quinta-feira, 12 de julho de 2012

Cachoeira das Gêmeas Gigantes, Parque das 8 Cachoeiras, São Francisco de Paula

O Que É?
Cachoeira com 100 metros de altura. É a mais alta e também a mais distante da sede do parque. São 8.860 metros de caminhada (ida e volta) por uma trilha com alto grau de exigência física. Essa trilha é indicada somente para pessoas com bom preparo físico e experiência em trekking. Quanto à dificuldade, é classificada em 5/5.

Como requer, em média, 5 horas de trekking – ida e volta, não deve ser iniciada após as 12h. Também não deve ser feita em dias chuvosos se tiver chovido pouco antes. E se, no caminho, fechar o tempo ou começar a chover, retorne imediatamente. Afinal, há 22 travessias por dentro do rio. E ele enche rapidamente...

Cachoeira das Gêmeas Gigantes, Parque das 8 Cachoeiras, São Francisco de Paula
Cachoeira Gêmeas Gigantes, 
no Parque das 8 Cachoeiras

Onde Fica?
Parque das 8 Cachoeiras, em São Francisco de Paula, RS.

Por Que Conhecer?
Sinceramente, vale mais pelo trekking que pela cachoeira em si. É sem dúvida, a trilha mais bela! A caminhada é bem desgastante, cruzando-se 22 vezes o rio, por sobre as pedras ou mesmo por dentro da água. O terreno também é bem acidentado, com muitas pedras e alguns troncos no meio do caminho. O risco de quedas e torções é considerável. Ou seja, é uma grande pedida para os amantes do trekking.

Queda d'água das Gêmeas Gigantes, no Contato com o Solo, Parque das 8 Cachoeiras, São Francisco de Paula
Queda d'água das Gêmeas Gigantes, 
no Contato com o Solo

Disse que valia mais pelo trekking que pela cachoeira, pois quando visitei o parque fazia alguns meses que não chovia em grande quantidade. Assim, o volume de água na queda estava bem baixo. Quem conhecê-la em um período chuvoso, talvez tenha outra impressão. Só terá de encarar uma trilha ainda mais encardida... Além disso, a cachoeira, pela sua grande quantidade de pedras, não é indicada para banho.

Pedras em Meio à Trilha das Gêmeas Gigantes, Parque das 8 Cachoeiras, São Francisco de Paula
Pedras em Meio à Trilha das Gêmeas Gigantes

Dicas do Guasca
Já registrei isto em outra postagem, mas não custa repetir. Se você pretende encarar a trilha, faça de manhã cedo, logo ao chegar ao Parque das 8 Cachoeiras. Como registrei acima, esta é a mais longa e acidentada das trilhas. Antes de chegar à metade, você já deve demonstrar alguns sinais de cansaço. Todas as dicas dadas na postagem anterior se aplicam a trilha das Gêmeas Gigantes. Principalmente: muito cuidado ao caminhar sobre as pedras, dentro do rio...

Cachoeira das Gêmeas Gigantes, no Parque das 8 Cachoeiras, São Francisco de Paula
Cachoeira das Gêmeas Gigantes

Relato
A Cachoeira das Gêmeas Gigantes é uma das seis cachoeiras que ficam na parte de baixo do Parque das 8 Cachoeiras. O acesso a todas elas é comum. Ao menos, no início. Depois, surgem as bifurcações. O meu plano, ao chegar ao parque, era começar pela trilha mais distante. No retorno, iria entrando nas bifurcações para conhecer as outras cachoeiras.

Pedras e Obstáculos no Meio da  Trilha para As Gêmeas Gigantes, Parque das 8 Cachoeiras, São Francisco de Paula
Pedras e Obstáculos no Meio da 
Trilha para As Gêmeas Gigantes

Deixei o estacionamento do parque às 9h30. Após alguns poucos metros de caminhada, você passará pelo acesso que leva até as duas primeiras cachoeiras: Remanso e Escondida. Caminhando um pouco mais, você chegará à bifurcação que leva a duas outras cachoeiras: Pilões e Ravina. O acesso a essas quatro cachoeiras é feito por trilhas que se bifurcam a esquerda da trilha principal.

Rio na Trilha das Gêmeas Gigantes, Parque das 8 Cachoeiras, São Francisco de Paula
Rio na Trilha das Gêmeas Gigantes

Seguindo-se à direita, pega-se a trilha para as duas cachoeiras mais distantes: Quatrilho e Grandes Gêmeas. Agora a trilha começa a ficar mais acidentada e a caminhada até a próxima bifurcação é mais longa... À direita, você descerá para a Cachoeira Quatrilho. São mais 265 metros de trekking morro abaixo. Seguindo em linha reta, seu destino será as Grandes Gêmeas. A bifurcação fica no meio do caminho até as Grandes Gêmeas. São mais 2.350 metros! E agora que começam as maiores dificuldades...

Pedras sobre o Rio, na Trilha Gêmeas  Gigantes, Parque das 8 Cachoeiras, São Francisco de Paula
Pedras sobre o Rio, na Trilha Gêmeas 
Gigantes, Parque das 8 Cachoeiras

Por mais alguns metros as dificuldades resumem-se à trilha acidentada: pedras e rochas; galhos e troncos para passar por cima ou por baixo; teias de aranha; subidas e descidas íngremes... Então, começam as travessias sobre as pedras, dentro do rio. E você irá cruzar o rio 22 vezes até chegar às Gêmeas Gigantes! Nesse trecho, você terá as mais belas visões de todo o trekking: corredeiras, pequenas quedas d’água, paredões de mais de 20 metros, além de grandes árvores e cipós junto às margens.

Escadaria em Meio à Trilha  da Cachoeira Gêmeas Gigantes, Parque das 8 Cachoeiras, São Francisco de Paula
Escadaria em Meio à Trilha 
da Cachoeira Gêmeas Gigantes

É também no trecho das travessias sobre as pedras que seu ritmo irá cair. A atenção deve ser máxima, afinal o risco de quedas ali é bem grande. Em uma das primeiras travessias, escorreguei, caindo sentado sobre as pedras. O impacto foi violento! Na hora, eu pensei ter fraturado o cóccix... Tonteei e aguardei uns 5 minutos antes de retomar a caminhada. A dor e o mal estar acabaram por baixar um pouco meu rendimento. Apesar de tudo, consegui conhecer as oito cachoeiras do parque...

Cheguei là cerca de 11h29, pouco menos de 2h após o início da caminhada...

0 comentários:

Postar um comentário

 
Free Host | new york lasik surgery | cpa website design