sábado, 15 de fevereiro de 2014

Osvaldo Aranha: Político e Diplomata Gaúcho

O político e diplomata gaúcho Osvaldo Euclides de Souza Aranha nasceu em Alegrete, no dia 15 de fevereiro de 1894. Osvaldo Aranha é lembrado por sua contribuição na criação do Estado de Israel, em 1947.

O político e diplomata Osvaldo Aranha
O político e diplomata Osvaldo Aranha.

Osvaldo Aranha foi alfabetizado pela mãe, Luísa de Freitas Vale Aranha. E passou a infância em Alegrete, cidade fundada por seu avô. Estudou no Colégio Militar do Rio de Janeiro e graduou-se em Direito pela UFRJ.


Carreira Estadual e Nacional
Durante a Revolução de 1923, lutou pelos chimangos, aliados de Borges de Medeiros. Em 1925, assumiu a Prefeitura Municipal de Alegrete. Dois anos depois, foi eleito deputado estadual pelo Rio Grande do Sul.

Osvaldo Aranha foi um dos articuladores da Revolução de 1930 a qual levou Getúlio Vargas ao poder. Ocupou o Ministério da Justiça e Negócios Interiores. Em 1931, passou para o Ministério da Fazenda.

Osvaldo Aranha em almoço com líderes rio-grandenses da Revolução de 1930.
Osvaldo Aranha em almoço com líderes
rio-grandenses da Revolução de 1930.


Carreira Internacional
Em 1934, Osvaldo Aranha foi nomeado Embaixador de Washington. De 1937 a 1944, ele ocupou o cargo de Ministro das Relações Exteriores. E buscou a aproximação com os EUA e a oposição à Alemanha.

Em 1942, Osvaldo Aranha presidiu a Conferência do Rio, onde os países americanos decidiram romper com os países do Eixo. Chile e Argentina só romperam com os países do Eixo tempos depois.

Propaganda japonesa de  apoio às forças do Eixo.
Propaganda japonesa de
apoio às forças do Eixo.

Em 1943, surge uma mácula em sua carreira. Na época, Osvaldo Aranha restringiu a concessão de vistos em passaportes judeus na Europa. Com isso, muitos deles acabaram mortos nos campos de concentração. 

Em 1945, era considerado o candidato natural à Presidência. Mas Osvaldo Aranha não concorreu por fidelidade a Getúlio VargasE em 1947, ele chefiou a missão brasileira junto à Organização das Nações Unidas.

A Bandeira do Estado de Israel


Criação do Estado de Israel
Ainda em 1947, Osvaldo Aranha presidiu a II Assembleia Geral da ONU, a qual culminou na criação do Estado de Israel. Com a morte de Getúlio, afasta-se da política. Retorna à ONU, no governo Kubitschek.

Osvaldo Aranha faleceu, em 27 de janeiro 1960, no Rio de Janeiro. E foi homenageado, cedendo o nome a uma rua em Tel Aviv e outra em Porto Alegre. A última em um bairro tradicionalmente judeu.

Veja também...
Museu Osvaldo Aranha

1 comentários:

Leonardo Brocker disse...

+++ A Proclamação da República +++

Com a Proclamação da República ocorreram mudanças.
Nos nomes de avenidas, praças e ruas de Porto Alegre.
Seguem exemplos com o antigo nome e o atual:

+ Praça Conde D’Eu, hoje Praça 15 de Novembro;
+ Praça Dom Pedro II, hoje Praça Marechal Deodoro;
+ Rua do Imperador, hoje Rua da República;
+ Rua Dona Isabel, hoje Rua Demétrio Ribeiro;
+ Rua Imperatriz, hoje Rua Venâncio Aires;
+ Rua Imperial, hoje Rua Benjamin Constant.

Também vieram as homenagens aos positivistas:

+ Avenida Assis Brasil;
+ Avenida Borges de Medeiros;
+ Monumento a Júlio de Castilhos;
+ Praça Júlio de Castilhos;
+ Praça Otávio Rocha;
+ Rua Alberto Bins;
+ Rua Júlio de Castilhos;
+ Viaduto Otávio Rocha.

Fonte: “Viva o Centro a Pé”, Secretaria Municipal de Cultura de Porto Alegre, 2014.

Postar um comentário

 
Free Host | new york lasik surgery | cpa website design