sábado, 21 de julho de 2012

Viagem ao Peru: Companhias Aéreas

Comentei em postagens anteriores que, devido a problemas hidráulicos com o avião da TACA, tivemos de pousar em Asuncion, Paraguai. Nosso voo era de Porto Alegre com destino a Lima. 

Como perdemos um dia de viagem na capital peruana, a TACA pagou três diárias no Meliã Lima. Todas as refeições estavam incluídas (café, almoço e jantar). E também o transfer de ida e volta ao aeroporto.

Para não ficar dúvidas, penso ser interessante deixar registrado algumas questões...

Taca: Companhia Aérea
Taca: Companhia Aérea


Questões Envolvendo a TACA
 
1. A TACA foi a companhia aérea que realizou os voos internacionais: Porto Alegre - Lima e Lima - Porto Alegre.

2. O pouso em Asunción ocorreu por motivos de segurança, já que a aeronave apresentava problemas hidráulicos. Sobrevoamos a cidade por quase 1h para gastar combustível e reduzir o risco ao pousar.
 
3. A TACA não possuía estrutura adequada no Paraguai e essa foi a principal razão da falta de informações passadas, no aeroporto.
 
4. A TACA pagou a diária, com três refeições, no Sheraton de Asunción, além dos transfers. Ou seja, ela cumpriu com a sua obrigação de forma exemplar.

5. A TACA pagou três diárias adicionais em Lima, com todas refeições incluídas além do transfer de ida e volta ao aeroporto.


Problemas com a Peruvian Airlines

Tivemos problemas com quase todos os voos durante a viagem para o Peru. Apenas o voo de retorno a Porto Alegre, com a TACA, ocorreu sem contratempos. Os voos domésticos, Lima - Cusco e Cusco - Lima foram feitos com a Peruvian Airlines. E nos dois tivemos problemas.

No voo de ida (Lima - Cusco), os problemas resumiram-se às más condições decorrentes da idade da aeronave. Seguramente, tinha mais de 30 anos! O espaço para as pernas era reduzido. Além disso, o avião não tinha ar condicionado. Ou não estava ligado. O que é ainda pior...

No voo de volta (Cusco - Lima), ocorreram os maiores transtornos. E se com a TACA tudo ficou bem resolvido, o prejuízo causado pela Peruvian Airlines foi maior e não há o que fazer! A Peruvian parece ter agido deliberadamente de má fé ao não embarcar a bagagem de nenhum dos passageiros em Cusco...

Peruvian Airlines: Companhia Aérea
Peruvian Airlines: Companhia Aérea


Problemas no Embarque, em Cusco...

Com relação à Peruvian Airlines, as coisas aconteceram, no mínimo, de forma suspeita.. Como a companhia resolveu acomodar dois voos em um, corríamos risco de over booking. Mesmo chegando ao aeroporto em tempo hábil para o check-in...


Tivemos de despachar todas as malas no nome de um dos passageiros, para configurar que éramos um grupo e não corrermos o risco de perder o voo. Assim, não pudemos fazer cada um o seu check in e despachar as suas malas...

Pior, a funcionária da companhia disse que teríamos que embrulhar os bastões de trekking em um saco! Isso custou quase R$ 40,00. Aí, eu fiquei "P" da vida! Disse que já havia voado 6 vezes com o bastão e as companhias colocavam em plástico e adesivavam. 


Mais e Maiores Problemas ao Chegar a Lima... 

Conseguimos embarcar! Em um avião dos anos 70, quase lotado e sem ar-condicionado! E espaço para as pernas era reduzido... De qualquer forma, embarcamos... E em uma hora chegaríamos a Lima...

Ao chegar a Lima, ficamos 45 minutos esperando na esteira e nada das bagagens chegarem... Então, avisaram que as bagagens não foram despachadas. De nenhum dos quase 120 passageiros! 

Além disso, as bagagens só chegariam dentro de 4h, na melhor das hipóteses! É claro que isso não contribuiu nenhum pouco para melhorar o meu humor!


Desdobramentos da Questão 

O André e o Ricardo, os dois colegas que retornariam a Porto Alegre, tiveram de ficar no aeroporto por quase 10h, até que a situação das bagagens fosse resolvida. Felizmente, as bagagens chegaram. Mas isso após as 18h. Ou seja, mais de 4h após chegarmos a Lima...

Assim, a lacuna entre os voos tornou-se um calvário e não um momento para relaxar antes de seguir viagem... A ideia deles era circular por Miraflores e curtir um pouco a capital do Peru. Graças a Peruvian Airlines, estes planos foram por água abaixo...
 

Para evitar estes perrengues, parece-me que pegar os voos internos pela Lan é a melhor alternativa! O número de voos pela Lan é bem maior. A estrutura da companhia também é muito melhor que a da Peruvian. Sem contar os aviões da Peruvian, que devem ter mais de 30 anos!

Retorno para Porto Alegre

A aeronave da TACA Airbus 0320 era excelente e veio com metade da lotação na ida. Retornamos para Porto Alegre com o mesmo tipo de avião. Desta vez, sem os problemas hidráulicos.

Na volta, eram 40 passageiros para pouco mais de 150 lugares. Ou seja, todo mundo pode se esparramar nas poltronas. Forneceram cobertores, serviram frango, arroz, cerveja, vinho. Rolou até sobremesa!

Depois de comer, apaguei e acordei com o avião preparando o pouso em Porto Alegre... Foi, talvez, o melhor voo da minha vida...

0 comentários:

Postar um comentário

 
Free Host | new york lasik surgery | cpa website design