sábado, 6 de julho de 2013

Raul Seixas: "Krig-ha, Bandolo!" (1973)

“Krig-ha, Bandolo!” é o primeiro disco solo de Raul Seixas. Os anteriores Raul Seixas gravou em grupo. O nome “Krig-ha, Bandolo!” é uma referência ao grito de guerra de Tarzan.

Raul Seixas na capa do disco "Krig-ha, Bandolo!" (1973)
Raul Seixas: Krig-ha, Bandolo! (1973)

O disco “Krig-ha, Bandolo!”, de 1973, também marca o início da parceria de Raul Seixas e Paulo Coelho. E traz alguns dos maiores clássicos da carreira do cantor. Exceto pela música de introdução, todas são composições de Raul.


Raul Seixas compôs sozinho as músicas “Mosca na Sopa”, “Metamorfose Ambulante” e “Ouro de Tolo”. “Al Capone” é uma parceria de Raul Seixas e Paulo Coelho. O disco, com onze músicas, tem menos de 29 minutos.


A revista Rolling Stone considerou Krig-ha, Bandolo!o décimo segundo melhor disco brasileiro de todos os tempos. “Novo Aeon”, de 1975, figura também entre os cem melhores discos. Ocupa a 53ª posição.




Veja também...

12 comentários:

Leonardo Brocker disse...

"BRock - O Rock Brasileiro dos Anos 80", Arthur Dapieve

Em 1973, lançou o primeiro LP à vera: "Krig-ha, Bandolo".
Ali, estavam "Ouro de Tolo" e "Metamorfose Ambulante".
Além de "Al Capone" e "Mosca na Sopa".
É o melhor disco do proto-BRock.
Junto com "Loki?", de Arnaldo Baptista.

Leonardo Brocker disse...

+++ "Al Capone" (Paulo Coelho, Raul Seixas) +++

O grupo O Terço gravou-a no disco "Tributo a Raul Seixas (1999)".
A música "Al Capone" também é parte da trilha sonora do filme:
"Não Pare na Pista: A Melhor História de Paulo Coelho (2014)".

Leonardo Brocker disse...

+++ Cachorro Urubu (Paulo Coelho, Raul Seixas) +++

Outros artistas regravaram esta canção:
Jards Macalé: "O Banquete dos Mendigos" (1974)
Zé Geraldo: "Aprendendo a Viver" (1995)
Zé Geraldo: "Zé Geraldo Acústico" (1996)

Leonardo Brocker disse...

+++ Dentadura Postiça (Raul Seixas) +++

Zé Ramalho regravou-a em "Zé Ramalho Canta Raul Seixas" (2001).

Leonardo Brocker disse...

+++ How Could I Know (Raul Seixas) +++

Artistas que regravaram "How Could I Know":
+ Paulo Ricardo: "Psico Trópico" (1991)
+ Zé Ramalho: "Zé Ramalho Canta Raul Seixas" (2001)

Leonardo Brocker disse...

+++ Metamorfose Ambulante (Raul Seixas) +++

Diversos artistas regravaram "Metamorfose Ambulante":
Ney Matogrosso: "Pecado" (1977);
Ney Matogrosso: "Ney Matogrosso Ao Vivo" (1989);
Ney Matogrosso: "Vivo" (1999);
Paulinho Moska: "Através do Espelho" (1997);
Secos e Molhados e Ney Matogrosso: "Juntos" (1969);
Sérgio Vid: "Diversões" (2001);
Terço, O: "O Terço" (1990);
Terço, O: "Live at Palace" (1994);
Terço, O: "Tributo a Raul Seixas" (1999);
Verônica Sabino: "Metamorfose" (1985);
Zé Ramalho: "Zé Ramalho Canta Raul Seixas" (2001).

A música fez parte da trilha sonora de alguns filmes:
+ Cidade de Deus (2002), de Fernando Meirelles e Kátia Lund
+ Colegas (2012), de Marcelo Galvão.

Leonardo Brocker disse...

+++ Mosca na Sopa (Raul Seixas) +++

Alguns artistas regravaram "Mosca na Sopa":
Cidade Negra - "Negro no Poder" (1992);
Margareth Menezes - "Kindala" (1991);
O Terço - Tributo a Raul Seixas (1999).

Leonardo Brocker disse...

+++ "Ouro de Tolo" (Raul Seixas) +++

Alguns artistas regravaram a música "Ouro de Tolo":
+ Belchior - "Cenas do Próximo Capítulo" (1984);
+ Caetano Veloso - "Marcianita" (1993);
+ Camisa de Vênus - "Correndo o Risco" (1986);
+ Camisa de Vênus - "Bota pra Foder" (1990);
+ Jerry Adriani - "Doce Aventura" (1992);
+ Paulo Ricardo - "Rock Popular Brasileiro" (1996);
+ Zé Ramalho - "Zé Ramalho Canta Raul Seixas" (2001).

Leonardo Brocker disse...

+++ Rockixe (Paulo Coelho, Raul Seixas) +++

O grupo O Terço gravou a música em "Tributo a Raul Seixas" (1999).

Leonardo Brocker disse...

+++ "Eu Morri Há Dez Anos Atrás" +++
Ricardo Alexandre
Matéria da revista Trip, nº 71, (agosto 1998)

Certo dia, Raul leu uma matéria sobre discos voadores na revista 2001.
Ela era editada no Rio de Janeiro pelo mochileiro bicho-grilo Paulo Coelho.
Raul convidou Paulo para um jantar em seu apartamento.
E mostrou algumas músicas que havia feito.
Bem diferentes das que costumava compor para os contratados da CBS.
E propôs a Paulo que fizesse a letra para algumas delas.
Passaram a preparar alguns temas para o primeiro disco solo de Raul.
"Krig-Há-Bandolo" saiu em julho de 1973.

Leonardo Brocker disse...

+++ "Eu Morri Há Dez Anos Atrás" +++
Ricardo Alexandre
Matéria da revista Trip, nº 71, (agosto 1998)

Em 1973, Paulo levou Raul para conhecer uma sociedade secreta.
O escritor fazia parte da Argentum Astrum, AA.
Era uma organização filosófica antireligiosa e cheia de rituais.
Baseava-se nos ensinamentos do bruxo inglês Aleister Crowley (1875 – 1947).
O material que emergia de Paulo e Raul foi muito influenciado por Crowley.
O repertório do segundo disco foi colocado “a serviço da sociedade secreta”.
Algumas músicas chegam a copiar os textos do bruxo.
É o caso de “Sociedade Alternativa” e “Liber Oz”.
“Liber Oz” foi gravada 14 anos depois, com o nome de “A Lei”.

Leonardo Brocker disse...

+++ "Eu Morri Há Dez Anos Atrás" +++
Ricardo Alexandre
Matéria da revista Trip, nº 71, (agosto 1998)

Paulo Coelho abandonou a AA após ser surpreendido por uma personificação do demônio.
Raul continuou por mais alguns meses.
Passados 25 anos, ainda pouco se sabe sobre a sociedade de que participaram.
Paulo nem sequer pronuncia o nome dela.
Raul nunca mais tocou no assunto.
Mas se sabe que ele e a esposa na época, Gloria Vaquer, abandonaram os rituais.
Após visões desesperadoras que misturavam demonismo e alucinação psicodélica.

Postar um comentário

 
Free Host | new york lasik surgery | cpa website design