terça-feira, 18 de dezembro de 2012

Quaraí, Rio Grande do Sul

Quaraí fica localizada a 25 km de Uruguaiana, 273 km a oeste de Bagé e a 590 km de Porto Alegre. Faz fronteira com a cidade uruguaia de Artigas. As duas cidades são unidas pela Ponte Internacional de Concórdia, que passa sobre o rio Quaraí. A cidade possui ainda belezas naturais, como dunas de areia, o butiazeiro e o Cerro do Jarau

Quaraí (em Marrom), no mapa do Pampa Gaúcho
Quaraí (em Marrom), no Pampa Gaúcho


Prédio da Prefeitura Municipal
O prédio da atual Prefeitura Municipal foi construído em 1892. Ele serviu de residência particular de Francisco Macedo Couto. Macedo Couto foi o primeiro Intendente do município de Quaraí.


Ponte Internacional da Concórdia
Esta ponte, em curva, sobre o Rio Uruguai, possui 750 m de extensão. Ela foi inaugurada em 1968, liga Quaraí à cidade de Artigas, no Uruguai. Repare no Monumento da Ponte Internacional, situado na cabeceira da ponte. É feito de concreto, em estilo modernista.

Ponte Internacional da Concórdia, em Quaraí
Ponte Internacional da Concórdia, Quaraí

Monumento do Centenário
Composto por três lingotes de ferro, o monumento representa os três personagens da lenda gaúcha “Salamanca do Jarau”. Teiniaguá, Santâo e Blau são rodeados por quatro triângulos. Eles indicam os quatros pontos cardeais. O monumento fica na Praça General Osório, entre as avenidas 7 de Setembro e João Batista de Castilhos.

Cerro do Jarau, em Quaraí. Cenário da Lenda Salamanca do Jarau
Cerro do Jarau, da Lenda Salamanca do Jarau

Veja também...
Passagem por Quaraí a Caminho de Uruguaiana

3 comentários:

Leonardo Brocker disse...

+++ “A Salamanca do Jarau” (Quaraí) +++

Os contos de Simões Lopes Neto ocorrem em cidades gaúchas.
Quaraí é o cenário de “A Salamanca do Jarau”.
Segue um trecho deste conto:

... eu sou a rosa dos tesouros escondidos dentro da casca do mundo...

Leonardo Brocker disse...

+++ “Correr Eguada” (Quaraí) +++

Os contos de Simões Lopes Neto ocorrem em cidades gaúchas.
Quaraí é o cenário de “Correr Eguada”.
Segue um trecho deste conto:

Hoje, onde é que se faz disso?
É verdade que há muita cousa boa, isso é verdade...
Mas ainda não há nada, como antigamente.
Tomar mate e correr eguada.

Xô-mico!
Vancê veja...
Eu até choro!
Ah! Tempo!

Leonardo Brocker disse...

+++ A Origem do Rio Grande do Sul +++

O Memorial do Rio Grande do Sul fala sobre a origem do RS.
Ou seja: as Missões Jesuíticas.
Historiadores comentam sobre a Guerra Guaranítica.
E o massacre dos índios.
Um dado reafirma este episódio como marco fundador.
Porto Alegre surge da espera dos açorianos pelo fim da guerra.
Afinal, os imigrantes povoariam a região missioneira.
Após a expulsão dos índios.
Enfim: a Guerra Guaranítica gerou Porto Alegre.

Fonte: “Viva o Centro a Pé”, Secretaria Municipal de Cultura de Porto Alegre, 2014.

Postar um comentário

 
Free Host | new york lasik surgery | cpa website design