sábado, 16 de junho de 2012

Parque 3 de Febrero, Buenos Aires

Localizado em Palermo, é um dos maiores e mais populares parques de Buenos Aires. Concebido pelo presidente Sarmiento, o Parque 3 de Febrero foi projetado no final do século XIX, baseado no Bois de Boulogne, de Paris. 

Carlos Thais: Idealizador do Jardim Botânico de Buenos Aires
Carlos Thais: Idealizador do Jardim Botânico

Seu nome é uma referência à Batalha de Monte Caseros, em 1852. Nela, o general  Juan Manuel Rosas, arquirrival de Sarmiento, foi derrotado. 

Bela Escultura, no Jardim Botânico de Buenos Aires
Bela Escultura, no Jardim Botânico 

O Parque 3 de Febrero ocupa uma área que era de propriedade do general Rosas. Ela foi deixada em custódia do Estado, quando o ditador fugiu de Buenos Aires em 1852. 

Ponte Grega, no Rosedal, em Palermo, Buenos Aires
Ponte Grega, no Rosedal, em Palermo

Após décadas de negligência por parte das autoridades municipais, recentemente o Parque 3 de Febrero foi recuperado. E hoje as suas seringueiras, palmeiras e jacarandás estão cercadas por gramados muito bem cuidados. 

Alegoria de Bronze no Jardim Botânico, Buenos Aires
Alegoria de Bronze no Jardim Botânico

O parque é um ótimo espaço para caminhadas, onde você poderá conhecer locais como o Jardim Japonês, meticulosamente conservado. 

Entrada do Rosedal, no Parque 3 de Febrero, Buenos Aires
Entrada do Rosedal, no Parque 3 de Febrero

Ou o exuberante Rosedal, um belo jardim de Rosas. Há ainda as trilhas para ciclismo, circundando os Lagos de Palermo. O hipódromo e o campo de polo também ficam nesta área. 

Pérgola do Lago, no Rosedal de Buenos Aires
Pérgola do Lago, no Rosedal de Buenos Aires

Por fim, há o Zoo de Buenos Aires e o Jardín Botânico. Este último, uma iniciativa de Carlos Thays, o mais influente arquiteto paisagista da história da Argentina.

Monumento de los Españoles, no Parque 3 de Febrero, em Palermo, Buenos Aires
Monumento de los Españoles, no Parque 3
de Febrero, em Palermo, Buenos Aires

Veja também...
Monumento de los Españoles e El Rosedal, em Buenos Aires
Plaza Italia e Jardin Botanico Carlos Thais, em Buenos Aires

13 comentários:

Leonardo Brocker disse...

+++ Palermo: Origem do Nome +++

Não está clara a origem do nome do bairro.
A inspiração pode ser a figura de Juan Domínguez Palermo.
No princípio do século XVII, ele era o dono das terras locais.
Outra origem pode ser um oratório.
Nele, venerava-se a imagem de San Benito de Palermo.

Fonte: Buenos Aires a Pie - National Geographic, 2016.

Leonardo Brocker disse...

+++ Palermo: História do Bairro +++

Juan Manuel de Rosas foi governador da província de Buenos Aires.
E até 1836, adquiriu grandes porções de campos.
Instalou sua residência nas atuais avenidas Del Libertador e Sarmiento.
Ali, vemos, hoje, o Monumento de los Españoles.

Fonte: Buenos Aires a Pie - National Geographic, 2016.

Leonardo Brocker disse...

+++ Palermo: Parques do Bairro +++

Em 1875, Palermo viu surgiu o Parque 3 de Febrero.
E, com o tempo, o Jardín Botánico e o Zoológico.
Assim, o bairro ganhou fama e expandiu-se.
Hoje, o extenso bairro divide-se em zonas.

Fonte: Buenos Aires a Pie - National Geographic, 2016.

Leonardo Brocker disse...

+++ Parque 3 de Febrero +++

É uma das mais populares áreas da cidade para correr.
E jogar uma pelada ou praticar atividades ao ar livre.
Oferece uma variedade de atrações:
+ Campo Argentino de Polo;
+ Club Almán de Equitación – opção para cavalgar;
+ Hipódramo Argentino – pode-se apostar em pôneis;
+ Jardín Botánico – iniciativa de Carlos Thays;
+ Jardín Japonés – bem conservado;
+ Jardín Zoológico – popular para passeios em família;
+ Lagos de Palermo – com trilhas de ciclismo ao redor;
+ Rosedal (jardim de rosas).

