terça-feira, 27 de agosto de 2013

Sandra de Sá: 58 Anos de Idade

A cantora Sandra Cristina Frederico de Sá nasceu no dia 27 de agosto de 1955, na cidade do Rio de Janeiro. Filha de pai baterista, Sandra de Sá frequentava, desde a infância, bailes e rodas de samba. E aprendeu sozinha a tocar violão.

Capa do single "Demônio Colorido" que Sandra de Sá lançou em 1980
Sandra de Sá - "Demônio Colorido" (1980)

Sandra de Sá é uma das mais expressivas cantoras brasileiras da atualidade. E sua voz possui um timbre e uma potência inconfundíveis. Sandra de Sá é considerada por alguns um “Tim Maia de Saias”. E com Tim Maia fez dueto na música “Vale Tudo”.


Em 1980, sua música “Demônio Colorido” ficou entre as dez finalistas no festival MPB 80, da Rede Globo. Na época, Sandra de Sá estava concluindo a faculdade de Psicologia. Mas acabou tendo que abandonar o curso, em favor da música.




Amizade com Cazuza

A inscrição de Sandra de Sá no festival MPB 80 ocorreu como resultado da amizade com João e Lucinha Araújo, pais de Cazuza. Cazuza e Sandra tornaram-se grandes amigos. Ele chegou a ser padrinho de batismo do filho de Sandra de Sá.


O primeiro grande show do Barão Vermelho foi abrindo um show de Sandra de Sá, no Morro da Urca. Sandra gravou “Sem Conexão com O Mundo Exterior” (1984), “Blues da Piedade” (1991) e “17 Anos” (1995), de Cazuza e Roberto Frejat. Também regravou com Cazuza a música "Camila, Camila".



Década de 1980

Os maiores sucessos da carreira de Sandra de Sá foram gravados durante a década de 1980. São dessa fase as músicas:
1980 – “Demônio Colorido” (Sandra de Sá)
1982 – “Olhos Coloridos” (Macau)
1983 – “Vale Tudo” (Tim Maia)
1984 – “Sem Conexão com O Mundo Exterior” (Cazuza e Roberto Frejat)

Capa do disco Sandra de Sá, lançado em 1986 por Sandra Sá
Sandra de Sá - Sandra Sá (1986)

1986 – “Entre Nós” (Michael Sullivan e Paulo Massadas)
1986 – “Joga Fora” (Michael Sullivan e Paulo Massadas)
1986 – “Não Vá” (Mirna e Sandra de Sá)
1986 – “Retratos e Canções” (Michael Sullivan e Paulo Massadas)
1986 – “Solidão” (Chico Roque e Carlos Colla)
1988 – “África” (Gil Gérson e César Rossini)
1988 – “Alma Gêmea” (Michael Sullivan e Paulo Massadas)
1988 – “Amanhã” (Michael Sullivan e Paulo Massadas)
1988 – “Bye Bye Tristeza” (Marcos Valle e Carlos Colla)
1988 – “Meu Erro” (Michael Sullivan e Paulo Massadas)

Sandra de Sá na capa do disco Sandra de Sá de 1988
Sandra de Sá - Sandra de Sá (1988)


Década de 1990

Os principais sucessos desta década estão concentrados em seus primeiros anos. "Picadinho de Macho" foi tema de abertura da novela "Vira-Lata":
1990 – “Eu Quero Alguém” (Renato Rocketh e Cazuza)
1991 – “A Gente Leva o Que Viver” (Paulo Sérgio Valle e Augusto César)
1991 – “Blues da Piedade” (Cazuza e Roberto Frejat)
1991 – “Contrato Assinado” (Paulo Sérgio Valle e Chico Roque)
1995 – “17 Anos” (Cazuza e Roberto Frejat)
1995 – “Picadinho de Macho” (Aldir Blanc e Tavito)
1996 – “Ecânico” (Carlinhos Brown)
1996 – “Soul de Verão (Fame)” (Michael Gorel e Dean Pitchford)
1996 – “Sozinha” (Peninha)




0 comentários:

Postar um comentário

 
Free Host | new york lasik surgery | cpa website design