sábado, 28 de março de 2015

As Barragens de São Francisco de Paula. E a Ponte de Ferro do Passo do Inferno

Na tarde do dia 22/10/14, conheci algumas barragens de São Francisco de Paula. A primeira foi a do Salto. Segui para a Barragem dos Blang. E mais tarde, parti para o Passo do Inferno, próximo à divisa com Canela.

Barragem do Salto, São Francisco de Paula
Barragem do Salto, São Francisco de Paula.


Barragem do Salto
Deixei Canela no intuito de conhecer três barragens. A do Salto, a dos Blang e a do Divisa. Comecei pela Barragem do Salto, a maior da Região das Hortênsias. E para quem sai de Canela, esta é a primeira das três.


O acesso à Barragem do Salto fica pouco após o pedágio. Há placas na estrada que indicam o acesso. O trecho por estrada de terra até a Barragem do Salto é pequeno e está em boas condições.


A Barragem do Salto é a que possui maior extensão. Em frente à barragem, sobre o rio, há uma pista de concreto, parcialmente coberta pelas águas. Por ela passam os carros e caminhões. Filmei alguns deles passando.



Barragem dos Blang
Deixei a Barragem do Salto e segui para a Barragem dos Blang. Acabei entrando em São Francisco de Paula e pedi informações. Cruzei a Avenida Júlio de Castilhos, para pegar a estrada de terra até a barragem.

Barragem dos Blang, São Francisco de Paula
Barragem dos Blang, São Francisco de Paula.

Esta estrada de terra está em piores condições. E a distância é maior. São 14,5 km. Ou 16 km se contarmos do centro de São Francisco de Paula. O legal é um mirante sobre a barragem que permite uma visão panorâmica.


Em frente à Barragem dos Blang, há também uma pista de concreto. Cruzando essa pista, você seguirá em direção à Barragem do Divisa. Como o nível da água estava alto, acabei abortando a missão...

Mirante sobre a Barragem dos Blang, São Francisco de Paula
Mirante sobre a Barragem dos Blang.


Passo do Inferno e Parque da Cachoeira
Retornei em direção a São Chico. E segui para o Passo do Inferno, próximo à divisa com Canela. O acesso para essa barragem é o mesmo que leva à ponte de ferro, ao Parque da Cachoeira e à Barragem da Toca.

A Ponte de Ferro do Passo do Inferno, São Francisco de Paula
A Ponte de Ferro do Passo do Inferno.

Como o acesso para a Barragem do Passo do Inferno estava fechado, segui para a ponte de ferro. Aproveitei para passar no Parque da Cachoeira para me informar. E conversei algum tempo com o Paulo, dono do parque.

A Ponte de Ferro do Passo do Inferno, São Francisco de Paula: dá acesso ao Parque da Cachoeira
Ponte dá acesso ao Parque da Cachoeira.

Ele comentou que o acesso às barragens foi proibido após alguns acidentes. E disse que as quedas d’água junto à Barragem da Toca são umas das mais belas de toda a região. O local era para ser um ponto turístico.

Queda d'água no Parque da Cachoeira, São Francisco de Paula
Queda d'água no Parque da Cachoeira.

Conversando com o Paulo, descobri que havia feito uma trilha que leva à barragem. Dois anos antes, estive no Parque da Cachoeira e fiz a Trilha da Toca. Só não fazia ideia que acima da cachoeira havia uma barragem...

Ponte no Passo do Inferno, São Francisco de Paula
Ponte no Passo do Inferno

0 comentários:

Postar um comentário

 
Free Host | new york lasik surgery | cpa website design