quinta-feira, 20 de setembro de 2012

Feira de C’orao no Vale do Urubamba

Após rodarmos por uns 30 minutos, paramos em uma pequena feira. A feira de C’orao seria uma prévia da de Pisac. E a parada, que era para ser de 15 minutos acabou se estendendo por quase meia hora...

Feira de C´orao: O Cuye nas Mãos da Peruana
Feira de C´orao: O Cuye nas Mãos da Peruana

Confesso não ser um fã de feiras ou shopping centers. Na verdade, a minha relação com as compras é de afastamento. Em viagens, compro praticamente só os discos e os livros despertam meu interesse...

Na viagem ao Peru, além de livros, pensava em comprar um instrumento musical. Na verdade, não toco qualquer instrumento. Simplesmente a ideia de levar como recordação algo que “tenha vida própria” me atrai...

Acabei não levando nenhum instrumento. Com o andar da viagem creio que eu tenha esquecido a idéia. O que comprei em C’orao, no fim, foram calças. Algo fora dos meus padrões. Na verdade, um negócio de ocasião...

Na feira de C’orao, posso dizer que acabei sucumbindo também ao “canto da sereia”. Não por ter comprado as calças. E sim por ter tirado a foto de uma legítima peruana com uma lhama. Ou melhor, um cuye (porquinho da índia)...

Contabilidade do Dia
Foto da peruana com o cuye = 5 solis
Calças na Feira de C’orao = 65 solis

0 comentários:

Postar um comentário

 
Free Host | new york lasik surgery | cpa website design