quinta-feira, 15 de maio de 2014

Tanques de Guerra no Museu do Comando Militar do Sul

No dia 21/05/2009, fui ao centro de Porto Alegre. A ideia era fazer um passeio de barco. O passeio não rolou. Mas tirei algumas fotos a partir da Usina do Gasômetro. E conheci o Museu do Comando Militar do Sul.

Carro de Reconhecimento M8, no Museu do Comando Militar do Sul, em Porto Alegre
Carro de Reconhecimento M8


Passeio de Barco Frustrado...

Era quarta-feira e eu estava de folga. Resolvi tentar a sorte e dei azar... Quer dizer: nem tanto azar assim. Afinal, às vezes, saímos de casa com uma meta e alcançamos outra. Nem melhor, nem pior. Apenas diferente.

Morteiro 120 mm, Fabricado no Rio de Janeiro e exposto no Museu do Comando Militar do Sul, em Porto Alegre
Morteiro 120 mm, Fabricado no Rio de Janeiro

A tarde estava bonita. E sem fazer qualquer pesquisa, segui para o centro. Queria fazer um passeio de barco pelo Guaíba. Os passeios não costumam sair no meio da semana. A não que se forme um grupo. Eu estava sozinho.

Carro de Combate Leve, Vulgo "Perereca", no Museu do Comando Militar do Sul, em Porto Alegre
Carro de Combate Leve, Vulgo "Perereca"


O Lago Guaíba e A Usina do Gasômetro

Aproveitei para fotografar o Lago Guaíba e a Usina do Gasômetro. Consegui captar uma imagem também do Parque Marinha do Brasil. Ao fundo, o Estádio Beira-Rio e o Gigantinho. Em último plano, o Morro Santa Teresa.

Parque Marinha do Brasil. Gigantinho e Estádio Beira-Rio. Morro Santa Tereza.
Parque Marinha do Brasil. Gigantinho e
Estádio Beira-Rio. Morro Santa Tereza.


Museu do Comando Militar do Sul

Após esses registros fotográficos, segui até o Museu do Comando Militar do Sul. Os maiores atrativos ali são os tanques de guerra. Há também armamentos de menor porte. Todos eles bem antigos, evidentemente.

Carro de Combate Médio, no Museu do Comando Militar do Sul, em Porto Alegre
Carro de Combate Médio

O primeiro item que chamou a minha atenção foi um morteiro fabricado no início da década de 1960, no Rio de Janeiro. O elevado ângulo de trajetória do tiro permite atingir alvos ocultados por obstáculos, como morros.

Jeep M 151: Transporte de Pessoal e Carga, no Museu do Comando Militar do Sul, em Porto Alegre
Jeep M 151: Transporte de Pessoal e Carga

A seguir, avistei um Jeep M 151, destinado ao transporte de pessoal e/ou de carga. Já o Carro de Combate Leve, muito usado na Segunda Guerra Mundial, chegou ao Brasil em 1944. E logo recebeu um apelido: “perereca”.

Blindado M 59: Usado na Guerra do Vietnã, no Museu do Comando Militar do Sul, em Porto Alegre
Blindado M 59: Usado na Guerra do Vietnã

No mesmo ano, chegou ao país o Carro de Combate Médio. Já o Blindado M 59 para transporte de pessoal chegou ao país no início dos anos 60. Foi muito usado na Guerra do Vietnã para transportar até dez soldados.

Viatura 4x4 WC 57: a "Pata Choca", no Museu do Comando Militar do Sul, em Porto Alegre
Viatura 4x4 WC 57: a "Pata Choca"

A viatura 4x4 WC 57 foi muito usada na Segunda Guerra Mundial. Chegou ao país, em 1945. E ganhou o apelido de “Pata Choca”, por ser baixa e larga. E na mesma época, chegou o Carro de Reconhecimento M8.

Carro Blindado de Grande Porte, no Museu do Comando Militar do Sul, em Porto Alegre
Carro Blindado de Grande Porte

5 comentários:

Leonardo Brocker disse...

+++ Complexo Arquitetônico Militar +++

Esta área da cidade foi importante cenário da Revolução de 30.
O movimentou culminou com a posse de Getúlio Vargas como Presidente.

