domingo, 18 de agosto de 2013

Rio das Antas, Rio Grande do Sul

O Rio das Antas nasce na região de Bom Jesus e de Cambará do Sul, nos Aparados da Serra. E segue até Santa Bárbara, em Guaporé. Na confluência com o rio Turvo, ele passa a se chamar Taquari.

Rio das Antas e Morro do Céu, Cotiporã

Na região de Cotiporã, o Rio das Antas forma a dupla ferradura em torno do Morro do Céu. A ferradura é vista de um Belvedere. Em outros trechos, o rio é propício à prática do rafting. A descida de 12 km dura, em média, 2 h.

Cachoeirão do Rio das Antas, entre
Nova Pádua e Nova Roma do Sul.

Veja também...
Cascata dos Marins e Gruta do Quartzo, em Cotiporã

1 comentários:

Leonardo Brocker disse...

+++ A Origem do Rio Grande do Sul +++

O Memorial do Rio Grande do Sul fala sobre a origem do RS.
Ou seja: as Missões Jesuíticas.
Historiadores comentam sobre a Guerra Guaranítica.
E o massacre dos índios.
Um dado reafirma este episódio como marco fundador.
Porto Alegre surge da espera dos açorianos pelo fim da guerra.
Afinal, os imigrantes povoariam a região missioneira.
Após a expulsão dos índios.
Enfim: a Guerra Guaranítica gerou Porto Alegre.

Fonte: “Viva o Centro a Pé”, Secretaria Municipal de Cultura de Porto Alegre, 2014.

Postar um comentário

 
Free Host | new york lasik surgery | cpa website design