terça-feira, 5 de abril de 2016

Turismo Fotográfico pelo Jardim Botânico de Porto Alegre

O Jardim Botânico de Porto Alegre é um dos cinco maiores do país. Ao todo, são mais de 600 espécies de árvores dispostas em 39 hectares. A instituição tem como objetivos a ciência e a educação.

Árvore do Jardim Botânico de Porto Alegre
Árvore do Jardim Botânico de Porto Alegre

Continuação de...
Museu e Serpentário do Jardim Botânico


Parques e jardins são perfeitos aos amantes da fotografia. Nestes locais, os objetos estão à disposição. Muitos deles, imóveis. E a tarefa do fotógrafo, muitas vezes, resume-se a escolher o melhor ângulo.

Cactos - Jardim Botânico de Porto Alegre
Cactos no Jardim Botânico de Porto Alegre


Butiazeiros e Cisnes Negros
Após conhecer o museu e o serpentário da instituição, resolvi encarar o calor. Era uma quente tarde de verão em Porto Alegre. Em meio ao feriado de carnaval. A paisagem era mais convidativa que a temperatura...

Palmeiras Imperiais - Jardim Botânico de Porto Alegre
Corredor de Palmeiras Imperiais

Iniciei a caminhada fotografando butiazeiros em torno do museu. A ideia era seguir o roteiro sugerido no mapa. Assim, segui para o Lago da Ponte. Já cansado, sentei em um banco e tomei metade da garrafa d’água.

Butiazeiros - Jardim Botânico de Porto Alegre
Butiazeiros em torno do Museu

Passei uns bons minutos cuidando o casal de cisnes negros em meio ao lago. Com a quantidade de algas, parecia que eles deslizavam sobre a grama. O pequeno rastro após a passagem lembrava que eles estavam na água...

Cisnes Negros em Frente à Ponte - Jardim Botânico de Porto Alegre
Cisnes Negros em Frente à Ponte


Roteiro Original Abandonado
Com as energias parcialmente recarregadas, retomei a andança. Pretendia cruzar a ponte e explorar as árvores do Jardim Botânico. Após uma pequena volta, cheguei à ponte. E dali, eu fotografei mais alguns pássaros.

Algas no Lago da Ponte - Jardim Botânico de Porto Alegre
Algas no Lago da Ponte

Ao cruzar a ponte, desisti de seguir o roteiro sugerido. Havia placas com os nomes de diversos ecossistemas. As coisas pareciam confusas. Deixei de lado lista de itens e tornei a caminhada mais descontraída...

Cacho de Butiás - Jardim Botânico de Porto Alegre
Cacho de Butiás

Se por um lado a exploração tornou-se menos didática, por outro, tornou-se mais proveitosa. Menos amarrado ao roteiro, eu tive maior liberdade na minha odisseia. E assim, fotografei tudo o que achei interessante.

Canteiro de Babosas - Jardim Botânico de Porto Alegre
Canteiro de Babosas

Experimentei uma liberdade rara! Em geral, sou um tanto burocrático nas explorações. Listo os itens a conhecer e sigo em direção à meta. Caminho rápido, focado no objetivo. Ou seja, perco os detalhes.

Epífitas - Jardim Botânico de Porto Alegre
Epífitas em tronco de árvore


Epífitas, Cactos e Araucárias
Desta vez, procurei cuidar os detalhes. Reparei, por exemplo, nas epífitas. Ou seja, nas plantas que vivem sobre outras plantas. Fotografei curiosas raízes. E troncos cheios de espinhos em árvores de grande porte.

Árvore com Tronco de Espinhos - Jardim Botânico de Porto Alegre
Árvore com Tronco de Espinhos

Deixei a Floresta das Araucárias e ingressei na divisão dos pinheiros. Esta área do Jardim Botânico me fez lembrar o Parque das Sequoias, em Canela. Desta vez, eu reparei mais nas pinhas e nas cascas das árvores.

Banco em Meio aos Pinus - Jardim Botânico de Porto Alegre
Banco em Meio aos Pinus

Adiante, vi um cipreste italiano tombado ao solo. O acidente foi fruto de uma forte ventania registrada na semana anterior. Centenas de toneladas de árvores foram removidas pelo exército nos dias seguintes.

O relato segue com...
Cipreste Italiano - Jardim Botânico de Porto Alegre
Cipreste Italiano tombado ao solo

A tristeza pelos estragos naturais é aplacada pela beleza da natureza viva. E assim, não deixei de reparar nas flores e nas frutas. Nas palmeiras e raízes. Nos cactos e nos fungos. Nas babosas e nos butiás.

1 comentários:

Leonardo Brocker disse...

+++ Jardim Botânico de Porto Alegre +++

Um dos mais completos Jardins Botânicos localiza-se em Porto Alegre.
O acervo natural reúne mais de 100 espécies.
Junto ao Jardim Botânico funciona o Museu de Ciências Naturais.
Os dois formam uma área de preservação, pesquisa, educação, lazer e recreação.
As atividades de educação ambiental informam sobre fauna e flora.
O intuito éconscientizar a população sobre a conservação da biodiversidade.
Há ainda exposições permanentes, de curta duração e itinerantes.
As visitas guiadas ocorrem mediante agendamento.

Imperdível: o acervo de animais e plantas.
Algumas coleções são as mais expressivas do Brasil.

Adaptado de Prefeitura Municipal de Porto Alegre

Postar um comentário

 
Free Host | new york lasik surgery | cpa website design