quinta-feira, 5 de maio de 2016

Arena Tour: Visita ao Estádio do Grêmio

O Grêmio inaugurou o novo estádio há pouco mais de três anos. A Arena é, hoje, um dos dois mais modernos estádios de futebol do país. E uma das maiores arenas multiuso da América do Sul.

Campo e Cadeiras da Arena do Grêmio
A Arena do Grêmio é, hoje, um dos mais
modernos estádios de futebol do país.

Continuação de...
Museu do Grêmio: Os Três Estádios


Painel de Erico Santos
A visita guiada pela Arena do Grêmio inicia no setor A. E a primeira parada é no painel “Estaremos Onde o Grêmio Estiver”. A pintura registra os três estádios do clube: Fortim da Baixada, Olímpico Monumental e Arena.

Painel de Erico Santos - Estaremos onde o Grêmio Estiver
Início do Arena Tour: Painel de Erico Santos
"Estaremos onde o Grêmio Estiver" (2012)

O nome do painel faz referência à frase: ”Com o Grêmio, onde estiver o Grêmio”. O lema surgiu em 1946 e foi adaptado, por Lupicínio Rodrigues, ao hino do clube. O Museu do Grêmio registra bem esta história.

Fortim da Baixada em Detalhe do Painel 'Estaremos onde o Grêmio Estiver'
Fortim da Baixada, no Bairro Moinhos de Vento

Lupicínio Rodrigues compôs o Hino do Cinquentenário, em 1953. E nele cita Eurico Lara, o grande herói do Grêmio até então. O goleiro defendeu o time por 15 anos, quando o estádio ficava no bairro Moinhos de Vento.

Estádio Olímpico Monumental em Detalhe do Painel 'Estaremos onde o Grêmio Estiver'
Estádio Olímpico Monumental, na Azenha

O guia comentou sobre a construção do anel superior do Estádio Olímpico, no final da década de 1970. A Campanha do Cimento angariou recursos dos torcedores do Grêmio para conseguir viabilizar a obra.

Arena do Grêmio em Detalhe do Painel 'Estaremos onde o Grêmio Estiver'
Arena do Grêmio, no Bairro Humaitá

Muitos torcedores acabaram auxiliando na construção, que durou de 1977 a 1980. A torcida demonstrou um esforço monumental na época. Por isso, o estádio passou a ser chamado de Olímpico Monumental.

Gramado e Cadeiras da Arena do Grêmio
A Arena do Grêmio é uma das maiores
arenas multiuso da América do Sul.



A Arena Vista de Vários Pontos
O painel é o ponto de partida da visita guiada. Dali, subimos para o quinto andar. E no caminho temos uma vista externa. Destaque para o viaduto Lupicínio Rodrigues e o Centro de Treinamentos do Grêmio.

Viaduto Lupicínio Rodrigues - Porto Alegre
Viaduto Lupicínio Rodrigues, Porto Alegre

Centro de Treinamentos do Grêmio - Porto Alegre
Centro de Treinamentos do Grêmio

Seguimos ao nosso destino: uma das cabines de imprensa da Arena. Lá do alto, a visão é panorâmica. Destaque para os dois placares eletrônicos. Eles têm 96m2. Maior que a área de muitas casas e apartamentos...

Cadeiras e Placar Eletrônico da Arena do Grêmio
Cadeiras e Placar Eletrônico

Placar Eletrônico da Arena do Grêmio
Placar Eletrônico com área maior que a
de muitas casas e apartamentos.

Nossa próxima parada foi a área de cadeiras em frente à tribuna de honra. No local, a diretoria e os conselheiros do Grêmio assistem às partidas. Nesta altura, ficam as câmeras geradoras de imagem para a televisão.

Área de Filmagem e Tribuna de Honra da Arena do Grêmio
Área de Filmagem e Tribuna de Honra



Sala de Imprensa
De acordo com o guia, a Sala de Imprensa do Grêmio é uma dos maiores dentre clubes de futebol no mundo. Com 300 cadeiras, a sala tem, em média, o dobro das de outros clubes brasileiros.

Auditório e Sala de Imprensa da Arena do Grêmio
Auditório e Sala de Imprensa da Arena

A Sala de Imprensa do Grêmio comporta reuniões de conselheiros, que são 300, ao todo. Uma curiosidade é o uso da sala para ministrar aulas. Nela, ocorrem aulas de um curso de gestão da Unisinos.

Vestiário da Arena do Grêmio - Sala do Gerente
Sala do Gerente no Vestiário da Arena


Vestiários da Arena
Visitamos um dos quatro vestiários da Arena do Grêmio. E conforme o guia, todos são iguais. Fiquei impressionado com a estrutura. Dias antes, conheci o vestiário de visitantes do Beira-Rio. O contraste é considerável.

Vestiário da Arena do Grêmio - Sala do Treinador
Sala do Treinador no Vestiário da Arena

Ao entrar, você verá, à direita, a sala do treinador. E um pouco à frente, a sala do dirigente. À esquerda, ficam as cabines onde os jogadores guardam os pertences. O acabamento é mais sofisticado que o do Beira-Rio.

Vestiário da Arena do Grêmio - Banheiro
Banheiro com doze boxes de chuveiro

Seguindo-se dali, à direita, chega-se ao banheiro. Há 12 boxes para banho. Porém, o que mais chama a atenção é as três banheiras e a piscina. Alguns atletas usam o espaço para reabilitação após o jogo.

