terça-feira, 22 de março de 2016

Muçum, Rio Grande do Sul

Muçum, localizada à beira do Rio Taquari, é repleta de grutas e cascatas. Porém, a intervenção humana chama mais a atenção. A “Princesa das Pontes” é cortada por ferrovias, pontes e rodovias.

O principal destaque da cidade é a Ponte Brochado da Rocha.

Cidade de Muçum, no mapa do Rio Grande do Sul
Muçum, Rio Grande do Sul

O nome do município apareceu pela primeira vez, em 1862. O relatório do capitão Antônio Augusto Arruda, do Exército Brasileiro, listou as cachoeiras do Rio Taquari. A Cachoeira “Mussum” identificava a região.

A cidade emancipou-se de Guaporé, em 1959. E tem como atrativos a Igreja Matriz e a Casa de Pedra. Esta abriga a Casa de Cultura Pe. Luccino Viero e conserva objetos dos colonizadores italianos.

Mapa de Muçum adaptado do Wikipedia.

Distâncias
Caxias do Sul = 117 km
Lajeado = 56 km
Porto Alegre = 168 km
Santa Cruz do Sul = 113 km

2 comentários:

Leonardo Brocker disse...

+++ Igreja de Nossa Senhora da Purificação +++

Antônio Cremonese confeccionou os murais da igreja.
Os murais possuem temática escatológica.

Fonte: "A Morte e O Além", Altamir Moreira (2006)

Leonardo Brocker disse...

+++ A Origem do Rio Grande do Sul +++

O Memorial do Rio Grande do Sul fala sobre a origem do RS.
Ou seja: as Missões Jesuíticas.
Historiadores comentam sobre a Guerra Guaranítica.
E o massacre dos índios.
Um dado reafirma este episódio como marco fundador.
Porto Alegre surge da espera dos açorianos pelo fim da guerra.
Afinal, os imigrantes povoariam a região missioneira.
Após a expulsão dos índios.
Enfim: a Guerra Guaranítica gerou Porto Alegre.

Fonte: “Viva o Centro a Pé”, Secretaria Municipal de Cultura de Porto Alegre, 2014.

Postar um comentário

 
Free Host | new york lasik surgery | cpa website design