sexta-feira, 16 de outubro de 2015

Sete Povos das Missões: Reduções

Das trinta reduções jesuítas localizadas em território espanhol, sete ficam, hoje, no RS. Os Sete Povos das Missões distribuem-se em seis municípios gaúchos, localizados na região noroeste do esta. 

São Francisco de Borja
Era uma extensão da redução de Santo Tomé, na Argentina. Foi a primeira redução a se desenvolver no atual território do RS. E também a primeira a ser fundada no segunda fase das Missões.

Lápide de Jesuíta na Igreja Matriz de São Borja
Lápide de Jesuíta na Igreja Matriz de São Borja

O jesuíta Giuseppe Brazanelli passou nove anos em São Francisco de Borja, produzindo diversas obras de arte.

Fundação: 1682
Fundador: Padre Francisco Garcia
População: em 1707, tinha 2.814 habitantes.
Localização: atual município de São Borja.
Destaques: Museu Apparício Silva Rillo.

São João Menino, Museu Missioneiro de São Borja
São João Menino, Museu de São Borja


São Nicolau
Considerada a Primeira Querência Gaúcha, a redução foi fundada em 1626. Acabou desocupada, após ataques de bandeirantes. Os moradores partiram e fundaram a missão de Apóstolos. Em 1687, os missioneiros retornaram e reconstruíram a redução de São Nicolau.

Sobrado Silva, em São Nicolau.
Sobrado Silva, São Nicolau.

Fundação: 1626 e, depois, em 1687
Fundador: Padre Roque Gonzalez de Santa Cruz (1626) e Padre Anselmo de la Matta (1687).
População: em 1732, tinha 7.751 habitantes.
Localização: atual município de São Nicolau.
Destaques: Sítio Arqueológico, com pisos de cerâmica e adega subterrânea. Museu Municipal.

Ruínas do Cabildo, São Nicolau
Ruínas do Cabildo, São Nicolau


São Luiz Gonzaga
Foi formada por 2.992 guaranis procedentes da redução de Concepción de la Sierra. Nesta redução, nasceu o líder indígena Sepé Tiaraju.

Maquete da redução de São Luiz Gonzaga no Museu Antropológico do município.
Maquete da redução de São Luiz Gonzaga
no Museu Antropológico do município.

Fundação: 1687
Fundador: Padre Alfonso del Castillo. O Padre Miguel Fernández foi o seu primeiro curador.
População: em 1707, tinha 1.997 habitantes.
Localização: atual município de São Luiz Gonzaga.
Destaques: Construções em volta da praça principal e Museu Arqueológico.


San Miguel Arcanjo
Fundada em 1632, a redução foi abandonada, após ataques de bandeirantes. Seus moradores deslocaram-se para Concepción, no Paraguai. Só em 1687, a redução foi reconstruída. Dez anos mais tarde, uma parte da população deslocou-se para constituir a redução de São João Batista.

Ruínas de São Miguel das Missões. Fachada da Igreja de São Miguel Arcanjo.
Ruínas de São Miguel das Missões.

Fundação: 1632 e 1687
Fundador: Padre Cristóvão de Mendonça (1632) e Cristoval de Mendoza (1687).
População: em 1707, tinha 3.110 habitantes.
Localização: atual município de São Miguel das Missões.
Destaques: Redução. Espetáculo de Som e Luz. Cruz. Fonte Missioneira.

Fonte Missioneira, em São Miguel das Missões - água verte da boca de anjos.
Fonte Missioneira, em São Miguel das Missões


São Lourenço Mártir
Foi fundada por egressos de Santa Maria Maior, na Argentina. A igreja teria cinco altares, com ornamentos dourados de grande refinamento artístico. O templo também teria uma pia batismal de arenito e um cruzeiro de pedra.

Ruínas da redução jesuíta de São Lourenço Mártir.
Ruínas de São Lourenço Mártir.

Fundação: 1690
Fundador: Bernardo de La Vega
População: em 1731, tinha 6.400 habitantes.
Localização: pertence ao município de São Luiz Gonzaga.
Destaques: Sítio Arqueológico, com os remanescentes da Igreja, do colégio e do cemitério. Pode ser visitado, diariamente, das 8h às 12h. E das 13h30 às 18h. Possui entrada franca.


