domingo, 29 de abril de 2012

Calle Florida, Buenos Aires

Rua comercial movimentada. Corta a parte baixa da Avenida Corrientes. É uma rua exclusiva para pedestres. A Florida e as ruas paralelas que partem da Plaza de Mayo em direção norte à Corrientes formam o centro financeiro de Buenos Aires, conhecido como La City. Mas a Calle Florida deixou há tempos de ser a área de compras da elite. Uma exceção talvez sejam as Galerías Pacífico.

Calle Florida, em 1910, Buenos Aires
Calle Florida, em 1910, Buenos Aires.

Imagem adaptada do Wikipedia.

10 comentários:

Leonardo Brocker disse...

+++ Calle Florida +++

O calçadão estende-se por dez quadras ao norte.
E é o eixo do Microcentro de Buenos Aires com o bairro Retiro.
A Calle Florida não é mais, porém, a área de compras da elite.
A filial da Harrods, por exemplo, separou-se da matriz nos anos 1960.
E o piso térreo da loja segue vago desde o fechamento, nos anos 1990.

Fonte: Guia de Viagem: Argentina - National Geographic, 2010.

Leonardo Brocker disse...

+++ Florida: Corredor Peatonal +++

É o local para fazer compras no bairro San Nícolas.
Muito transitada, concentra extensa oferta comercial.
Ao longo de quase 15 quadras.

Fonte: Buenos Aires a Pie - National Geographic, 2016.

Leonardo Brocker disse...

+++ Avenida Corrientes: História +++

As origens desta via remontam a 1580.
Ocasião da Segunda Fundação de Buenos Aires.
E já fazia parte do desenho original.
Desde a expedição de Juan de Garay.
Como hoje, corria no sentido Oeste-Leste.

O atual nome da avenida data de 1822.
E na ocasião da instalação do Obelisco, definiu-se sua extensão.
Ao longo da Corrientes, há esculturas que recordam artistas populares.

Fonte: Buenos Aires a Pie - National Geographic, 2016.

Leonardo Brocker disse...

+++ Avenida Corrientes: O Ponto de Encontros +++

A Costanera Sur era o ponto de encontros sociais dos portenhos.
Com o tempo, ela perdeu o brilho.
E a Corrientes passou a ocupar seu lugar.
Através de uma incipiente oferta de espetáculos teatrais.
Hoje, a oferta é constante, da Avenida Callao a peatonal Florida.
Cafés, livrarias e restaurantes dão a Corrientes um caráter único.

Fonte: Buenos Aires a Pie - National Geographic, 2016.

Leonardo Brocker disse...

+++ Avenida 9 de Julio e Corrientes +++

Buenos Aires encontra em suas ruas ícones históricos.
Isso acaba por dotar de caráter a cidade.
É o caso destas duas tradicionais avenidas.
Uma é motivo de orgulho pela sua amplitude.
A outro ostenta a maior oferta teatral de Buenos Aires.
E no encontro das duas artérias ergue-se o Obelisco.

Fonte: Buenos Aires a Pie - National Geographic, 2016.

Leonardo Brocker disse...

+++ Plaza de Mayo +++

É a praça mais importante de Buenos Aires.
O nome homenageia a revolução de independência argentina.
Ela ocorreu em maio de 1810.

Na verdade, a cidade surgiu em torno da praça.
Inicialmente, ela se chamava Plaza Mayor.

No centro da praça, fica a Pirâmide de Mayo.
Trata-se de um ponto de encontro de manifestações.
Ali, reúnem-se as Madres de La Plaza de Mayo.

Fonte: Guia O Viajante – Argentina, Zizo Asnis, 2009.

Leonardo Brocker disse...

+++ Plaza de Mayo: História +++

Local onde Juan de Garay fundou definitivamente a cidade, em 1580.
Em 1810, o local da atual praça foi o cenário da Revolução de Maio.
Em torno dela, surgiram os prédios mais relevantes da vida cívica local.
Muitos deles, ainda existem.
Em 1890, ocorreu o primeiro ato de um partido político organizado.
La Unión Cívica.
A praça nunca mais deixou de ser epicentro das celebrações.
E também dos dissabores da sociedade portenha.

Fonte: Buenos Aires a Pie - National Geographic, 2016.

Leonardo Brocker disse...

+++ Plaza de Mayo: Manifestações +++

É a caixa de ressonância das grandes manifestações populares.
Desde a história e a política.
Até o festejo de Maradona com a Copa do Mundo.
Desde 1977, é o ponto de encontro das Madres de La Plaza de Mayo.

Fonte: Buenos Aires a Pie - National Geographic, 2016.

Leonardo Brocker disse...

+++ Pirâmide de Mayo e Prédios Históricos +++

A Pirâmide de Maio data de 1811.
E comemorou o primeiro ano da Revolução de Maio.
Ainda no século XIX, remodelou-se o monumento.

Ao redor da praça, vemos alguns prédios históricos.
Como a Casa Rosada, a Catedral, o Cabildo e a Legislatura.

Fonte: Buenos Aires a Pie - National Geographic, 2016.

Leonardo Brocker disse...

+++ Plaza de Mayo: General Belgrano +++

Em frente à Casa Rosada, há um monumento equestre.
Ele homenageia o General Manuel Belgrano.
Belgrano nasceu e morreu no bairro.
E é uma das maiores referências da história argentina.
Ele criou a Bandeira Nacional, emblema que ostenta na estátua.

Fonte: Buenos Aires a Pie - National Geographic, 2016.

Postar um comentário

 
Free Host | new york lasik surgery | cpa website design