domingo, 2 de agosto de 2015

Episódio dos Mucker, Sapiranga

O Episódio dos Mucker foi um dos mais sangrentos conflitos relacionados à colonização alemã, no RS. E essa história pode ser relembrada no roteiro “Caminhos de Jacobina” e no filme “A Paixão de Jacobina”.

Jacobina Mentz Maurer
Jacobina Mentz Maurer

Jacobina e João Maurer
Jacobina Mentz e João Jorge Maurer conheceram-se em Hamburgo Velho, na metade do século XIX. Casaram-se e mudaram-se para Leoner-Hof (hoje, Sapiranga). Por ser epilética, pensavam que ela “entrava em transe”.

Jacobina auxiliava o marido, curandeiro. E misturava o curandeirismo com religião. Logo, ficou famosa. Os acontecimentos, supostamente milagrosos, atribuídos a ela, motivaram a preocupação de seus adversários.


Jacobina e Os Mucker
No Morro Ferrabraz, formou-se uma comunidade de fanáticos religiosos. Os Mucker eram liderados por Jacobina Mentz Maurer. E acreditavam que fosse a reencarnação de Cristo, que diagnosticava doenças e fazia profecias.

As forças imperiais mobilizaram a imprensa contra Jacobina. Iniciou-se uma guerra. Casas comerciais foram incendiadas. Crianças e adultos acabaram mortos. No dia 02/08/1874, ocorreu o combate final, no Morro Ferrabraz.

2 comentários:

Leonardo Brocker disse...

Períodos Cronológicos da História dos Mucker

"Mucker" significa santarrão ou beato, em alemão.
No plural, pode significar resmungadores, encrenqueiros.

Janaína Amado, em tese de mestrado, dividiu o processo em sete fases.

1a Fase: 1968
João Jorge Maurer é o curandeiro.

2a Fase: 1869 - 1871
Jacobina surge como o móvel do episódio.

3a Fase: 1871 - 1872
A seita admite novas ideias, como o milenarismo.
De acordo com ela, o fim do mundo estaria próximo.

4a Fase: 1872 (fim) - 1873 (maio)
Os Mucker são pressionados e perseguidos.
A seita cria leis próprias e radicais.
Isso leva à violência na luta contra os repressores.
Jacobina assume o papel de Messias, líder único da seita.

5a Fase: 1873 (maio - dezembro)
Os Mucker passam a se armar.
A violência seria um meio aceitável à luta religiosa.

6a Fase: 1873 (dezembro) - 1874 (junho)
Queda de João Maurer e ascensão de Rodolfo Sehn.
Rompem-se os últimos laços com o mundo exterior.

7a Fase: 1874 (junho - agosto)
Assumem-se posições bélicas de defesa e ataque.
Culmina com o confronto de 02 de agosto de 1874.

Leonardo Brocker disse...

O Triângulo

A base do Movimento Mucker era formado por três pessoas.
Jacobina Mentz Maurer tornou-se a líder da seita.
João Jorge Maurer era marido de Jacobina.
E João Jorge Klein, cunhado.

João Jorge Maurer tem importância vital.
O trabalho de curandeiro atraiu os primeiros seguidores da seita.
Maurer era conhecido como o "Doutor Maravilhoso".
Neste momento, porém, a seita era despretensiosa.
E só despertava olhares atravessados dos católicos.

Jacobina auxiliava Maurer nas curas.
E, por vezes, apresentava misteriosos transes.
Isso pode ter estimulado a evolução da seita.
Não tanto por influência de João Jorge Maurer.
E sim de João Jorge Klein.

Klein é considerado o mentor intelectual da seita.
Pastor frustrado, foi proibido de pregar em Sapiranga.
Afinal, era mestre escola e não um teólogo habilitado.
Chegou a trabalhar como pastor, na Picada 48, até 1865.
Era considerado bom pregador. Mas não era amado.
Os escritos intrigavam os membros da comunidade.
E continham insinuações de ordem pessoal.
Cheias de ódio e veneno.

Klein acabou voltando-se para a agricultura.
A atividade, provavelmente, não correspondia às suas aspirações.
Seja como for, possuía uma cultura acima da média.
E chegou a colaborar com dois jornais.

Klein não combateu e não foi morto com os demais Mucker.
Passou diversos anos preso.
Faleceu em Canoas, em 06/10/1915, aos 95 anos.


Fonte: "Jacobina Maurer", Elma Sant'Ana.

Postar um comentário

 
Free Host | new york lasik surgery | cpa website design