Fonte: Guia de Viagem: Argentina - National Geographic, 2010.

Leonardo Brocker disse...

+++ Parque 3 de Febrero +++

Em 11/11/1875, inauguraram-se os Bosques de Palermo
O espaço verde mais representativo da cidade.
Uma iniciativa do presidente Domingo F. Sarmiento.

O local recebeu o nome de Parque 3 de Febrero.
Uma homenagem à Batalha de Caseros.
O local reúne 29 praças em uma área de 370 hectares.

Há quatro lagos.
E em torno deles, ocorrem diferentes atividades:
+ Lago Del Planetario;
+ Lago Del Rosedal;
+ Lago Regatas;
+ Lago Victoria Ocampo.

Fonte: Buenos Aires a Pie - National Geographic, 2016.

Leonardo Brocker disse...

+++ Jardín Botánico Carlos Thays +++

Fica na Avenida Santa Fe, 3951.
É um harmônico mundo verde.
Entre esculturas, fontes e edificações de estilo.
Com um belo jardim de inverno Art Nouveau.

Fonte: Buenos Aires a Pie - National Geographic, 2016.

Leonardo Brocker disse...

+++ Jardín Botánico Carlos Thays +++

Monumento Histórico Nacional.
Pelo caráter cultural.
E por representar um importante reservatório natural.
De localização plenamente urbana.
O Jardín Botánico reúne diversas espécies vegetais.
Locais e de outras regiões.

Fonte: Buenos Aires a Pie - National Geographic, 2016.

Leonardo Brocker disse...

+++ Jardín Botánico Carlos Thays +++

O Jardín Botánico Carlos Thays abriu em 07/09/1898.
E possui uma área de cerca de 80 mil m2.
O local não é só uma área de lazer para os moradores.
Mas também uma coleção de plantas vivas.

Conta com um Jardim Romano.
Este revive a ambientação dos parques daquele império.
O Jardim Francês inspira-se nos palácios do século XVIII.
E há uma coleção de espécies de diferentes continentes.
Ao longo de um passeio repleto de esculturas artísticas.

Fonte: Buenos Aires a Pie - National Geographic, 2016.

Leonardo Brocker disse...

+++ Prédios do Jardín Botánico +++

O edifício central, em estilo francês, data de 1881.
E abriga a mais bela estufa – ao todo, são cinco no jardim.
Em estilo art nouveau, ela reúne valiosas coleções de plantas.

A Biblioteca Botánica conta com mil livros.
E dez mil publicações do mundo inteiro.
Livremente disponíveis aos visitantes.

Fonte: Buenos Aires a Pie - National Geographic, 2016.

Leonardo Brocker disse...

+++ Jardín Japonés +++

Harmonioso passeio que recria os belos parques nipônicos.
E descreve parte de sua milenar cultura.
A Fundação Cultural Argentino-Japonesa administra o local.
O maior jardim japonês fora do Japão.

Pontes cruzam sobre lagos, repletos de peixes coloridos.
Pode-se alimentá-los com rações que o local oferece.
Eis um atrativo especial para as crianças...

Fonte: Buenos Aires a Pie - National Geographic, 2016.

Leonardo Brocker disse...

+++ Restaurante do Jardín Japonés +++

Oferece o melhor da arte culinária japonesa.
Os clientes presenciam o preparo do sushi.
À noite, pode-se optar por uma mesa em estilo japonês.
Isso requer se descalçar para degustar os sabores.

Fonte: Buenos Aires a Pie - National Geographic, 2016.

Leonardo Brocker disse...

+++ Rosedal +++

Coleção de rosas no Parque Tres de Febrero.
É o passeio mais romântico de Buenos Aires.

Fonte: Buenos Aires a Pie - National Geographic, 2016.

Leonardo Brocker disse...

+++ Paseo Del Rosedal +++

Um local especial aos amantes de flores, poesias.
E de paisagens idílicas.
Pode-se passear de barco no lago.
Caminhar sob as pérgolas.
Ou simplesmente sentar e apreciar a vista.

Fonte: Buenos Aires a Pie - National Geographic, 2016.

Postar um comentário

 
Free Host | new york lasik surgery | cpa website design