São João Batista
Formada por egressos de São Miguel Arcanjo. A redução destacou-se pelo alto nível de atividade cultural. Sepp criou o relógio instalado no campanário da igreja. Ao apontar as horas, ele mostrava os 12 Apóstolos.

Monumento ao Padre Antônio Sepp na redução de São João Batista, no Rio Grande do Sul.
Monumento ao Padre Antônio Sepp.

A redução abrigou a primeira fundição de ferro e aço da América do Sul. Isso contribuiu para o desenvolvimento da tecnologia. Um monumento ao padre Antônio Sepp faz referência aos pioneiros da siderurgia no país.

Na redução São João Batista, de grande tradição musical, foi criada a harpa paraguaia. Em 1983, a Unesco declarou Patrimônio Cultural da Humanidade a Redução de São João Batista.

Fundação: 1697
Fundador: Padre Antonio Sepp Von Rechegg
População: em 1708, tinha 3.400 habitantes. E, por volta de 1730, tinha mais de 4.500 habitantes.
Localização: atual município de Entre-Ijuís.
Destaques: Sítio Arqueológico, com ruínas da Igreja, do cemitério e do colégio. A visitação pode ser feita, diariamente, das 9h às 17h.


Santo Ângelo Custódio
Santo Ângelo Custódio foi criada por moradores da redução de Concepción. E foi a última, dentre as 30 reduções, a ser fundada. Diferentemente de demais, sua igreja tinha a fachada voltada para o sul.

Fachada e torre esquerda da Catedral Angelopolitana, em Santo Ângelo.
Catedral Angelopolitana, Santo Ângelo

Fundação: 1707
Fundador: Diego García (Diogo de Hasse).
População: em 1707, tinha 2.879 habitantes. E chegou a quase 8.000 habitantes, em seu apogeu.
Localização: atual município de Santo Ângelo.
Destaques: Museu Municipal. Catedral Angelopolitana.

3 comentários:

Leonardo Brocker disse...

Os sobreviventes da Guerra Guaranítica dispersaram-se.
Alguns, cruzaram o Rio Uruguai, para a atual Argentina.
Outros foram levados pelos portugueses.
E formaram as seguintes aldeias:
# São Nicolau do Rio Pardo (hoje, Rio Pardo);
# Nossa Senhora da Cachoeira (hoje, Cachoeira do Sul);
# Nossa Senhora dos Anjos (hoje, Gravataí).

Em 1768, os jesuítas foram expulsos definitivamente.
A partir de então, as reduções foram saqueadas.
E o abandono dos Sete Povos das Missões foi quase total.
Os primeiros imigrantes europeus chegaram em 1824.
E retiraram material das reduções para novas construções.
Isso acelerou a devastação das antigas missões jesuítas.

(Adaptado de Texto do Museu Gama d'Eça - Santa Maria)

Leonardo Brocker disse...

+++ Bandeirantes +++

Em 1636, chegaram os bandeirantes paulistas.
Raposo Tavares liderou a destruição de várias aldeias.
Isso determinou a fuga dos jesuítas.
Eles deslocaram-se para a margem direita do Rio Uruguai.
Em 1680, surgiu a Colônia de Sacramento, no Uruguai.
Ela ficava à margem esquerda do rio.

Leonardo Brocker disse...

+++ A Origem do Rio Grande do Sul +++

O Memorial do Rio Grande do Sul fala sobre a origem do RS.
Ou seja: as Missões Jesuíticas.
Historiadores comentam sobre a Guerra Guaranítica.
E o massacre dos índios.
Um dado reafirma este episódio como marco fundador.
Porto Alegre surge da espera dos açorianos pelo fim da guerra.
Afinal, os imigrantes povoariam a região missioneira.
Após a expulsão dos índios.
Enfim: a Guerra Guaranítica gerou Porto Alegre.

Fonte: “Viva o Centro a Pé”, Secretaria Municipal de Cultura de Porto Alegre, 2014.

Postar um comentário

 
Free Host | new york lasik surgery | cpa website design