segunda-feira, 10 de fevereiro de 2014

Imbé, Rio Grande do Sul

O município de Imbé, no Litoral Norte do Rio Grande do Sul, a 119 km de Porto Alegre, tem como símbolo o boto. E a barra do Rio Tramandaí, a qual liga as lagoas costeiras ao mar, é considerada a morada desses animais.

Cidade de Imbé, no mapa do Rio Grande do Sul
Imbé, Rio Grande do Sul

Alguns botos vivem há mais de 15 anos no Rio Tramandaí. Os pescadores deram nomes a eles. A nadadeira dorsal é uma espécie de impressão digital que diferencia um animal do outro.

O Boto é O Símbolo do Município de Imbé
O Boto é O Símbolo do Município de Imbé

A barra do Rio Tramandaí divide os municípios de Tramandaí e Imbé. E ali, botos e homem convivem em harmonia. Os botos sinalizam onde há peixe e encurralam os cardumes nas margens. Isso facilita a pesca com tarrafa.

Lago do Braço Morto: Uma Alternativa ao Mar, em Imbé
Lago do Braço Morto: Uma Alternativa ao Mar

Imbé possui praias, lagos e parques. E reserva ao visitante infra-estrutura turística completa, durante o verão. O município do litoral norte do RS oferece várias opções de bares, restaurantes, hotéis e pousadas.

Mapa de Imbé adaptado do Wikipédia.

Esqueleto de Baleia, no Museu do CECLIMAR, em Imbé
Esqueleto de Baleia, no Museu do CECLIMAR

Atrações de Imbé


Veja também...

1 comentários:

Leonardo Brocker disse...

+++ A Origem do Rio Grande do Sul +++

O Memorial do Rio Grande do Sul fala sobre a origem do RS.
Ou seja: as Missões Jesuíticas.
Historiadores comentam sobre a Guerra Guaranítica.
E o massacre dos índios.
Um dado reafirma este episódio como marco fundador.
Porto Alegre surge da espera dos açorianos pelo fim da guerra.
Afinal, os imigrantes povoariam a região missioneira.
Após a expulsão dos índios.
Enfim: a Guerra Guaranítica gerou Porto Alegre.

Fonte: “Viva o Centro a Pé”, Secretaria Municipal de Cultura de Porto Alegre, 2014.

Postar um comentário

 
Free Host | new york lasik surgery | cpa website design