quinta-feira, 28 de novembro de 2013

Biografia de Jean-Baptiste Lully

Giovanni-Battista Lully, filho de um moleiro pobre, nasceu em Florença, Itália, em 28/11/1632. E aprendeu sozinho a tocar violino. Aos 14 anos, foi levado à França para servir a Grande Demoiselle (Mademoiselle de Montpensier). Mas caiu em desgraça ao compor uma canção satírica à sua filha.

Jean-Baptiste Lully
Jean-Baptiste Lully Nasceu em Florença, em
1632. E Naturalizou-se Francês, em 1661.

Em 1653, Lully passou a trabalhar para Luís XIV, como dançarino. Logo se tornou o 1º Violino, por suas qualidades musicais e por sua amizade com o rei. Conduziu os 24 violinos da Grande Bande. Depois, formou o Petits Violons. Nas décadas de 1650 e de 1660, Lully compôs diversos balés para Luís XIV.


Naturalização Francesa e Comédie-Ballet

Em 1661, Giovanni-Battista Lully recebeu o título de cidadão francês. E mudou o nome para Jean-Baptiste Lully. Nesta mesma época, casou-se com Madeleine Lambert, filha do amigo e companheiro Michel Lambert. Mas a fama de libertino continuou acompanhando Lully a vida inteira.

Em 1664, Jean-Baptiste Lully criou a “Comédie-Ballet”. Para isso contou com a colaboração de Moliére, combinando a arte dramática do escritor com a sua própria arte musical. A parceria havia iniciado em 1661, com “Les Fâcheux”. O auge foi com a obra "Les Plaisirs de l'Isle Enchanteé".

Jean-Baptiste Lully compositor francês - sentado, compondo
Jean-Baptiste Lully Compôs Balés
com Molière e Óperas com Quinault

Porém, é inegável a influência italiana na criação da “Comédie-Ballet”. Muitas das personagens de Moliére e dos balés de Lully provêm da "Commedia dell' Arte". Até a instrumentação concebida por Jean-Baptiste Lully sofreu uma grande influência de compositores italianos, como Cavalli, por exemplo.


Ópera e Morte

Em 1672, Lully rompeu com Moliére. Nessa época, Luís XIV encomendou a Lully um gênero dramático que rivalizasse com a ópera da Itália. Então, em colaboração com o dramaturgo Quinault, Lully criou a "Tragédie-Liryque", combinando o balé francês com recriações da tragédia clássica.

Jean-Baptiste Lully foi designado diretor da Académie Royale de Musique, a Ópera Real. De 1673 até 1687, produziu quase uma ópera por ano. Lully, praticamente, possuía o monopólio do gênero. Porém, com a morte da rainha, em 1683, Luís XIV perdeu o entusiasmo pela ópera.

Partitura de "Gavotte" - Jean-Baptiste Lully
Partitura de "Gavotte" - J. B. Lully

Em 08/01/1687, Lully conduzia um Te Deum em honra de Luis XIV. Enquanto ele marcava o tempo com um bastão, acertou o pé, formando um abscesso. Logo este gangrenou. Como Lully se recusou a amputar o pé, a gangrena espalhou-se. Em 22/03/1687, o compositor acabou falecendo, em Paris.


Veja também...
O Estilo Musical de Lully
Principais Obras de Lully

0 comentários:

Postar um comentário

 
Free Host | new york lasik surgery | cpa website design