terça-feira, 25 de setembro de 2012

Caminhada pelo Povoado de Ollantaytambo e Jantar no Mayupata

Ao deixarmos o sítio arqueológico de Ollantaytambo, o Bernarbeu seguiu de volta a Cusco. O Rualdo, o Roberto e eu fomos para o hotel. Combinamos de nos encontrar dentro de uns 45 minutos para circular pela cidade. Foi o tempo de tomar um banho rápido e revigorar as energias...

Uma das Belas Ruas do Povoado de Ollantaytambo
Uma das Belas Ruas do Povoado de Ollantaytambo

Deixamos o sítio arqueológico, por volta das 17h15. Iniciamos a caminhada em torno de 18h30. Estava começando a anoitecer. E a paisagem da cidade neste momento fez com que eu lamentasse não poder ficar mais tempo por ali. A simpática cidade merecia ser mais bem explorada...


Duas coisas chamam imediatamente a atenção. A primeira são os muros e o calçamento da cidade, heranças do Império Inca. A segunda, e diretamente relacionada, é o sistema de canais que escoa a água ao longo das ruas. Se somarmos isso à tênue iluminação local, o cenário torna-se encantador!

Água Canalizada em Ollantaytambo
Água Canalizada em Ollantaytambo

Percorremos algumas ruas e retornamos a um ponto mais central. Eu havia lido sobre o restaurante Mayupata no guia da Folha de São Paulo. Ele ficava ao lado do córrego que cortava o povoado de Ollantaytambo. Acompanhando o córrego, chegava-se ao hotel...

Flores Vistas em Caminhada Noturna pelas Ruas de Ollantaytambo
Flores Vistas em Caminhada Noturna
pelas Ruas de Ollantaytambo

Combinei com o Roberto e o Rualdo de encontrá-los no Mayupata. Eu só iria passar primeiro no hotel para ver se a minha mãe gostaria de jantar. Ao chegar ao hotel ela já estava pronta. Seguimos direto para o restaurante. O Rualdo e o Roberto estavam mesmo começando a degustar a entrada...

Eles haviam pedido uma truta enrolada como entrada. Nunca havia comido algo parecido! Eu tomei duas limonadas. Minha mãe e eu pedimos um caldo de um tipo de abóbora, com cor de ervilha. À noite, quase não dormi, pela distensão abdominal. Só devia ter tomado uma limonada...

Canal de Água, em Rua de Ollantaytambo
Canal de Água, em Rua de Ollantaytambo

Apesar do incômodo para dormir, este jantar em Ollantaytambo foi uma das melhores refeições da viagem. Tão bem assim, só comemos em Lima...

Ollantaytambo é, na verdade, um lugar para se passar, ao menos, um dia inteiro. Talvez, uma solução seria passar uma noite em Pisac e a outra em Ollantaytambo. Assim, poderíamos explorar melhor estes povoados durante o dia. E observar a Via Láctea, à noite...


Contabilidade do Dia
Restaurante Mayupata – Ollantaytambo = 27,50 solis

0 comentários:

Postar um comentário

 
Free Host | new york lasik surgery | cpa website design