terça-feira, 9 de fevereiro de 2016

São João do Polêsine, Rio Grande do Sul

O município fica na região central do Estado, a 40 km de Santa Maria. E a colonização italiana torna-se evidente através da fé religiosa. A religiosidade é comprovada pelas igrejas e pelos numerosos capitéis.

Cidade de São João do Polêsine no Rio Grande do Sul
São João do Polêsine, Rio Grande do Sul


Localizada no centro da cidade, a Igreja Matriz São João Batista homenageia o padroeiro do município. A Igreja Matriz chama a atenção pelos belos vitrais laterais e pela bela pintura do teto.

Anjo da Guarda - Igreja São João, São João do Polêsine (RS)
Anjo da Guarda

São João do Polêsine tem como principal atrativo, porém, o Vale Vêneto. Lá ficam a Igreja Corpus Christi e o Morro Calvário. Na estrada até o distrito, há a Gruta Nossa Senhora de Lourdes.

Anjo tocando bandolim - Igreja São João, São João do Polêsine (RS)
Anjo tocando bandolim

Em maio ocorre a Festa Regional do Arroz, principal produto da cidade.

Nossa Senhora de Fátima - Igreja São João, São João do Polêsine (RS)
Nossa Senhora de Fátima

Mapa de São João do Polêsine adaptado do Wikipedia.

Vitral da Igreja São João, São João do Polêsine (RS)
Vitrais da Igreja Matriz São João Batista


Distâncias
Porto Alegre = 275 km

São Miguel - Igreja São João, São João do Polêsine (RS)
Arcanjo São Miguel

João Luiz Pozzobon 
Pozzobon nasceu em São João do Polêsine, em 1904. Em 1950, partiu com a imagem da Mãe Rainha e Três Vezes Admirável de Schoenstatt. E iniciou a campanha da Mãe Peregrina, difundida no Brasil e em outros 90 países.

Santa Ana - Igreja São João, São João do Polêsine (RS)
Santa Ana


João Luiz Pozzobon peregrinou por 35 anos. Faleceu em 1985. E hoje está em processo de canonização. Em 1998, foi inaugurado, em São João do Polêsine, o memorial sobre as peregrinações do diácono.

São Pedro - Igreja São João, São João do Polêsine (RS)
São Pedro

3 comentários:

Leonardo Brocker disse...

+++ O Padre Joseph Kentenich +++

Nasceu em 16/11/1885, em Gymnich, na Alemanha.
Aos oito anos, a mãe consagrou-o a Nossa Senhora.
E esta consagração marcou-o por toda a vida.

Quando jovem sacerdote, Joseph adoeceu gravemente.
Mas não desanimou durante a doença.
Distinguiu-se pelo grande zelo apostólico.

Em 18/10/1914, selou a Aliança de Amor com Maria.
No Santuário de Schoenstatt.
E este se transformou em um lugar de graças.

O Padre Kentenich não se cansou de anunciar a Mãe de Deus.
Como Auxiliar Permanente de Jesus na obra da Redenção.
Obra que ajuda a reconduzir os filhos ao coração de Deus.

Durante a Segunda Guerra Mundial, o Padre Kentenich foi preso.
Enviaram-no ao campo de concentração de Dachau.
Lá, passou quatro anos, sem perder a confiança em Maria.

Faleceu, em 15/09/1968, aos 83 anos, em Schoenstatt.
Os restos mortais estão na Igreja da Santíssima Trindade
Sobre o túmulo, lê-se “Dilexit Ecclesiam” (Ele amou a Igreja).

Leonardo Brocker disse...

+++ Igreja de São João Batista +++

Angelo Lazzarini confeccionou os murais da Capela, em 1957.

Fonte: "A Morte e O Além", Altamir Moreira (2006)

Leonardo Brocker disse...

+++ A Origem do Rio Grande do Sul +++

O Memorial do Rio Grande do Sul fala sobre a origem do RS.
Ou seja: as Missões Jesuíticas.
Historiadores comentam sobre a Guerra Guaranítica.
E o massacre dos índios.
Um dado reafirma este episódio como marco fundador.
Porto Alegre surge da espera dos açorianos pelo fim da guerra.
Afinal, os imigrantes povoariam a região missioneira.
Após a expulsão dos índios.
Enfim: a Guerra Guaranítica gerou Porto Alegre.

Fonte: “Viva o Centro a Pé”, Secretaria Municipal de Cultura de Porto Alegre, 2014.

Postar um comentário

 
Free Host | new york lasik surgery | cpa website design