sábado, 23 de agosto de 2014

História de Joinville, a Cidade dos Príncipes

As terras onde fica a cidade de Joinville foram concedidas como dote de casamento ao Príncipe François Ferdinand Phillipe. O filho do rei da França casou, em 1843, com a Princesa Francisca Carolina, irmã de Dom Pedro II. Por isso, Joinville é ainda conhecida como a “Cidade dos Príncipes”.

Rua das Palmeiras, em Joinville
Rua das Palmeiras, em Joinville

Embora o casal tenha pensado em morar na região, logo abandonou a ideia e partiu para Paris. Em 1848, explodiu a revolução na França. E a monarquia fugiu para a Inglaterra. O casal acabou vendendo o patrimônio em terras distantes para manter o alto padrão de vida a que estavam acostumados.

As terras onde fica Joinville foram vendidas à Sociedade Colonizadora de Hamburgo. Em 1851, chegaram os primeiros alemães, austríacos, franceses, suíços e noruegueses. Em 1852, eles fundaram a Colônia Dona Francisca, mais tarde chamada Colônia Joinville, às margens do Rio Cachoeira.

A emancipação de Joinville ocorreu em 1866. A cidade desmembrou-se de São Francisco do Sul. Mas preserva a herança do período colonial. No centro, o Museu Nacional da Imigração e da Colonização e a Rua das Palmeiras, em frente ao museu, mantêm essa herança viva.

0 comentários:

Postar um comentário

 
Free Host | new york lasik surgery | cpa website design