terça-feira, 16 de abril de 2013

Cássia Eller e Kid Abelha Cantam Cazuza

Cássia Eller na capa do disco "Cássia Eller", de 1994
Cássia Eller 1994 - Cássia Eller

Bebel Gilberto – Amigos de Bar (Dé, Bebel Gilberto, Cazuza)
Gravação original feita por Bebel Gilberto, no disco “Bebel Gilberto”, de 1986.



Marina Lima –  “Preciso Dizer Que Te Amo” (Cazuza, Dé, Bebel Gilberto)
“A música foi feita na Fazenda Inglesa, em Petrópolis. E ‘Preciso Dizer Que Te Amo’ foi a última música feita para o disco que gravei em 1986. O processo de criação foi espontâneo. Essa música foi muito especial! Era como se Cazuza estivesse sentado aqui e, por acaso, o violão estivesse ali. A gente começou a cantar e o canto virou uma música. Não foi aquela coisa de sentar e fazer a música. E esse é o barato de ‘Preciso Dizer Que Te Amo’. A gente estava em frente à lareira e essa música saiu como um filho. Não foi como as outras. Saiu em 40 minutos”. (Bebel Gilberto)

“Empolgado com a melodia que saiu espontaneamente, o Cazuza subiu para o seu apartamento, para finalizar a letra. A primeira versão já estava com o Dé há algum tempo. E foi criada com referências bíblicas. Cazuza lia muito a bíblia e havia ficado impressionado com uma frase: ‘Eu preciso dizer que te amo. Desentalar esse osso da minha garganta’. Queria usar isso. Eu disse que ‘desentalar esse osso da minha garganta’ era muito forte. Não sei como, conversando, a gente chegou à conclusão: ‘Preciso dizer que te amo / Te ganhar ou perder sem engano’”. (Bebel Gilberto)

“Em cinco minutos, Cazuza desceu do quarto com a nova letra batida à máquina, já com o novo refrão. Ele foi ferino. Certo e exato nessa frase. Essa música é o nosso standard. Ela é linda! Eu acho que tinha algum deus ajudando a gente ali, naquele ambiente, naquela casa... Foi tudo certo”. (Dé)


Supla – “Nem Tudo É Verdade” (Cazuza, Supla)
Gravação original: Supla (1989)



Cássia Eller – “Malandragem” (Frejat, Cazuza)
“’Malandragem’ foi feita para Ângela RoRô, em 1988, quando ela estava gravando o disco ‘Prova de Fogo’. Quando a gente entregou a música, ela disse que o disco já estava pronto. A música acabou ficando a Ângela por anos. Em 1994, eu achei que a música tinha também a cara de Cássia Eller. Embora a letra tivesse se inspirado no jeito expansivo de RoRô. Para não ferir a ética, liguei para RoRô. E para a minha surpresa, ouvi o seguinte: ‘Cazuza não te disse? Não gostei da música, não. Achei uma merda! Não vou gravar nunca!’, disparou RoRô, com sua habitual sinceridade. Aliviado, entreguei ‘Malandragem’ à Cássia. Foi a música que impulsionou a carreira dela”. (Roberto Frejat)


Cássia Eller gravou, originalmente, “Malandragem”, em 1994. E regravou a música, em 1996, no álbum “Cássia Eller ao Vivo”.


Kid Abelha – “De Quem é O Poder” (Cazuza, George Israel, Nilo Romero)
A gravação original foi feita pelo Kid Abelha, no disco “Kid”, de 1989.


Comentários retirados do livro “Preciso Dizer que Te Amo – Todas as Letras do Poeta”

0 comentários:

Postar um comentário

 
Free Host | new york lasik surgery | cpa website design