domingo, 13 de abril de 2014

Aleluia, do Oratório O Messias, de Handel

O oratório "O Messias" foi composto, em 1741, por George Friedrich Handel. O texto foi compilado, a partir da bíblia, por Charles Jennens, libretista amigo de Handel. E estreou, em Dublin, em 13/04/1742.

Manuscrito de George Friedrich Handel de Um Trecho do Oratório "O Messias" (1741)
Manuscrito de George Friedrich Handel de
Um Trecho do Oratório "O Messias" (1741)

"O Messias" foi recebido, inicialmente, de forma modesta, sem entusiasmo. Logo o oratório ganhou popularidade. E tornou-se uma das obras corais mais conhecidas e apresentadas da música ocidental.


"O Messias" é a obra mais conhecida de Handel. E o coro de "Aleluia" é o ponto alto de sua música barroca. A obra salvou sua situação financeira. E permitiu-lhe fazer doações a instituições de caridade.


A Parte I inicia com as profecias de Isaías e segue para a anunciação aos pastores. A II concentra-se na paixão, culminando com o coro de "Aleluia". Já na Parte III, Cristo ressuscita e glorifica-se no céu.

Handel compôs a música de "O Messias" em apenas 24 dias. Originalmente, a obra foi escrita para coro e orquestra modestos. Após a morte do compositor, a obra foi adaptada para coros e orquestras gigantes.


Handel começou compor em 22 de agosto de 1741. Em 28 de agosto, completou a Parte I. Em 06 de setembro, a Parte II. E em 12 de setembro, a Parte III. Em 14 de setembro, concluiu a revisão da composição.


Veja também...
"Assim Falou Zaratustra", de Richard Strauss
Carl Orff - O Fortuna, de Carmina Burana
"Eine Kleine Nachtmusik", de Wolfgang Amadeus Mozart
Prelúdio de "Carmen", de Georges Bizet
Va Pensiero, da Ópera "Nabucco", de Giuseppe Verdi

0 comentários:

Postar um comentário

 
Free Host | new york lasik surgery | cpa website design