Vestiário da Arena do Grêmio - Banheiras
Banheiras no Vestiário da Arena do Grêmio

Tal qual observei no Beira-Rio, o vestiário também abriga um espaço de fisioterapia e outro para toque de bola. O último é mais amplo na Arena. E ali, vimos um vídeo promocional sobre os 112 anos do Grêmio.

Vestiário da Arena do Grêmio - Piscina
Piscina para reabilitação após os jogos


Gramado da Arena
Deixamos o vestiário e passamos pela zona mista, em direção ao gramado. Neste ponto, o estado de conservação do Beira-Rio pareceu superior. Seja pelo gramado, seja pelo banco de reservas.

Após a visita à Arena, concluí a visita ao Museu do Grêmio. Passei pela loja do clube, onde comprei um livro. Enfim, deixei o estádio. E segui pelo bairro Humaitá, com uma rápida parada no Parque Mascarenhas de Moraes.

Zona Mista da Arena do Grêmio
Zona Mista da Arena do Grêmio

7 comentários:

Leonardo Brocker disse...

+++ Hino do Cinquentenário +++

Em 1953, Lupicínio Rodrigues compôs o Hino do Cinquentenário.
Acredita-se que a letra surgiu durante uma greve dos bondes.
Assim, os torcedores precisavam ir a pé aos jogos do Grêmio.
Isto motivou o trecho “Até a pé nós iremos”.

O compositor também adaptou uma frase que a torcida usava.
Trata-se de “Com o Grêmio, onde estiver o Grêmio”.
A frase apareceu pela primeira vez em 11 de agosto de 1946.
Na ocasião, o Grêmio perdeu para o Renner, fora de casa.

Leonardo Brocker disse...

+++ Pombal: O Primeiro Pavilhão Social +++

Assim que passou a usar o campo, o Grêmio cercou-o.
E construiu um coreto para as autoridades e os convidados.
Com o tempo, uma multidão passou a vir aos jogos.
O clube decidiu adquirir o terreno em definitivo.
A decisão ocorreu no início do Campeonato da Cidade de 1910.
Após isso, passou a investir em melhorias na estrutura.
Em 1912, ergueu o pavilhão de madeira.
Logo, ele ganhou o apelido de Pombal.
Este pavilhão simbolizava o crescimento do Grêmio.

Leonardo Brocker disse...

+++ Ampliação do Fortim da Baixada +++

Em 1918, foi necessário ampliar o prédio da Baixada.
Criou-se uma nova estrutura sobre o pavilhão original.
A estrutura de alvenaria substituiu a anterior, de madeira.
A administração do clube ficou sob as arquibancadas sociais.
Ali, ficavam, também, uma sala de reuniões o salão de festas.
Em meados dos anos 20, cobriram-se as arquibancadas.
No caso, as da Rua Dona Laura.
No lado oposto ao do pavilhão social.

Leonardo Brocker disse...

+++ Últimos Anos do Fortim da Baixada +++

No fim dos anos 30, ocorreu a profissionalização do futebol.
Na ocasião, o Fortim da Baixada tornou-se pequeno.
E a Prefeitura vetou a construção de um estádio maior no local.
No início da década seguinte, ocorreu a permuta de terrenos.
O Grêmio cedeu a área no bairro Moinhos de Vento.
E a Prefeitura ofereceu um amplo terreno na Azenha.

De 1939 e 1944, havia só estruturas temporárias ao redor do campo.
Em 1944, inaugurou-se um novo pavilhão, maior que o anterior.
Todo em madeira. Afinal, era uma solução provisória.
O Fortim da Baixada sediou os jogos do Grêmio até 1953.
O pavilhão de madeira resistiu durante todo esse período.

Leonardo Brocker disse...

+++ Primeira Ampliação do Estádio Olímpico +++

A primeira ampliação do projeto original ocorreu de 1958 a 1961.
Construiu-se uma nova seção do pavilhão superior coberto, no setor sul.
E ampliou-se o primeiro andar do setor norte.
No local, acomodaram-se mais setores administrativos.
Também se concluiu neste período:
+ o campo suplementar no lado norte;
+ o primeiro ajardinamento do pátio;
+ as paredes do ginásio de esportes.

Leonardo Brocker disse...

+++ Última Ampliação do Estádio Olímpico +++

A última ampliação do Estádio Olímpico iniciou em 1977.
Nela, iniciou a construção do módulo I, no setor Sul.
E em 1980, ocorreu o fechamento do anel superior.
Em 21/06/1980, ocorreu a reinauguração do Estádio Olímpico.
Na ocasião, o Olímpico tornou-se “Monumental”.
Hélio Dourado era o presidente do Grêmio.

Leonardo Brocker disse...

+++ O Deslocamento das Elites de Porto Alegre +++

No início da década de 1920, as elites deixam o Centro.
As residências deslocam-se gradualmente.
Deixam as áreas mais altas e sãs da Rua Duque de Caxias.
E seguem em direção à Avenida Independência.
E ao futuro bairro Moinhos de Vento.
Ali, surgiam a Hidráulica e a Praça Júlio de Castilhos.

Fonte: “Viva o Centro a Pé”, Secretaria Municipal de Cultura de Porto Alegre, 2014.

Postar um comentário

 
Free Host | new york lasik surgery | cpa website design