quinta-feira, 28 de junho de 2012

Lago Negro, Gramado

O Que É?

Lago localizado próximo ao centro de Gramado.

Onde Fica?
Rua A. J. Renner

Pedalinho no Lago Negro, em Gramado
Pedalinho no Lago Negro, em Gramado



Por Que Conhecer?
Na década de 1940, um incêndio destruiu a mata que havia naquele local. Leopoldo Rosenfeldt, o proprietário das terras, decidiu criar um parque arborizado com um lago. Inspirou-se na Floresta Negra, da Alemanha. E as árvores foram realmente trazidas do famoso bosque alemão. 

As águas do Lago Negro são profundas e de um verde-escuro carregado, que refletem o alto dos pinheiros. Eles se alternam com o colorido das azaleias, no inverno, e o azul das hortênsias, no verão. Acompanhando a sua margem, há uma trilha florida e um local para caminhadas e passeios de bicicleta.

Dica do Guasca
Uma dica interessante é pedalar em torno do Lago Negro. A última vez que estive ali foi de bicicleta. E o local é bem legal para se exercitar. Se não tiver uma, ao menos dê uma caminhada em torno do lago. Isto também vale à pena. E para os casais românticos, a grande pedida é um passeio de pedalinho.

Trilha para Caminhada em Torno do Lago Negro, em Gramado
Trilha para Caminhada em Torno do Lago Negro

Relato
Como meus pais têm casa em Canela, volta e meia subo a serra e passo alguns dias por lá. Infelizmente, nos últimos anos, eu não tenho feito isso com a frequência que gostaria. De qualquer forma, quando consigo driblar alguns compromissos, é em Canela que encontro o meu refúgio.

Quando estou em Canela, minha atividade favorita é pedalar. E três roteiros são os meus preferidos. Primeiro eu ia de Canela para Gramado. É interessante, pois o trecho é asfaltado e você monitorar o tempo que leva para fazer o trajeto. Outro roteiro é descer até o Caracol. Depois passei a pedalar até a Ferradura. Mais recentemente, tenho ido até a Barragem do Salto.

Pato Observa a Água, na Margem do Lago Negro, em Gramado
Pato Observa a Água, na Margem do Lago Negro

A última vez que estive no Lago Negro foi dia 03/01/07, portanto, há mais de cinco anos. Aproveitei o dia belo e tranquilo, era uma quarta-feira, para pedalar em Gramado. Deixei Canela, pelas 11h, munido de uma garrafa de água e uma câmera digital. E, é claro, uma vontade de revisitar o Lago Negro, local que eu havia estado, pela última vez, quase 20 anos antes...
 
Acostumado à calmaria e à natureza de Canela, Gramado é uma cidade que não me agrada. Ali tudo parece artificial. A cidade que sedia um dos mais importantes festivais de cinema da América Latina parece falsa. Parece, ela própria, uma cidade cenográfica. E nas grandes festas e feriados, torna-se insuportável. Mas em um dia de semana qualquer, é até possível tolerá-la...

Hortênsias Junto ao Lago Negro, em Gramado
Hortênsias Junto ao Lago Negro, em Gramado

Assim, segui eu para a pedalada em torno do Lago Negro. Algo que só é possível nestes dias mais tranquilos, quando o local não é invadido por turistas e crianças correndo por todos os lados... Durante a semana, este é um lugar agradável para pedalar em meio à natureza. Natureza em termos. Como foi dito acima, a área do Lago Negro foi criada após um incêndio no local...

Mas em uma cidade em que até a natureza é artificial, também é possível passear entre árvores e bichos. Boa parte do caminho – ou seria trilha? – em torno do Lago Negro, é percorrido entre um corredor de hortênsias. Há também os pinheiros, os patos e as aves menores. Dentro do lago, naquela calma manhã, os pedalinhos flutuavam solitários...

Contabilidade
Sem custos.

0 comentários:

Postar um comentário

 
Free Host | new york lasik surgery | cpa website design