segunda-feira, 15 de fevereiro de 2016

Faxinal do Soturno, Rio Grande do Sul

A cidade fica na região central do RS. A 45 km de Santa Maria. O ecoturismo é o destaque. O Cerro Comprido oferece a vista panorâmica da região. E possui pistas de mountain bike e rampas para voo livre.

Cidade de Faxinal do Soturno no mapa do Rio Grande do Sul
Faxinal do Soturno, Rio Grande do Sul

Faxinal do Soturno também se sobressai pelo turismo religioso. Na cidade, ficam a Ermida de São Pio e o Santuário da Mãe Peregrina. Vale conferir a Igreja Matriz São Roque, considerada uma das mais belas da região.

O município desenvolveu-se no Vale do Rio Soturno. O curioso nome faz referência à vegetação característica da região. “Faxinal” seria a vegetação rasteira. “Soturno” relaciona-se ao mato cerrado e escuro.

Mapa de Faxinal do Soturno adaptado do Wikipedia.

Distâncias
Porto Alegre = 265 km

Atrativos Turísticos

4 comentários:

Leonardo Brocker disse...

+++ Capela Santo Isidoro +++

Angelo Lazzarini confeccionou os murais da capela, em 1938.

Fonte: "A Morte e O Além", Altamir Moreira (2006)

Leonardo Brocker disse...

+++ Igreja Matriz de São Roque +++

Angelo Lazzarini confeccionou os murais da igreja, em 1956.

Temática dos murais:
+ A Glória dos Santos;
+ A Morte de Cristo;
+ A Morte do Homem Comum;
+ A Ressurreição de Cristo;
+ Temática Escatológica.

Fonte: "A Morte e O Além", Altamir Moreira (2006)

Leonardo Brocker disse...

+++ Igreja de São Marcos +++

Angelo Lazzarini confeccionou os murais da igreja, em 1961.

Fonte: "A Morte e O Além", Altamir Moreira (2006)

Leonardo Brocker disse...

+++ A Origem do Rio Grande do Sul +++

O Memorial do Rio Grande do Sul fala sobre a origem do RS.
Ou seja: as Missões Jesuíticas.
Historiadores comentam sobre a Guerra Guaranítica.
E o massacre dos índios.
Um dado reafirma este episódio como marco fundador.
Porto Alegre surge da espera dos açorianos pelo fim da guerra.
Afinal, os imigrantes povoariam a região missioneira.
Após a expulsão dos índios.
Enfim: a Guerra Guaranítica gerou Porto Alegre.

Fonte: “Viva o Centro a Pé”, Secretaria Municipal de Cultura de Porto Alegre, 2014.

Postar um comentário

 
Free Host | new york lasik surgery | cpa website design