terça-feira, 31 de maio de 2016

Casa do Imigrante, São Leopoldo

Em 14/10/1788, a Coroa Portuguesa transferiu a Feitoria do Linho-Cânhamo. De Canguçu, Pelotas, ela foi para o Faxinal do Courita, à margem esquerda do Rio dos Sinos. A área, hoje, pertence à cidade de São Leopoldo.

Antiga Casa dos Teares da Feitoria, na Casa do Imigrante, São Leopoldo
Antiga Casa dos Teares da Feitoria

Ali se construiu a Casa dos Teares, o principal prédio do estabelecimento agrícola. E abrigava as famílias de agricultores escravos. Em 31/03/1824, porém, Dom Pedro I ordenou a desocupação do local.

O prédio serviu de alojamento aos alemães. Os imigrantes chegaram a Porto Alegre, em 18/07/1824. E em 25/07/1894, chegaram a São Leopoldo. A data marcou a fundação da cidade. Na época, a “Colônia Alemã”.

Cristaleira na Casa do Imigrante, São Leopoldo
Cristaleira na Casa do Imigrante

Posteriormente, a Prefeitura Municipal adquiriu o prédio. Restaurou-o em estilo enxaimel. E doou-o, em 1941, ao Museu Histórico Visconde de São Leopoldo. O prédio, assim, ganhou o nome de Casa do Imigrante.

Em 1992, o prédio foi tombado pelo Patrimônio Histórico. Ele é uma referência da formação cultural de São Leopoldo. No interior, há móveis coloniais. No exterior, um conjunto de lápides de imigrantes alemães.

Localização: Avenida Feitoria, 3140, São Leopoldo.

Veja também...
Visita à Casa do Imigrante

0 comentários:

Postar um comentário

 
Free Host | new york lasik surgery | cpa website design