sexta-feira, 10 de agosto de 2012

Visita Guiada no Museo Larco Herrera, em Lima

O belo corredor de flores vermelhas, na entrada. Os bonecos de cerâmica pelados indicando os banheiros masculino e feminino. Mais flores e grandes cactos no jardim ao fundo do museu. E o singular cachorro peruano, quase sem pelos. Tudo no Larco Herrera é mágico...

Os Fundos do Museo Larco Herrera, em Lima
Os Fundos do Museo Larco Herrera, em Lima

Percebam que eu nem citei a fabulosa coleção de cerâmicas. Tampouco as inúmeras peças de ouro e de prata que agigantam o acervo do museu. Sem falar das famosas cerâmicas eróticas e da possibilidade de conhecermos os depósitos do Larco Herrera...


Museo Larco Herrera: O Plano "B" Virou 1ª Opção

Lembro que, quando planejava os roteiros para Lima, ainda no Brasil, o Larco Herrera era uma 2ª opção. A 1ª opção seria visitar o Museo de la Nación. Caso as coisas são saíssem bem, teria o Larco Herrera como uma espécie de carta na manga. Ele era o “plano B”.

Flores na Entrada do Museo Larco Herrera
Flores na Entrada do Museo Larco Herrera

O Roberto, colega de viagem, comentou que o guia da Lonely Planet considerava o Museo Larco Herrera uma atração imperdível. Questionei, então, o Manuel, Jefe de Conserjería do Meliã Lima. O Manuel já havia dado ótimas dicas. Seria a prova de fogo...

Perguntei: “Entre o Museo de la Nación, o Larco Herrera, o Museo de Antropologia e o MALI, qual é o melhor?”. A resposta: “O Larco Herrera. Não há dúvida!”. E assim o meu “plano B” se transformou em “plano A”. Seguimos todos para o Larco Herrera...

Banheiro Feminino do  Museo Larco Herrera
Banheiro Feminino do 
Museo Larco Herrera


Conhecendo o Larco Herrera com a Nathaly

Chegamos ao museu e foi oferecida a visita guiada. A Nathaly seria a nossa cicerone. Tímida, mas simpática. E com um ótimo conhecimento sobre o acervo. Eis a nossa guia. Eis a nossa Nathaly... Com ela seguimos pelas alas do Larco Herrera...

Começamos pelas explicações sobre o processo de escavação, sobre os períodos arqueológicos e um breve histórico de Rafael Larco Herrera. Depois seguimos avançando pelas cerâmicas, todas dispostas em ordem cronológica...
Cachorro Peruano: Sem Pelos, em Lima
Cachorro Peruano: Sem Pelos

Cerâmicas e Peças de Ouro e Prata

Espanta a conservação e a qualidade das peças de períodos antes de Cristo. Isso nas cerâmicas e nas peças de vestuários também. É muito interessante acompanhar as pequenas mudanças numa mesma cultura ou civilização. Somos testemunhas da evolução desses povos!

Então, chegamos à sala das peças em ouro e prata. Em geral, adornos dos líderes e sacerdotes. O interessante é que o ouro não tinha a conotação de metal nobre que possui hoje em dia. Era muito usado por ser uma referência ao sol. A prata, uma referência à lua. Eram usadas ligas para que o brilho do metal fosse mais intenso...

Banheiro Masculino do  Museo Larco Herrera
Banheiro Masculino do 
Museo Larco Herrera


Cerâmicas Eróticas do Museo Larco Herrera

Por fim o depósito e as cerâmicas eróticas. No depósito, observamos cerâmicas que ilustram a inclusão social nos povos pré-incaicos. Ali você verá peças de portadores de síndrome de Down, lábio leporino, cegueira, deformidades, gêmeos xifópagos...

Já as cerâmicas eróticas retratam tanto a relação sexual em variadas posições, como o caráter punitivo. Este é visto, por exemplo, nas imagens de caveiras se masturbando. E há também as imagens de vítimas de DSTs. E assim concluímos nossa visita ao Larco Herrera...

Antes de nos despedirmos, tiramos uma foto junto com a Nathaly. E depois passamos na loja do museu, onde quase todos nós compramos o guia do Larco Herrera. Realmente, este foi um museu excelente. É um programa imperdível para quem vai a Lima!

0 comentários:

Postar um comentário

 
Free Host | new york lasik surgery | cpa website design