sábado, 29 de agosto de 2015

Praça Garibaldi, Antônio Prado

Localizada no centro de Antônio Prado, esta praça homenageia Giuseppe Garibaldi, herói da Revolução Farroupilha e da Unificação da Itália. Ao redor da praça, ficam prédios históricos, como a Igreja Matriz e a Prefeitura.

Casa da Neni, na Praça Garibaldi, Antônio Prado
Casa da Neni, na Praça GaribaldiAntônio Prado


Veja também...
Casario Histórico de Antônio Prado


Casa Amadeu Bravatti
Amadeu Bravatti iniciou a construção do prédio no final do século XIX. Mas veio a falecer antes da conclusão. A esposa vendeu a Domingos Grazziotin, que concluiu a construção. A casa sempre possuiu fins comerciais.

Casa Amadeu Bravatti, Antônio Prado
Casa Amadeu BravattiAntônio Prado

Localização: Avenida dos Imigrantes, 235.


Casa Inocêncio de Mattos Miller
Inocêncio de Mattos era coronel da Guarda Nacional. No ano em que Antônio Prado se emancipou, Inocêncio candidatou-se e assumiu o governo do município. Entre 1899 e 1927, foi construída sua casa de alvenaria.

Casa Inocêncio de Mattos Miller,  Antônio Prado
Casa Inocêncio de Mattos Miller
Antônio Prado

Localização: Rua Francisco Marcantônio, 5 e 13.


Casa Stéfano Letti
Stéfano Letti e José, seu irmão, construíram esta casa de alvenaria para abrigar uma loja comercial. Com a morte de José, Stéfano deu seguimento ao projeto sozinho. E tornou-se um homem de grande importância para a história do município de Antônio Prado.

Casa Stéfano Letti, Antônio Prado
Casa Stéfano Letti, Antônio Prado

Localização: Rua Francisco Marcantônio, 25.


Casa Vitório Faccioli
Vitório Faccioli construiu uma ampla casa de alvenaria, entre 1896 e 1900. A intenção era usá-la para o comércio, no térreo, e como moradia, no segundo piso. Mas a família nunca ocupou a casa.

Casa Vitório Faccioli, Antônio Prado
Casa Vitório Faccioli, Antônio Prado

Com a emancipação política, este prédio foi alugado para a Intendência Municipal. O porão acabou servindo de cadeia na época do conflito armado.

Localização: Rua Francisco Marcantônio, 57.


Casa Camilo Marcantônio
Camilo é considerado um dos fundadores de Antônio Prado. Foi incumbido de abrir a primeira estrada de que daria acesso à sede da nova colônia. Adquiriu um terreno e construiu, entre 1900 e 1905, a casa. Esta serviu de residência e ponto comercial.

Camilo Marcantônio, Antônio Prado
Camilo Marcantônio, Antônio Prado

Localização: Rua Francisco Marcantônio, 77, 91, 97.


Casa da Neni
Antônio Bocchese construiu a casa de madeira, com dois pisos, em 1910. A casa foi herdada pela filha de Antônio, Joana Magdalena Bocchese, a Neni. Durante anos, a casa foi mantida como ponto comercial.

Em 1985, quatro anos após a morte de Neni, a casa foi tombada e inscrita no Livro Tombo das Belas Artes. Em 1995, a Casa da Neni serviu como cenário para o filme “O Quatrilho”, junto com outras casas da rua.

Localização: Rua Luiza Bocchese, 34.

Casa Pelegrino Grazziotin, Antônio Prado
Casa Pelegrino Grazziotin, Antônio Prado


Casa Pelegrino Grazziotin
Pelegrino construiu este sobrado, em 1920, para abrigar sua família e seu comércio de Secos e Molhados.

Localização: Rua Luiza Bocchese, 38.

Casa Grazziotin Marcantônio, Antônio Prado
Casa Grazziotin Marcantônio, Antônio Prado


Casa Grazziotin Marcantônio
Rina Marcantônio casou-se com Jaques Valentino Grazziotin. Com sua morte, Rina recebeu um terreno de herança. Em 1940, o pai, Francisco Marcantônio construiu uma casa para alugar. E gerar renda para a filha e a neta.

Localização: Rua Luiza Bocchese, 54.

Casa Antônio Mengatto, Antônio Prado
Casa Antônio Mengatto, Antônio Prado


Casa Antônio Mengatto
Em 1896, Antônio Mengatto comprou um terreno do governo. Nele ergueu a casa de alvenaria. Em 1906, ela foi comprada por Pelegrino Grazziotin que a alugou. O prédio abrigou um hotel, grupos escolares, entre outros.

Localização: Rua Luiza Bocchese, 68.

Casa Luciano Zanella, Antônio Prado
Casa Luciano Zanella, Antônio Prado


Casa Luciano Zanella
Luciano Zanella, em 1918, comprou um terreno. Ali, entre 1919 e 1920, construiu uma casa de madeira. Em 1925, a família Letti, então proprietária, instalou um café no térreo. A grande curiosidade era um rádio, que tocava músicas e atraia a atenção das pessoas.

Localização: Rua Luiza Bocchese, 80.

Texto adaptado do livro "Patrimônio Histórico - Antônio Prado".

0 comentários:

Postar um comentário

 
Free Host | new york lasik surgery | cpa website design