quinta-feira, 24 de maio de 2012

Manzana de Las Luces, Buenos Aires

Datado de 1662, esse complexo abrigava originalmente uma comunidade jesuíta. No local, a Companhia de Jesus ergueu as fundações da vida intelectual de Buenos Aires, até ser expulsa das Américas, em 1767.

Igreja de Santo Inácio de Loyola, Buenos Aires
Igreja de Santo Inácio de Loyola

Ao longo da história, foi sede de várias organizações governamentais. Hoje, no local situam-se o Colégio Nacional e a Igreja de Santo Inácio de LoyolaO Colégio Nacional é uma escola pública de elite, administrada pela Universidad de Buenos Aires.

Detalhe da Fachada da Igreja de Santo Inácio de Loyola, Buenos Aires
Detalhe da Fachada da Igreja de Santo Inácio

É possível fazer visitas guiadas pelos túneis do século XVIII, criados pelos jesuítas. 

Localização: Perú, 272, Montserrat.
Site: www.manzanadelasluces.gov.ar

5 comentários:

Leonardo Brocker disse...

+++ Manzana de las Luces +++

Antigo centro de saber.
Cuja cultura nasceu da iniciativa jesuíta.
Reuniu as primeiras instituições culturais.
Educativas e religiosas da cidade de Buenos Aires.

Abriga a antiga e enigmática série de túneis.
Cinco metros abaixo da cidade de Buenos Aires.
Supõe-se que serviram a objetivos políticos.
Em distintas épocas.

Fonte: Buenos Aires a Pie - National Geographic, 2016.

Leonardo Brocker disse...

+++ Os Jesuítas em Buenos Aires +++

Os jesuítas chegaram para evangelizar, em 1608.
E buscaram estabelecer suas residências e instituições.
Entre elas, uma escola e um templo.
Em 1661, receberam o terreno que seria definitivo.
O mesmo que hoje abriga o complexo cultural histórico.
Que resgata e preserva aquele valioso patrimônio.
O solar recebeu a atual denominação em 1821.
Um periódico batizou como Manzana de Las Luces.
Em alusão às instituições do saber.
Que resplandeciam desde seus salões.

Fonte: Buenos Aires a Pie - National Geographic, 2016.

Leonardo Brocker disse...

+++ Patio de La Procuraduría +++

Conjunto de edifícios de 1730.
Na esquina das ruas Alsina e Peru.
Ali, funcionou a Procuraduría de Las Misiones.
Esta administrava e capitalizava os benefícios do comércio das reduções.
E aloja os índios das missões jesuítas que vinham a Buenos Aires.
O benefício econômico destinava-se aas comunidades nativas.
E ao Colegio de San Ignacio.
Este ficava junto ao templo.
Onde se encontra, hoje, o Colegio Nacional de Buenos Aires.
No prédio, também funcionavam a farmácia e instituições acadêmicas.
Além, da imprensa que imprimiu o primeiro periódico de Buenos Aires.
Esta impressão ocorreu em 1801.

Fonte: Buenos Aires a Pie - National Geographic, 2016.

Leonardo Brocker disse...

+++ Os Túneis Subterrâneos +++

Por baixo da Manzana de Las Luces, correm túneis da época colonial.
Em grande parte do subsolo da antiga cidade.
Ficam a quase seis metros de profundidade.
Tinham três usos: defesa, comunicação e comércio.
E uniam igrejas, prédios públicos e o forte.

Fonte: Buenos Aires a Pie - National Geographic, 2016.

Leonardo Brocker disse...

+++ Salas dos Representantes +++

Recinto de 1821.
Foi palco de relevantes momentos da história Argentina.
Como o juramento do primeiro presidente, Bernardino Rivadavia.
E a ascensão de Juan Manuel de Rosas.
Como governador da província de Buenos Aires.

Fonte: Buenos Aires a Pie - National Geographic, 2016.

Postar um comentário

 
Free Host | new york lasik surgery | cpa website design