sexta-feira, 14 de março de 2014

Henrique Lage e O Império Lage

O industrial Henrique Lage nasceu em 14/03/1881, no Rio de Janeiro, falecendo na mesma cidade, em 02/07/1941. Henrique Lage foi o principal idealizador do Porto de Imbituba, o segundo maior de Santa Catarina.

A Cantora Lírica Italiana Gabriella Besanzoni e O Industrial Carioca Henrique Lage
A Cantora Lírica Italiana Gabriella Besanzoni
e O Industrial Carioca Henrique Lage


O Império Lage

Henrique Lage era o filho mais filho do empresário Antônio Lage. Em 1882, Antônio Lage adquiriu a Ilha do Viana, na Baía de Guanabara. E ali, organizou a firma Lage Irmãos, o ponto de partida para o Império Lage.

Com o falecimento de Antônio Lage, em 1913, Henrique passou a liderar o grupo. No início de 1919, Renaud deixou o grupo. Neste mesmo ano, outros dois irmãos faleceram vitimados pela “gripe espanhola”.

Em 1920, Henrique Lage comprou as cotas das viúvas e promoveu o reingresso do irmão. Frederico, o irmão que vivia nos EUA, também ingressou na firma. Os dois deixaram definitivamente a firma no fim dos anos 20.


Mineração e Indústria Naval

Nacionalista, Henrique apostou na mineração e na indústria naval, nos estaleiros da Ilha do Viana. Com a Primeira Guerra Mundial, a importação de minérios e navios foi afetada. Isso favoreceu as atividades do grupo.

Em 1919, Henrique Lage lançou o Itaquatiá, o primeiro barco a vapor de grande porte construído no Brasil. No barco tudo era brasileiro, menos as chapas de ferro. Lage priorizou programas para produzi-las no Brasil.

Busto de Henrique Lage, em Criciúma, SC
Busto de Henrique Lage, em Criciúma, SC


Na década de 20, Henrique Lage investigou a existência de petróleo em Campos dos Goytacazes. Em 1922, instalou a primeira refinaria de sal do país, a Ita. Nos anos 40, ela transferiu-se para Caju, onde se encontra até hoje.

Embora não ostentasse nenhum diploma de curso técnico, Henrique Lage era um profundo conhecedor de química. Ele tinha verdadeira intuição em engenharia civil, mecânica e construção naval.


Amor pelo País, pela Música 
Nutria imenso amor pelo seu País, por cujo desenvolvimento lutou toda a vida. Sem maiores preocupações com o lucro individual, propôs-se, várias vezes, a realizar, de graça, serviços para os quais se erguiam barreiras burocráticas.

O Casal Gabriella e Henrique Lage
O Casal Gabriella e Henrique Lage

Amante da música, Henrique foi casado com a cantora lírica italiana Gabriella Besanzoni, considerada, na época, a maior contralto do mundo. Promovia saraus na sua residência na Avenida Jardim Botânico, hoje o Parque Lage.


Relação com Os Militares

Suas atividades aproximaram Henrique Lage de militares da Marinha e do Exército, entre os quais fez grandes amigos e admiradores. Henrique Lage doou todo o mármore empregado na Academia Militar das Agulhas Negras.

Ele criou, em 1935, a Companhia Nacional de Navegação Aérea, a primeira fábrica de aviões no Brasil. O atual município de Imbituba, em Santa Catarina, foi criado em 1958 com o nome de "Henrique Lage".

2 comentários:

Unknown disse...

Como esta história não é contada nas escolas do pais. Hoje os legatarios de Henrique lage nunca conseguiram ver um centavos da fortuna de seu Henrique lutamos a 73 anos naa justiça pelo espólio isso é o Brasil que não contar a sua história porque o maior beneficiário e o Brasil que agazalhou tudo... país de Merda...

Michael Maia disse...

Muito boa Historia.

Postar um comentário

 
Free Host | new york lasik surgery | cpa website design