinhateiro (Winzer) +++

Dedicava-se ao cultivo da uva.
A partir dela, produzia suco, vinho e vinagre.
Geleias e uvas passas.

Nesta escultura, aparece o lanche (“früschtick”).
O trabalhador levava-o para a roça ou lavoura.

Escultor: Cristovão Hullen

Fonte: Guia de Esculturas (catálogo do parque)

Leonardo Brocker disse...

+++ Carpinteiro (Zimmermann) +++

O carpinteiro produzia arados, cangas, carroças.
E as estruturas das casas enxaimel.

Na escultura, representa-se também o filho.
Desde cedo, ele trabalhava com o pai.
E este passava os conhecimentos que tinha sobre o ofício.

Escultor: Cristovão Hullen

Fonte: Guia de Esculturas (catálogo do parque)

Postar um comentário

 
Free Host | new york lasik surgery | cpa website design