segunda-feira, 22 de julho de 2013

Emmanuele Baldini & Fernando Cordella Tocam Antonio Vivaldi e Giuseppe Tartini

Na segunda parte do concerto “Sonatas Italianas”, o violinista italiano Emmanuele Baldini e o cravista gaúcho Fernando Cordella tocaram obras de Vivaldi e Tartini. O concerto “Sonatas Italianas” ocorreu no StudioClio, em Porto Alegre, no dia 07 de junho de 2013.

O Cravista Gaúcho Fernando Cordella
O Cravista Gaúcho Fernando Cordella

Continuação de...


Antonio Vivaldi (1678 - 1741)
Violinista e compositor italiano do período barroco tardio. Conhecido como o “padre ruivo”, Antonio Vivaldi foi excomungado, por abandonar uma cerimônia para registrar uma melodia. Foi famoso como violinista em toda a Europa. Em especial, em Viena e Dresden. Vivaldi influenciou e inspirou ainda o compositor alemão Johann Sebastian Bach.

O Violinista Italiano Antonio Vivaldi
O Violinista Italiano Antonio Vivaldi

Filho de barbeiro, Antonio Vivaldi aprendeu a tocar violino com o pai, violinista talentoso. A maior parte da vida dedicou ao ensino do violino em um orfanato de moças, em Veneza. Foi ali que compôs a maior parte de suas 770 obras. Dentre elas, o Opus 8, publicado em 1723, e do qual faz parte o concerto “As Quatro Estações”, sua obra mais famosa.


A contribuição de Antonio Vivaldi para a música é inegável. Foi o compositor que estabeleceu a forma definitiva para o concerto e a sinfonia. E consta que era muito rápido ao compor. Emmanuele Baldini e Fernando Cordella tocaram a obra “Sonata em Lá Maior RV 31 Op. 2 No. 2 para Violino e Baixo contínuo”, composta por quatro movimentos:
I. Preludio a capriccio – Presto
II. Corrente: Allegro
III. Adagio
IV. Giga: Allegro

Antonio Vivaldi: As Quatro Estações


Giuseppe Tartini (1692 - 1770)
O italiano Giuseppe Tartini foi um dos grandes virtuoses no violino. Em certa ocasião, Tartini alegou ter feito um pacto com o diabo, em um sonho. Neste sonho, o diabo teria tocado a música mais bela dentre todas as músicas. Ao acordar, Tartini teria tentado reproduzi-la no seu violino. Essa seria a origem da “Sonata do Diabo”, sua obra mais famosa.

O Violinista Giuseppe Tartini
O Violinista Giuseppe Tartini

Baldini e Cordella tocaram, justamente, a “Sonata em Sol menor No. 2 op. 1 ‘Trillo del Diavolo’”. Publicada anos após a morte de Tartini, a obra continua fazendo parte do repertório de virtuoses do violino. Principalmente, em virtude do espantoso encadeamento dos trilos do terceiro movimento. Esta obra, de enorme dificuldade, é dividida em:
I. Laghetto affettuoso
II. Allegro moderato
III. Andante
IV. Allegro assai – Andante – Allegro assai

0 comentários:

Postar um comentário

 
Free Host | new york lasik surgery | cpa website design