Do Complexo Arquitetônico Militar, fazem parte os seguintes prédios:
+ Quartel General;
+ Quartel General Auxiliar;
+ Quartel do Comando Militar do Sul;
+ Palácio da Brigada Militar;
+ Museu da Brigada Militar;
+ Museu do Comando Militar do Sul.

Museu do Comando Militar do Sul reúne peças do Exército Brasileiro.
O acervo estende-se desde o Período Colonial até os dias atuais.

Dica: no Museu do Comando Militar do Sul, entre em um carro de combate!

Adaptado do Centro de Informações Turísticas de Porto Alegre.

Leonardo Brocker disse...

+++ Lago Guaíba +++

Para ele convergem os rios da metade norte do RS.
E através dele, as águas destes rios chegam à Lagoa dos Patos.
Esta, enfim, conduz as águas ao Oceano Atlântico.
O Lago Guaíba teve importância fundamental.
Quando a maior parte do transporte era por rotas fluviais.
Importações e exportações da metade norte passavam por ele.
Em virtude disso, Porto Alegre tornou-se capital da província.
Dali controlava-se o tráfego do interior e da Lagoa dos Patos.
A península também oferecia um porto natural no lado norte.
Este era razoavelmente fundo.
E protegido dos ventos dominantes que vêm do sul.

Fonte: “Viva o Centro a Pé”, Secretaria Municipal de Cultura de Porto Alegre, 2014.

Leonardo Brocker disse...

+++ Comando Militar do Sul +++

O complexo reúne algumas edificações históricas:

1 – Sede da 8ª Circunscrição do Serviço Militar
Edificação em estilo neoclássico austero.
A construção do prédio iniciou em 1828.
Antes, a área abrigava os galpões dos Armazéns Reais.
A Corte Portuguesa instalou os galpões em 1776.

2 – Quartel General Auxiliar
Abrigava o antigo Quartel General do Exército.
No local, ficava também a residência do comandante.
O engenheiro militar Alfredo Layraud projetou o prédio.
A construção do Quartel General iniciou em 1906.
E substituiu uma antiga edificação de 1775.

O prédio tem estilo eclético, com referências mouriscas.
A fachada caracteriza-se pela ornamentação requintada.
Com ameias que lembram a função militar do prédio.

3 – Museu Militar
Construção de 1867, em estilo eclético.
Com reminiscências do estilo colonial.

Fonte: “Viva o Centro a Pé”, Secretaria Municipal de Cultura de Porto Alegre, 2014.

Leonardo Brocker disse...

+++ Usina do Gasômetro +++

A usina termelétrica ficava na Volta do Gasômetro.
A construção iniciou em 1926 e se prolongou até 1928.
Um prédio com características da arquitetura industrial.
E que teve grande papel no fornecimento de energia elétrica.
Até 1974, quando a usina deixou de operar.

Uma mobilização popular evitou a demolição, em 1987.
Apesar do tombamento como bem cultural, em 1982.
E como patrimônio do Rio Grande do Sul, no ano seguinte.
A Prefeitura Municipal, enfim, revitalizou o prédio.
E este passou a abrigar o Centro Cultural Usina do Gasômetro.

O complexo cultural possui:
+ Salas de exposição: Iberê Camargo, Lunara e dos Arcos;
+ Cinema: Sala P. F. Gastal;
+ Teatro: Sala Elis Regina;
+ Espaço para eventos, oficinas e palestras.

Fonte: “Viva o Centro a Pé”, Secretaria Municipal de Cultura de Porto Alegre, 2014.

Leonardo Brocker disse...

+++ Porto Alegre na Virada do Século XX +++

Um bonde puxado a burro ia do Centro para o Menino Deus.
No caminho, este bonde passava pela Ponta da Cadeia.
No local, hoje fica o Centro Cultural Usina do Gasômetro.
Dali, ele seguia pelo Caminho de Belas (Praia de Belas).
Até o Asilo da Mendicidade, que ainda hoje existe.
Ele fica quase em frente ao Estádio Beira-Rio.

Fonte: “Viva o Centro a Pé”, Secretaria Municipal de Cultura de Porto Alegre, 2014.

Postar um comentário

 
Free Host | new york lasik surgery | cpa website design