domingo, 30 de março de 2014

Zizi Possi na Década de 1990: Discos Acústicos e Música Italiana - "Per Amore"

1991 - "Sobre Todas as Coisas"
Em 1991, foi lançado o disco "Sobre Todas as Coisas", baseado no espetáculo homônimo. O espetáculo manteve-se em cartaz por dois anos. E o disco foi lançado em formato acústico, uma novidade na época. Zizi Possi ganhou o Prêmio Sharp de Melhor Cantora e Melhor Disco de MPB de 1991.

Zizi Possi - "Sobre Todas as Coisas" (1991)
Zizi Possi - "Sobre Todas as Coisas" (1991)
  
Participações em 1991:
Em 1991, Zizi Possi participou da gravação de "Nós" (Johnny Alf). A música fez parte do álbum “Olhos Negros”, de Johnny Alf.


Participações em 1992:
Em 1992, Zizi Possi cantou "Tesoura do Desejo" (Alceu Valença). A música fez parte do álbum “7 Desejos”, de Alceu Valença.

Zizi também gravou "Copo Vazio com Hélio Delmiro" (Gilberto Gil). Esta música fez parte da coletânea “Songbook Gilberto Gil”, de 1992.


1993 - "Valsa Brasileira"
O disco "Valsa Brasileira" trouxe regravações de canções pouco conhecidas de compositores consagrados. Pelo trabalho, Zizi Possi ganhou o Prêmio Sharp de Melhor Disco de MPB de 1993.

Zizi Possi - "Valsa Brasileira" (1993)
Zizi Possi - "Valsa Brasileira" (1993)

Destaques de "Valsa Brasileira":
"Lamentos" (Vinicius de Moraes, Pixinguinha) - trilha sonora de “Éramos Seis”, do SBT.
"Valsa Brasileira" (Chico Buarque, Edu Lobo)

Participações em 1993:
Em 1993, Zizi Possi gravou "Canto do Pajé" (Heitor Villa-Lobos). A música fez parte do álbum “Religare”, do grupo Religare.

Zizi participou da gravação de "A Mulher de Cada Porto". A música de Edu Lobo e Chico Buarque faz parte do álbum “Corrupião”, de Edu Lobo.

Em 1989, Zizi Possi havia gravado "Não Tem Solução" (Dorival Caymmi). Em 1993, a música fez parte da trilha sonora de “Olho no Olho”, da Rede Globo.



Participações em 1995:
Em 1995, Zizi Possi participou do álbum “Cauby Canta Sinatra”, de Cauby Peixoto. "What Are You Doing The Rest Of Your Life?" foi composta por lan Bergman, Marilyn Bergman e Michel Legrand.

Também em 1995, gravou "Meia-Noite" (Edu Lobo e Chico Buarque). A canção fez parte da coletânea “Songbook Edu Lobo”.

Ainda em 1995, Zizi Possi gravou "Eu Te Amo" (Tom Jobim e Chico Buarque). A música fez parte da trilha sonora da novela “Cara & Coroa”, da Rede Globo.


1996 - "Mais Simples"
Em 1996, Zizi Possi lançou o disco "Mais Simples". Foi a última obra da trilogia acústica, iniciada com "Sobre Todas as Coisas". O disco "Mais Simples" traz canções consagradas e pouco conhecidas da MPB e do samba.

Zizi Possi - "Mais Simples" (1996)
Zizi Possi - "Mais Simples" (1996)

Destaques de "Mais Simples":
"Explode Coração" (Gonzaguinha)
"Mais Simples" (José Miguel Wisnik) - trilha sonora de “Salsa e Merengue”, novela da Rede Globo.

Participações em 1996:
Em 1996, Zizi gravou "O Amor E A Rosa / Mulher de Trinta / Palhaçada", para a coletânea “Casa de Samba”. As músicas foram compostas por Pernambuco e Antônio Maria / Luiz Antonio / Haroldo Barbosa e Luiz Reis.

Também em 1996, Zizi Possi participou da gravação de "Faltando um Pedaço" (Djavan). A canção "Faltando um Pedaço" fez parte do CD "Pérolas Negras" do saxofonista carioca Leo Gandelman.


1997 - "Per Amore"
"Per Amore" foi o primeiro disco de Zizi Possi gravado totalmente em italiano. O trabalho marcou a retomada do sucesso comercial. E garantiu à cantora um disco de ouro, um de platina e um duplo de platina.

Zizi Possi - "Per Amore" (1997)
Zizi Possi - "Per Amore" (1997)

O maior sucesso do disco foi a faixa-título, originalmente gravada por Andrea Bocelli. "Per Amore" (Mariella Nava) fez parte da trilha sonora da novela “Por Amor”, da Rede Globo.

Participações em 1997:
Em 1997, Zizi Possi gravou "Estácio Holly Estácio" (Luiz Melodia). O dueto com Luiz Melodia fez parte da coletânea “Casa de Samba nº2”.

Também em 1997, Zizi participou da coletânea “Projeto Vitrine”. Nela, registrou um medley composto por quatro músicas:
# "Demônio de Guarda" (Ivan Lins e Vitor Martins)
# "Até Não Mais" (Kledir Ramil e Kleiton Ramil)
# "Meu Pobre Blues" (Sergio Moraes Sampaio)
# "Flor do Mal" (Aécio Flávio e Tibério Gaspar)




1998 - "Passione"
"Passione" foi o segundo álbum de Zizi Possi gravado em italiano. A vendagem garantiu novamente disco de ouro e de platina. "Per Amore" e "Passione" venderam juntos mais de um milhão de cópias.

Também em 1998, Zizi Possi lançou o DVD "Per Amore", reunindo músicas do disco homônimo gravadas ao vivo. O primeiro DVD da cantora, originalmente lançado como VHS, recebeu disco de ouro.

Zizi Possi - "Passione" (1998)
Zizi Possi - "Passione" (1998)

Destaques de "Passione":
# "Canzone Per Te" (Sergio Endrigo) - trilha sonora de “Suave Veneno”, da Rede Globo.
# "Passione" (Bovio, Togliaferri e Valente) - trilha sonora de “A Casa das Sete Mulheres”, Rede Globo (2003).


1999 - "Puro Prazer"
Em "Puro Prazer", Zizi Possi gravou apenas em voz e piano. A cantora concorreu ao Grammy Latino em três categorias. Mas acabou perdendo para a colombiana Shakira.

Destaques de "Puro Prazer":
# "Disparada" (Théo de Barros, Geraldo Vandré)
# "Meu Erro" (Herbert Vianna) - a música foi regravada em “Acústico MTV Paralamas do Sucesso”, também de 1999.

Zizi Possi - "Puro Prazer" (1999)
Zizi Possi - "Puro Prazer" (1999)

Participações em 1999:
Em 1999, Zizi Possi gravou a canção "Luzes e Sombras". A música fez parte do álbum “Oriundi”, trilha do filme “Arrigo Barnabé”.

No mesmo ano, Zizi Possi registrou "Só o Tempo" (Paulinho da Viola). O dueto com Paulinho da Viola fez parte da coletânea “Casa de Samba nº3”.

Ainda em 1999, Zizi Possi gravou "Lacreme Napulitane / Vurria" (L. Bovio e F. Buongiovanni / F. Rendine e Alberto Pugliese). O medley fez parte da trilha sonora da novela “Terra Nostra”, da Rede Globo.


Veja também:

0 comentários:

Postar um comentário

 
Free Host | new york lasik surgery | cpa website design